terça-feira, março 07, 2006

DO DICIONÁRIO DO DIABO (Ambrose Bierce)

Acusar verbo trans. dir.
Afirmar a culpa ou ignomínia de um outro, geralmente para justificar a nós mesmos que cometemos uma injustiça com ele.
Advogado subst. masc.
Um especialista em desvios da lei.
Árvore subst. fem.
Um tronco alto, previsto por natureza para execuções, embora, devido a julgamentos errôneos, a maioria das árvores dê poucos frutos ou até mesmo nenhum.
Assassinar verbo trans. dir.
Criar uma vaga sem nomear um sucessor para ela.
Assistência judiciária gratuita aos indigentes locução
Um método pelo qual se permite generosamente aos que são ávidos por justiça e não possuem dinheiro para advogados que percam seu processo.
Cânhamo subst. masc.
Uma planta, de cujos fios é confeccionada uma vestimenta para a garganta, que freqüetemente é enrolada no pescoço após um discurso ao ar livre e que protege a pessoa de resfriado.
Criminoso subst. masc.
Alguém com mais iniciativa do que discrição, que aproveitou uma oportunidade e infelizmente se apaixonou por ela.
Delito subst. masc.
Uma violação da lei de categoria inferior a um crime e que não dá direito a ser aceito na distinta sociedade dos criminosos.
Guilhotina subst. fem.
Um aparelho que faz com que um francês dê de ombros por um bom motivo.
Homicídio subst. masc.
O assassinato de uma pessoa cometido por outra. Há quatro tipos de homicídio: culposo, desculpável, justificado e louvável. No entanto, para o assassinado não interessa absolutamente o tipo de que foi vítima - a classificação só é de utilidade para os juristas.
Imunidade subst. fem.
Juridicamente: riqueza.
Indultar verbo trans. dir.
Revogar uma pena e expor alguém novamente a uma vida criminosa. Acrescentar à atração exercida pelo crime a tentação da ingratidão.
Juramento subst. masc.
Em direito: a apelação solene a um ser divino, que prevê para a consciência uma pena em caso de perjúrio.
Justiça subst. fem.
Uma mercadoria que o Estado vende ao cidadão numa condição mais ou menos adulterada como recompensa por sua fidelidade, seus impostos e seus serviços prestados.
Ladrão subst. masc.
Um comerciante sincero.
Narcótico subst. masc.
Uma porta destrancada na prisão da identidade. Ela conduz ao pátio da prisão.
Polícia subst. fem.
Uma tropa armada para proteger e para tomar parte.
Suspeitar verbo trans. dir.
Atribuir a outrem delitos que você mesmo não foi levado a cometer porque não teve oportunidade.

Nenhum comentário: