segunda-feira, março 20, 2006

A reforma do CPC que não aconteceu...

O blog recebeu pedido para publicar esta hilária reforma do CPC que seria necessária para tornar mais célere a justiça. É claro que não passa de uma brincadeira por parte do nosso amigo B.Cannibal.

"Alguns advogados que militam no dia-a-dia, consideram que a próxima reforma do CPC não pode deixar de incluir quatro instrumentos processuais mais utilizados pelos operadores do direito. São eles:
1. Embargo de gaveta: recurso ex officio do juiz, que suspende o andamento do processo até que ocorra a sua prescrição. Faz coisa julgada formal e material.
2. Agravo de armário: recurso muito utilizado para esconder processos nas secretarias judiciais. O processo desaparece misteriosamente do cartório. Só quando o juiz corregedor dá em cima do escrivão, este logo o encontra, dizendo: "Aqui está! Estava caído atrás do armário".
3. Recurso do guarda-chuva: semelhante ao agravo de armário, a requerimento da parte em processos sem solução à vista. O advogado empurra o processo para baixo do armário do fórum com a ponta do guarda-chuva.
4. Agravo de cesto: a mais poderosa de todas as apelações processuais. Gera vícios insanáveis. O processo não pode ser recuperado sequer pela restauração de autos."

Nenhum comentário: