sexta-feira, junho 02, 2006

Linguajar paraense do dia-a-dia


O grande amigo Nilton Atayde, enviou para o nosso blog e pede publicação do "Dicionário da Língua Paraense", é sem dúvida alguma expressão da comunicação coloquial do homem-comum, totalmente informal e engraçada... Pedido feito, pedido atendido. Para ilustrar, a fotografia é de um igarapé, tomar banho em igarapé é bem paraense.
Vamos entender o que o paraense fala, confira abaixo:

ÉGUA: vírgula do paraense, usada entre mil de mil frases ditas, e com essa expressão, ele não tem a menor chance de errar nas concordâncias...
LEVOU O FARELO! - se deu mal!
PITIÚ - cheiro característico de peixe, você consegue senti-lo com maior intensidade no VER-O-PESO, cheiro de ovo também é pitiú.
SÓ-TE-DIGO-VAI! - expressão usada pelas Mães para chamar a atenção dos filhos maluvidos (mal ouvidos, ou que não dão ouvidos), quando não as obedecem!
TE ACOCA - te abaixa.
MUITO PALHA! - muito ruim!
TUÍRA - pó da pele de quem não toma banho direito! rsrs (essa é boa!).
MAIS-COMO-ENTÃO? - "me explique, por favor!”
BORA LOGO! - se apresse!
BORIMBORA! - vamos embora!
"MAS QUANDO!" - "você está mentindo!"
"EU CHOOORO!!!"- significa " não tô nem aí pra ti!, te vira!, dá teu jeito!
"FILHO DUMA ÉGUA! - filho da mãe! Expressão usada para demonstrar insatisfação.
E-GU-Á - Pôxa vida!!!
PAI D'EGUA! – Excelente! Muito bom! Bom pra cacete!
MAS CREDO - cai fora.
OLHA JÁ - é mentira!!
JÁ ME VÚ – tchau!
ÊÊÊ... – quando algo que se conta é mentira.
TU ALOPRAS – você "apela".
HUM TÁ, CHEIROSO! – hahaha... eu adoro essa expressão.... "hum...tá bom, gatinho, tá bom lindo, tá bom bonito..." é uma forma de ironia, tipo "conta outra!"
PUTITANGA – sinônimo de "É-GU-A" que quer dizer: pôxa vida!!!
UUUULHA – expressão usada por nossas crianças quando querem se referir a algo.
ASSANHADO – para nossos amigos sulistas, esse adjetivo não quer dizer "ENXERIDO", e sim, seu cabelo está bagunçado!!
DESPOMBALECIDO – 1. estado de moleza e cansaço. 2. enfermidade.
MERDA N´ÁGUA! – é o famoso "maria vai com as outras".
CARAPANÃ – pernilongo, mosquito, borrachudo.
PÔ-PÔ-PÔ – embarcação típica composta por um a canoa coberta, movida a motor de Pôpa.
ARREDA AÍ – afasta aiií.
JÁ ESTÁS NO TEU MOMENTO – quando alguém faz algo que chame atenção, ou dá em cima de outra pessoa... aí usam isso!!!
DERRUBAR – cagoetar, entregar.
JÁ VALE??? – quando alguém faz algo que a outra pessoa não gosta, por exemplo: já vale me derrubar???
MAS QUANDO! – não se refere a data e sim a pessoa dizendo "não" por exemplo: a pessoa pergunta ao amigo: você vai ao show hoje?! O outro responde: mas quando! estou sem dinheiro.
ESBANDALHAR – quebrar.
RALHAR – brigar.
DIZQUE... – uma interjeição de ironia.
COQUE – um leve soco com a falange dos dedos na cabeça da criança peralta, chamado também de cascudo.
PAPUDINHO – cachaceiro.
DISPRÉ – algo ruim, vergonhoso.
CARAMBELA – cambalhota.
JÁ QUERES... – quando a pessoa esta interessada em outra, por exemplo: olha esse carinha é gatinho(a garota fala) / resp: Já queres, né!!!(a outra responde).
PAPA-CHIBÉ – paraense autêntico, aquele que não troca seu pirão de água com farinha com umas boas cabeças de camarão.
MANINHU – amigo, colega...
EBE = ÉGUA = CARAMBA – (Ebe era usado por pessoas que antigamente consideravam o Égua como um palavrão).
LÁ NO CANTO – lá na Esquina.
CABÔCU – pessoa matuta.
RABIOLA – pipa.
Axiiii CREDO! – expressão de desdém quando você não gosta de alguma coisa. SURARA – quando o caboclo termina o açaí, põe água na tigela e toma aquele líquido tinto, tá tomando a surara... Não desperdiça nada!
GITA ou GITITA – o mesmo que pequenina.
TEBA – quer dizer grande. Por exemplo: tem uma teba de uma orelha.
CHOPE – em todo canto vemos placas assim: vende-se chope, quem não sabe fica intrigado achando que vende cerveja em todas as casas quando na verdade é sacolé... Como os "pregos" falam pras bandas do sul...
ESPOCAR – estourar, encher de mais, explodir, etc...
DAR A FORRA – retribuir um favor prestado por alguém.
PIRA – 1. brincadeiras infantis (tipo pique lá pras bandas do sul) 2. ferimento causado por falta de higiene.
PIRENTO – alguém acometido de "pira", eheh.
TÁ RALADO – palavras usadas para expressar que algo está difícil de ser realizado (tá f...!).
POTOCA – papo furado, mentira.
TU VAIS DANÇAR UM CARIMBÓ JÁ-JÁ – Eu vou te dar uma surra.
VAREJEIRA – Mulher safada (uma mosca insistente, na praia do Outeiro tem aos montes).
ESPOCA FORA – te manda, rasga.
DE ROCHA – de verdade, pra valer.
BUIADO – endinheirado.
PAVULAGEM – metidez, frescura.
PERAÍ – espera um pouco, por exemplo: ei maninha peraí, já tô indo !!
RASGA – cai fora ! Exemplo: Ei muleque! rassssga !!!!!
ESCULHAMBAR - repreender, criticar ou censurar de maneira áspera, rude ou ofensiva; bagunçar, avacalhar...
NUMSEI - é a mesma coisa que "não sei", exemplo: - ei gito cadê o teu pai? o moleque responde fazendo um biquinho - Numsei, não!

10 comentários:

Navi Leinad disse...

Ééééégua maninhu! Muito pai d'égua esse post! De rocha mesmo! A gente lê imaginando as expressões faciais na hora de falar. Diga lá se não é bom indicar o rumo dos lugares fazendo um bico com a boca? A gente fica todo pavulagem com o nosso linguajar, e quando vamos pra fora do Estado e as pessoas comentam com ironia nosso jeito de falar, eu choooooro! Não vem forte que eu sou do Norte! Mas credo! Fica na tua senão o pau te acha! Sou porrudo mesmo eu!

Anônimo disse...

égua meu tá duca, podemos acrescentar o ESCULHAMBAR, que não é o mesmo que ESBANDALHAR, e o nosso famoso NUM SEI.

citadinokane disse...

Ivan,
Coberto de razão, quando alguém fala besteira perto da gente, basta o amigo olhar que o bico está armado na boca ironizando o incauto...
Um abraço,
Pedro

citadinokane disse...

Anônimo,
É verdade tá duca...
Vou acrescentar o ESCULHAMBAR e o NUM SEI.
Um abraço,
Pedro

citadinokane disse...

A fotografia é bem parense, é a foto de um igarapé, linda e convidativa para um banho gelado...

Benedita disse...

Maravilhosa iniciativa. Já usei o dicionário como fonte de pesquisa para um trabalho sobre o falar paraense. Valeu!

citadinokane disse...

Benedita,
É muito bom que tenhas utilizado as informações que postamos aqui.
Espero que retornes mais vezes, ok?
Sempre bem vinda aqui.
Abraços,
Pedro

Regina disse...

Mano,

Gostaria de parabenizar o blog, vivo no exterior ha mais de 20 anos. Sou Paraense de Pai e Mae(Sao Caetano de Odivelas - Moju)da casca do ovo. Paraense nascida no bairro da marambaia. E com orgulho sigo falando Paraense, distincao justificada e reconhecida.

Eu ainda nao vi na sua lista, a palavra: piranha:referindo-se à mulher que esta em busca de multiplos parceiros ou mulher de vida facil.
ta ventando: referindo-se a flatulencia.
Porreta: referindo-se a ta legal!
Porrudo: grande
Porrudao: ainda maior que porrudao ou porrudaco.
Enfim, falar Paraense e a nossa impressao digital!!!!
Cordialmente,
Regina

Regina disse...

Mano,

Gostaria de parabenizar o blog, vivo no exterior ha mais de 20 anos. Sou Paraense de Pai e Mae(Sao Caetano de Odivelas - Moju)da casca do ovo. Paraense nascida no bairro da marambaia. E com orgulho sigo falando Paraense, distincao justificada e reconhecida.

Eu ainda nao vi na sua lista, a palavra: piranha:referindo-se à mulher que esta em busca de multiplos parceiros ou mulher de vida facil.
ta ventando: referindo-se a flatulencia.
Porreta: referindo-se a ta legal!
Porrudo: grande
Porrudao: ainda maior que porrudao ou porrudaco.
Enfim, falar Paraense e a nossa impressao digital!!!!
Cordialmente,
Regina

nonato dj disse...

vamos dar laço pirangueiro, essa é uma das expressões do meu pará querido.stou fora , mas sou bairrista até a última gota de sangue coisinha.