quinta-feira, agosto 31, 2006

Frases de Caminhão...

Pesquisei pela internet e encontrei milhares de frases de caminhão, umas engraçadas, criativas, mas também carregadas de preconceitos... É claro que não postei todas, vai aí um bocado pra gente se divertir:

4ts:topo tudo, todo tempo.
6 pneus cheios e um coração vazio.
70 me passar, passe 100 atrapalhar.
80 ção! 20 ver! 100 você, não sei viver!
A cal é virgem porque só lida com brocha.
A calúnia é como carvão: quando não queima, suja.
A diferença entre um credor e um devedor é que o primeiro tem uma memória muito melhor!
A mata é virgem porque o vento é fresco.
A medicina não cura a dor da separação.
A melhor maneira de se lembrar do aniversario da mulher é esquecê-lo uma vez.
A mulher foi feita da costela...imagine se fosse do filé.
A noite não é uma criança, a noite se faz uma criança!
A primeira ilusão do homem começa na chupeta.
A terra é virgem porque a minhoca é mole.
Adoro as rosas, mas prefiro as trepadeiras...
Alegria de poste é estar no mato sem cachorro.
As mulheres perdidas são as mais procuradas.
Beijo de mulher casada sempre tem gosto de chumbo.
Beijo não mata a fome, mas abre o apetite.
Cada escola que se abre é uma cadeia que se fecha.
Cada ovo comido é um pinto perdido.
Cana na fazenda dá pinga; pinga na cidade dá cana.
Carteiro feliz é aquele que gosta de sê-lo!
Casamento é o fim das criancices e o começo das criançadas.
Casei-me com Maria, mas viajo com Mercedes.
Definição de casamento: Um meio caríssimo de ter a roupa lavada de graça.
Dinheiro não traz felicidade, mas ajuda a sofrer em Paris!
Discurso deve ser igual a vestido de mulher, quanto mais curto melhor.
Duas coisas que eu gosto: cerveja gelada e mulher quente.
É mais fácil fazer uma menina do que consertar uma mulher.
Em casa que mulher manda até o galo canta fino.
Escreveu, não leu? Então é burro.
Estatística é igual a biquíni, mostra tudo, mas esconde o essencial.
Existo porque insisto.
Fracassar é triste. Mais triste é não tentar vencer.
Língua afiada separa bons amigos.
Mais virgindades já se perderam pela curiosidade do que pelo amor.
Marido de mulher feia sempre acorda assustado.
Meu Computador não fala COM PUTA.
Mulher bonita e dinheiro só vejo na mão dos outros.
Mulher de amigo meu é que nem cebola: Eu como chorando.
Mulher deixa o rico sem dinheiro e o pobre sem vergonha.

17 comentários:

Tozé Franco disse...

Não há nada como a sabedoria popular.

Patricia disse...

Imaginação é coisa que não falta a esses camionistas!

citadinokane disse...

É claro que cada frase vai carregada dos valores que imperam no momento em que são produzidas...
As feministas ficam aborrecidas, hein?!

citadinokane disse...

Oi Patrícia,
Fico feliz com a sua visita, é visita de além-mar...
Pode ter certeza que esses profissionais da estrada durante as viagens longas ficam bolando frases, algumas bizarras.
Visitarei os vários blogues que participas.
Um abraço,
Pedro

Navi Leinad disse...

Gosto de uma que diz mais ou menos assim:
Sou grande, velho, lento, mas sou quitado!

fgiucich disse...

Muy buenas, aquellas que las puede entender. Abrazos.

citadinokane disse...

fgiucich,
Os caminhoneiros de tua cidade, também colocam frases no pára-choque do Caminhão?!
Un beso,
Pedro

Carlos Ponte disse...

Uma pequena maravilha amigo Pedro!
Os seus conterrâneos têm uma imaginação sem limites.
Um abraço,
Carlos Ponte

marisanblog disse...

Concordo com você Pedro, quando diz que:"...as frases são carregadas de valores que imperam no momento...."

É certo de algumas são engraçadas e outras de muito mau gosto. As de mau gosto, não pelo fato de ser feminista, mas, pela falta de cultura dos mesmos, os quais, muitos são uns trogloditas (pior que ainda têm muitos outros, mas deixa pra lá).

Êta mulher polêmica, rsrsrs

Abraços.

Mari

citadinokane disse...

Carlos,
Não sei como são os caminhoneiros em teu país, acho que em Portugal são chamados de camionistas, mas aqui no Brasil eles são na média - "grosseiros", brutos... É verdade. Talvez pela vida dura que levam, assaltos, acidentes e etc...
Mas devo confessar eles têm cada frase...
Um forte abraço irmão,
Pedro

citadinokane disse...

Mari,
Estás correta.

Carlos Ponte disse...

É isso mesmo Pedro, por cá caminhoneiro é camionista. Por cá, além dos calendários com miúdas bonitas e encaloradas, digamos assim, que decoram as cabinas do camião, os nossos homens não têm o costume de escrever. Penso que a pequenez do país não os ajuda nesse desiderato. Não é como por aí que por vezes o caminhoneiro passa infindáveis horas sem "encontrar um cristão", tendo, por isso, tempo para se dedicar àquela escrita criativa que eu tanto admiro. Os nossos que andam mais fazem-no quando entram pela Espanha, França, Alemanha, Suiça, Itália,... e, nesse caso, pouco interesse teria porque não seriam compreendidos. E, já agora, penso que a Mari está a analisar o problema muito superficialmente. Só assim se compreende como pode dizer que algumas frases são grosseiras devido à falta de cultura de quem as escreve. Pois é, Mari, temos que analisar essas frases segunda a perspectiva de quem as escreve. Não da nossa! E sendo assim...
Um grande abraço para si Pedro e outro para a Mari,
Carlos Ponte

citadinokane disse...

Carlos,
Sempre atento.

marisanblog disse...

Carlos, o Pedro me entendeu. Obrigada pelo abraço e outro pra você.

Bjs

Mari

citadinokane disse...

Mari,
"Apareceu a Margarida, olê olê olá..."
Abraços saudosos,
Pedro

marisanblog disse...

Pedro,

Se fores no teu e-mail, vais entender o meu sumiço.

Abraços carinhosos.

Mari

Anônimo disse...

Tres intiresno, gracias