sábado, setembro 02, 2006

Malvados de verdade...

Quando leio as tirinhas dos Malvados, percebo o quanto o seu criador(André Dahmer) tem aprimorado o conteúdo dos seus personagens com reflexões que tratam das questões que afligem os homens comuns e simples...
O diálogo do malvadinho com o "diabo" é muito interessante, carregado de angústia e uma dúvida atroz que o "diabo" reduz ao nada... O niilismo que o "capeta" reduz a nossa existência é de um desalento para o próprio "demônio", que apenas constata as nossas profundas fraquezas...

6 comentários:

Navi Leinad disse...

O capeta é um grande psicólogo!

Clarice Baricco disse...

Tengo que aprender este maravilloso y seductor idioma.

Gracias por visitarme.

Abrazo

citadinokane disse...

Ivan,
Mataste a charada, é isto mesmo, Freud fez escola no inferno... Poeta sacaste rapidamente.
Un abrazo hermano,
Pedro

citadinokane disse...

Clarice,
Te agradeço pela visita, o teu blog é de uma singeleza maravilhosa.
O português é muito fácil, e nós estaremos sempre te visitando.
Un abrazo y besos,
Pedro

marisanblog disse...

É isso aí Ivan.

Abraços

Mari

citadinokane disse...

Mari,
Viva o Ivan!!!!