quarta-feira, novembro 29, 2006

Campanha contra o tabagismo

Li no Almanaque do "Barão de Itararé":
"Epitáfio
Num cemitério de São Paulo há um epitáfio com as seguintes palavras:
Aqui jazem os meus ossos,
Esperando pelos vossos."

Não suporto o patrulhamento sobre os fumantes, não gosto de cigarro, mas considero um exagero o comportamento das pessoas contra o cidadão que gosta de "queimar" a saúde, apreciando um "branquinho"... Deixa o cara fumar!!! Agora se ele quer parar de fumar, vamos oferecer condições para que isso ocorra.
"Meus heróis morreram de overdoses, meus inimigos estão no poder..." Mas nem por isso me tornei amargo, o Cabeção quando bebe cevada fica doido pra fumar, na verdade nem sabe fumar, solta fumaça desbragadamente, é muito engraçado... Ele acha um charme, "bobinho" vai queimando um pouco do que resta de saúde.
Locobueres depois de quarenta anos voltou a fumar, decorrência de uma dor, uma desilusão amorosa, passou a fumar cinco maços, coisa de poeta, pelo menos não cortou os pulsos, resistiu, graças ao bom Deus...
Abaixo uma campanha de grande impacto contra o hábito de fumar tabaco, é claro! Como diria a amiga lusitana Mixikó - bad, bad, bad...



14 comentários:

Tozé Franco disse...

Uma das profissões que mais a admiro é a dos publicitários, pela criatividade.
Excelentes imagens.
Um abraço desde este lado do Atlântico.
P.S.: Penso que a encomenda já seguiu. Eu já entreguei a inha parte ao Moura. Espero que goste da música.

Xico Rocha disse...

Sou intolerante com os fumantes, isto porque eles não tem a consciência de que a fumaça do cigarro dele faz mal a mim e aos demais que esteja na circunvizinhança.
Xico Rocha

marisanblog disse...

Pedro,

O assunto é desagradável, porém, tenho que dizer: Meu pai faleceu em consequências graves do fumo, tinha enfisema crônico, coração grande e outras complicações decorrentes do fumo que se agravaram mais ainda com a idade. O perdi há sete meses, e infelizmente é este o fim de muitas pessoas que insistentemente fumam, sabendo que é um grande mal...

Mari

citadinokane disse...

Amigo Tozé,
A criatividade desses profissionais parece ilimitada.
A encomenda será recebida primeiramente pelo coração.
Abraços,
Pedro

citadinokane disse...

Xico,
Tu és ex-fumante, acertei?!

Navi Leinad disse...

Deixa o cara fumar... longe de mim!!

citadinokane disse...

Mari,
Fumar faz mal p'ra saúde, sempre. Algumas pessoas apresentam probabilidades e pré-disposição genética para vários tipos de doenças "feias" a partir da utilização de álcool, tabaco e outras substâncias...
Meus pêsames pelo passamento de teu genitor, é bom não esquecer é o ciclo da vida, inevitável...
Abraços,
Pedro

citadinokane disse...

Ivan,
De preferência bem longe, ehehehe...

Luana Caldas disse...

E em outra galáxia de preferência!!!

Paola Vannucci disse...

graças a deus eu nao fumo

citadinokane disse...

Luana,
Com muita classe e muito amor...

citadinokane disse...

Paola,
Graças ao teu bom senso, é claro!

TRUNKSIE TAMBÉM É BLOGGER! disse...

Para tal eis uma poemasia:

FIIMdoAR.
Enegreças, Ó galã das noites, teu pulmão sem estrelas nem luar...
Escureças, Ó dama, tua respiração como as asas da graúna ao voar...
Eu vos deixo livres igual a fumaça solta e leve pelo ar a brincar...
Mas eu peço, caros amigos, vá fumar em outro lugar! (Almeida)

Eu tive de assinar, foi tão poético... Gostaram?

Fort'abraço e até!

citadinokane disse...

Trunksie,
Foi muito interessante, e uma forma delicada de mandar os fumantes para longe.