quarta-feira, novembro 15, 2006

A Língua Portuguesa agradece e nossos ouvidos também.

Não sou um esgrimista da língua portuguesa, me esforço muito para evitar erros crassos... Considero a língua portuguesa bela, belíssima mesmo e vale a pena um pouquinho de atenção para torná-la mais sonora.
Anita Prosperidade, ainda lembra da gente e enviou pra cá uma mensagem sobre os erros mais comuns em português, a língua é claro, mensagem preparada pela Viviane Lopes, e pede que seja divulgada. Deus disse: "Faça-se a luz!" E o texto foi publicado:

"Mesmo que você saiba de todas essas formas corretas, passe adiante, pode ser útil para outras pessoas.
A Língua Portuguesa agradece.
Não diga:
-Menas (sempre menos)
-Iorgute (iogurte)
-Mortandela (mortadela)
-Mendingo ( mendigo )
-Trabisseiro (travesseiro )
-Trezentas gramas (é O grama e não A grama)
-Di menor, di maior (é simplesmente maior ou menor de idade)
-Cardaço ( cadarço)
-Asterístico (asterisco)
-Beneficiente ( beneficente - lembre-se de Beneficência Portuguesa)
-Meia cansada (meio cansada)

E lembre-se também :
-Mal - Bem
-Mau - Bom
-A casa é GEMINADA (do latim geminare = duplicar)e não GERMINADA que vem de germinar, nascer, brotar.
-O certo é CUSPIR e não GOSPIR.
-O certo é BASCULANTE e não VASCULHANTE, aquela janela do banheiro ou da cozinha.
-Se v. estiver com muito calor, poderá dizer que está "suando" (com u) e não "soando", pois quem "soa" é sino!
-O peixe tem ESPINHA (espinha dorsal) e não ESPINHO. Plantas têm espinhos.
-Homens dizem OBRIGADO e mulheres OBRIGADA.
-O certo é HAJA VISTA (que se oferece à vista) e não HAJA VISTO."
-FAZ dois anos que não o vejo" e não " FAZEM dois anos".
- POR ISSO e não PORISSO.
-"HAVIA muitas pessoas no local" e não " HAVIAM"
-"PODE HAVER problemas" e não "PODEM HAVER...."
-PROBLEMA e não POBLEMA ou POBREMA (deixe isso para o Zé Dirceu)
-A PARTIR e não À PARTIR
-Para EU fazer, para EU comprar, para EU comer e não para MIM fazer, para mim comprar ou para mim comer. (mim não conjuga verbo; apenas "eu, tu, eles, nós, vós, eles")
-Você pode ficar com dó (ou com um dó) de alguém, mas nunca com "uma dó"; a palavra dó no feminino é só a nota musical (do, ré, mi, etc etc.)
-As pronúncias: CD-ROM é igual a ROMA sem o A. Não é CD-RUM (nem CD-pinga, CD-vodka, etc). ROM é abreviatura de Read Only Memory - memória apenas para leitura.
- HALL é RÓL não RAU, nem AU.

E agora, o horror divulgado pelo pessoal do TELEMARKETING:

-Não é eu vou ESTAR mandando, vou ESTAR passando, vou ESTAR verificando e sim eu vou MANDAR , vou PASSAR e vou VERIFICAR (muito mais simples, mais elegante e CORRETO).
-Da mesma forma é incorreto perguntar: COM QUEM VOCÊ QUER ESTAR FALANDO?
-Veja como é o correto e mais simples: COM QUEM VOCÊ QUER FALAR?
- Ao telefone não use: Quem gostaria? É de matar...
- Não use: peraí, aguenta aí, só um pouquinho (prefira: Aguarde um momento, por favor)

Por último, e talvez a pior de todas : Por favor, arranquem os malditos SEJE e ESTEJE do seu vocabulário. (estas palavras não existem).
Não é elegante você tratar por telefone, pessoas que não conhece, utilizando termos como:querido (a), meu filho (a), meu bem, amigo (a)... Utilize o nome da pessoa ou Senhor, Senhora."

viviane.lopes@uol.com.br
www.vivianelopes.zip.net

17 comentários:

Carlos Ponte disse...

Se Viviane - Senhora Viviana, que eu não tive, ainda, o prazer de a conhecer - diz, quem somos nós para discordar? Vamos tomar isso em boa conta!
Gostei muito, especialmente, daquele RÓL. Enfim um completíssimo ROL de palavras que, por vezes, atropelamos.
Pedro, um abraço para si e agradeça por mim à autora,
Carlos Ponte

Mixikó disse...

clap...clap..clap...
Bela escolha este post Pedro...foi lindo...nem mais...tal e qual
A dos "Trezentas gramas"...ouve-se tanto aqui que nem imaginas...e dou por mim a emendar as pessoas que nem conheço de lado nenhum...lol...grama é masculino somente = trezentos gramas; duzentos gramas e por ai......porque no feminino é grama = de campo de futebol...lol

Agora estou nessa de ensinar ao meu filho que os rapazes dizem sempre OBRIGADO e não OBRIGADA...lol

beijos...gostei é bom "pá galera abrir o olho"

marisanblog disse...

Pedro,

"Eu estava atrás de ti." (horrível).

"Eu estava a tua procura." (correto e elegante). Assim acho.

É uma grande verdade. Muitas pessoas exageram e insistem em falar as palavras de forma incorreta. Para ser exímio em falar corretamente é difícil, porém, vale a pena o aprimoramento da forma de mais correta de uma conversa ou escrita.

Chega, já estou com medo. Quantos erros já cometidos Pedro? Rsrsrs

Mari

Mikas disse...

Alguns são característicos aí no brasil mas mtos tb se dizem cá por portugal hehe

Tozé Franco disse...

Não deixa de ser curioso que muitos dos erros são comuns aos dois lados do Atlântico.
Um abraço.

Navi Leinad disse...

Eu também me esforço bastante pra não cometer erros crassos... quando percebo que cometi algum fico muito constrangido, e isso é bom pra nunca mais errar.
Mas às vezes a gente erra novamente, aí já é falta de atenção. O importante é estar ciente do erro pra poder corrigir e não passar sempre por "desatencioso".

citadinokane disse...

Carlos,
Nós sabemos que a nossa língua não é fácil. Agradeço também as dicas.
Abraços,
Pedro

citadinokane disse...

Mixikó,
Que bom saber que a "maternidade" faz parte de tua história...
A língua portuguesa às vezes parece um labirinto, mas com esforço vamos avançando, com um escorregão aqui, outro ali... Vamos sobrevivendo.
Abraços mama Mixikó.
Pedro

citadinokane disse...

Mari,
É bom a gente não sofisticar muito, olha o erro a nos rondar, medo, medo...

citadinokane disse...

Mikas,
Suspeito que sim. A língua é a mesma, mas apresenta algumas especificidades do local que se fala. Os neologismos vão impregnando a língua mater que estranhamos muito...
O importante é comunicarmos bem, uns com os outros, sem paranóia, a perfeição é difícil, mas vale o esforço.
Abraços,
Pedro

citadinokane disse...

Tozé,
Somos irmãos, tá vendo só!
Abraços,
Pedro

citadinokane disse...

Ivan,
O negócio é a atenção e pronto. O esforço é válido.
Abraços,
Pedro

Eliete disse...

Égua Pedro , pegasteS peZado com oS PESSOAUS herherherher
QUERIDO, aponte-me alguém que fala ou escreve corretamente nossa língua. Infelizmente é cada vez mais triste vermos, principamente os jovens, cometendo verdadeiros assassinatos em nosso idioma.O fato é que os erros gramaticais são constantes e sabemos o quanto é difícil não cometê-los. Claro que é muito constrangedor quando percebemos que erramos. Fazer o quê? Lermos mais e ficarmos atentos e sempre com o "amigo" Aurélio como íntimo companheiro já é um bom começo.
Beijos!

citadinokane disse...

Eliete,
Fiz o alerta no post, é muito difícil. Mas, vale a pena o esforço.
O negócio é o esforço para não errar, né?!
Beijos

Eliete disse...

Pedro,hoje fui abordada em meu local de trabalho por nossa amiga Mari e esta chamou minha atenção por eu ter cometido um grave delito, mais precisamente ter sido enquadrada no art. 121 do CPB. Estou na iminência de ser processada por duplo homicídio: escrever cego com S, ou seja,SEGO, e uma outra palavra da qual ela conseguiu recordar. Aceite minhas sinceras desculpas esfarrapadas. Gostaria de te deixar prevenido que, caso esse tipo de defesa não seja aceito de imediato, entrarei em contato sábado para contratá-lo como meu advogado.
Beijos!

citadinokane disse...

Eliete,
Estás perdoada, vá em paz e não peques mais!

Anônimo disse...

Хорошая новость, как долго ожидать публикации новенького материала и вообщем стоит ждать ?