domingo, dezembro 03, 2006

Que se vá Pinochet!


Acordo neste domingo maravilhoso, e leio pela internet que o ex-ditador Augusto Pinochet acabava de ser operado do coração...
A notícia era a seguinte:

"O ex-ditador chileno Augusto Pinochet, 91 anos, sofreu um enfarte e os médicos fizeram uma cirurgia de emergência neste domingo para a colocação de uma ponte de safena, que "praticamente o trouxe de volta à vida", disse o filho do general.
'Ele está em estado muito delicado. Nós estamos nas mãos de Deus e dos médicos', disse Marco Antonio Pinochet a jornalistas, do lado de fora de um hospital militar em Santiago, onde seu pai está sendo tratado."


Sou cristão e acima de tudo humanista, mas não sei explicar, a satisfação que invadiu o meu ser, realmente não é fácil entender o que vou dizer e digo em alto e bom tom: - "Por amor de Deus, morra Pinochet!!!!"
Lá no fundinho do meu coração, algo diz bem baixinho: "Ele não vai morrer... É vaso ruim, não quebra fácil..."
Fico acabrunhado, como que concordando com os dizeres "vaso ruim...", continuo a leitura do jornal, mas as palavras gritadas continuam ecoando "Morra Pinochet!", alguém desavisado há de afirmar com aquele ar de compaixão: "Oh! Deus perdoe esse blogueiro, pelo que disse e não deixe que vá para o inferno".
"Quem vai pro inferno é ele!" brado, um tanto encolerizado e apontando com o dedo indicador a foto do assassino e sanguinário na tela do computador, calma, calma... Não é preciso alterar o ânimo, é necessário dizer mais algumas coisas antes de publicar o post, ah! alter-ego bem dito, só tu consegues administrar essas minhas emoções...
Os amigos e amigas do Chile sabem melhor a história recente que se escreveu com sangue de milhares de lutadores chilenos, muitos até hoje desaparecidos.
Vejam as fotografias:
Pinochet impávido e soberbo com os generais golpistas;
Outra foto do Pinochet traidor ao lado de Salvador Allende;
Ataque ao palácio presidencial de La moneda;
Protesto pelos desaparecidos.
Vejam e não deixem turvar o vosso coração com a imagem "patética" do Pinochet ancião, senil e necessitando de "carinho" e atenção.
Os ditadores se pensam eterno, pensam em entrar para história como salvadores de povos e estilhaçam famílias, sonhos, e matam, matam a esperança, a vida e tudo... Esquecem que são mortais, envelhecem, e também morrem...
Não tenho desprezo pela pessoa de Pinochet tomado individualmente. Desprezo tudo o que ele representa e simboliza para o Chile e América Latina, e porque não dizer para toda humanidade. Os ditadores têm ocasos tristes, são esquecidos pelo o que deixaram de promover de dignidade humana e cidadania para os seus povos.
Mas nunca devemos esquecê-los, ainda que pareça paradoxal, pelas lições que aprendemos sobre a intolerância e o argumento da força, que desembocam quase sempre em experiências fratricidas...
Quero neste post exorcizar não somente Pinochet, não é pra ficar assustado, ok?! O diabo já recebeu os nossos ditadores brasileiros, argentinos e outros do mundo inteiro, agora o inferno está se enfeitando todo para receber o General Augusto Pinochet... General Figueiredo montado em seu cavalo, General Médici, General Geisel, estão lá! As mãos sempre molhadas de sangue fresquinho, e o capeta não cansa de untá-las com óleo de enxofre... Eis o castigo dos incautos e presunçosos poderosos: Arder no fogo do inferno, para sempre...









2 comentários:

Paola Vannucci disse...

Pedro meu querido,

entendo bem de espírito de humanismo, mas sei mais ainda de espírito de justiça.
Esperar que se vá para longe daqui algume que matou e transformou uma pátria num caos é normal.
que se vá,

com uma corda no pescoço ainda como numa das sacolinhas aí de baixo.

olha eu prefiro guaraná antartica, tb não bebo alcool

bjsssssssssss

bom domingo

Paola

citadinokane disse...

Que ele leve toda maldade que liberou... rsrsrs...