domingo, dezembro 03, 2006

Tá tudo dominado...

A imagem abaixo copiei do blog do Xico Rocha, podem nos processar, temos bons advogados!
Falando sério, fiquei pensando sobre as teorias sobre o matriarcado, em torno da matriarca se organizavam os grupos sociais, pela certeza da maternidade e a dúvida em relação à paternidade... Ô vida desgraçada dos homens, faziam filhos e não sabiam se eram os pais de verdade. Ô dor cruel!
Mas vamos lá, nem homem e nem mulher de porrete. Como diria Tom Jobim - o negócio é amar... Sem puxada de saco, literalmente, ui ui ui!!!

10 comentários:

Luciane Fiuza de Mello disse...

Essa foi forte srsrsrrsrsrs

Bjs!

Lu.

citadinokane disse...

Lu,
Ainda bem que homem e mulher são amigos...

Fui à missa do Olímpio, momento de reflexão.

Abraços,
Pedro

Luciane Fiuza disse...

Pedro, que bom que foi rezar pelo meu amigo. Vc é uma pessoa indescritível.

Pena que não falei com vc, mas nem poderia, não lhe conheço...

Bjs!

Lu.

citadinokane disse...

Lu,
Tinha muuuiiita gente...
Estou articulando com o David o momento para conversarmos sobre tudo...
Deixa passar esses dias turbulentos, estou corrigindo provas, e mais provas...
Abs,
Pedro

Luciane Fiuza de Mello disse...

Ok, fico no aguardo. No melhor momento a gente começa a ver isso. Bom trabalho!
Lu.

citadinokane disse...

Lu,
Obrigado.

Mixikó disse...

uiiiiiiiiiiiii...lol

citadinokane disse...

Mixikó,
Com certeza a bolsa escrotal, naquele tempo, já estava adequada ao puxa-puxa e estica, acho que nem deveria doer, não?

Mixikó disse...

ahahahahahaehehehehehehehe...pois

citadinokane disse...

Mixikó,
Só acho, como no nosso tempo, se a mulher da charge utilizar o porrete para fazer uma vasectomia sem anestesia, aí é com certeza muita dor.