quarta-feira, janeiro 31, 2007

Sossega, coração!

A poesia abaixo caiu em minhas mãos, compartilho com alegria:


"Sossega, coração! Não desesperes!
Talvez um dia, para além dos dias,
Encontres o que queres porque o queres.
Então, livre de falsas nostalgias,
Atingirás a perfeição de seres.

Mas pobre sonho o que só quer não tê-lo!
Pobre esperença a de existir somente!
Como quem passa a mão pelo cabelo
E em si mesmo se sente diferente,
Como faz mal ao sonho o concebê-lo!

Sossega, coração, contudo! Dorme!
O sossego não quer razão nem causa.
Quer só a noite plácida e enorme,
A grande, universal, solente pausa
Antes que tudo em tudo se transforme."

(Fernando Pessoa, 2-8-1933.)

terça-feira, janeiro 30, 2007

Blogagem Coletiva: Eu quero é Paz.


Hoje é dia internacional da não-violência e resolvi participar da blogagem coletiva proposta pelo Lino Resende no blog da Flávia Sereia: Eu quero é Paz.
Li o que está abaixo no site da Unesco e se encaixa muito bem para o dia de hoje, vamos ler e contribuir para que o mundo seja menos violento, ok?!
A paz depende de cada um de nós, nada original, né?! Mas é a verdade mais cristalina que existe, simples como feijão com arroz ou água-quente-no-miojo-e-fome...
Ninguém pode esquecer que a paz começa no nosso lar, exercitando o amor e respeito aos filhos, pai e mãe; Finalizando, como diria minha filha quando era bem pequenina - marido e marida, olha o respeito, hein?!
"A Cultura de Paz é a Paz em ação; é o respeito aos direitos humanos no dia-a-dia; é um poder gerado por um triângulo interativo de paz,desenvolvimento e democracia. Enquanto cultura de vida trata-se de tornar diferentes indivíduos capazes de viverem juntos, de criarem um novo sentido de compartilhar, ouvir e zelar uns pelos outros, e de assumir responsabilidade por sua participação numa sociedade democrática que luta contra a pobreza e a exclusão; ao mesmo tempo em que garante igualdade política, eqüidade social e diversidade cultural."

segunda-feira, janeiro 29, 2007

Sherlock Holmes...

Recebi outra historinha, essa é muito legal, se não estou enganado foi o Cabeção que enviou-me a historinha abaixo:

Sherlock Holmes e Dr. Watson vão acampar...

Montam a barraca e, depois de uma boa refeição e uma garrafa de vinho, deitam- se para dormir.


Algumas horas depois, Holmes acorda e cutuca seu fiel amigo:

- Meu caro Watson, olhe para cima e diga-me o que vê.

Watson responde:

- Vejo milhares e milhares de estrelas.

Holmes então pergunta:

- E o que isso significa?

Watson pondera por um minuto, depois enumera:

1) Astronomicamente, significa que há milhares e milhares de galáxias e,potencialmente, bilhões de planetas.
2) Astrologicamente, observo que Saturno está em Leão e teremos um dia de sorte.
3) Temporalmente, deduzo que são aproximadamente 03h15min pela altura em que se encontra a Estrela Polar.
4) Teologicamente, posso ver que Deus é todo poderoso e somos pequenos e insignificantes.
5) Metereologicamente, suspeito que teremos um lindo dia amanhã. Correto?

Holmes fica um minuto em silêncio, então responde:

- Watson, seu imbecil! Significa apenas que alguém roubou nossa barraca!

Conclusão: "A VIDA É SIMPLES. NÓS É QUE TEMOS A MANIA DE COMPLICAR..."

Mulher

"A mulher é a porta do diabo"*

Uma frase muito machista.
Foi originalmente dita e escrita em latim – mulier janua Diaboli – por Santo Agostinho (354-430), bispo de Hipona, na África, doutor da Igreja e um dos pilares da teologia cristã e da filosofia ocidental. Antes de proferi-la, entretanto, levou vida amorosa das mais conturbadas, entregando-se a prazeres que depois condenou. Sua conversão é atribuída às orações de sua mãe, sobre quem escreveu um texto famoso, o Panegírico de Santa Mônica. Para um dialético como Agostinho, nada mais sintomático: sua salvação e perdição foram obras femininas. "A mulher é a porta de Deus" também poderia ser uma frase agostiniana.
Prefiro a frase: "A mulher é a porta de Deus" e acrescentaria "por onde o homem é levado ao paraíso"... Afe!!! Tô de bem com elas...

*(Esta expressão é encontrada no livro "De Onde Vêm As Palavras", Editora Mandarim. O autor apresenta a etimologia das palavras em ordem alfabética, sendo um verdadeiro dicionário)


domingo, janeiro 28, 2007

Lukita, ziriguidum, tchan!!!

Ontem(sábado) tive o imenso prazer de conhecer o sogro do nosso grande amigo Dirceu Franco; é o Zé Luiz, mais conhecido como Zé Lukita, foi jogador de futebol profissional, um dos melhores laterais direitos que o Paysandú já teve... E como faz falta hoje, hein?!
Fora o futebol, que todo brasileiro adora e joga muito ou torce muito, é o meu caso, sou um bom torcedor... Temos a música brasileira que nos aproxima bastante.
Gostei da companhia do Zé Lukita, de bem com a vida e muito alegre, além de expert em MPB e samba.
Eu e o David Carneiro soltamos boas gargalhadas com o Lukita e depois ficamos impressionados com o gosto musical e o conhecimento das letras das músicas e mais ainda, não é que o Lukita diz o nome de todos compositores, vai ter memória assim na casa do c... ah! deixa pra lá, né?!
Um momento engraçado, estávamos no "Boteco da Computer Store", depois da música ao vivo, o pessoal de lá coloca uns vídeos de Clip ou Show musical, quando começou a rolar uma música muito bonita (não lembro o nome da música), o Lukita ficou com aquele olhar nostálgico, dando uns suspiros... Aí eu disse pra ele: - Lukita essa música te traz lembranças de um grande amor, né?! Quando ele se virava candidamente para responder(acho que seria afirmativo), deu de cara com o Dirceu, este com o olhar duro e desafiador, o Lukita engoliu seco e respondeu gaguejando: - Só amei a sogra dele! Ah! foi muito engraçado, até o Dirceu não segurou a gargalhada...
Lukita, percebi o quanto gostas da música do Lupicínio Rodrigues, faço aqui a minha homenagem ao teu gosto musical e com certeza a tua companhia nos deixou mais enriquecido culturalmente.

Esses Moços(Lupicínio Rodrigues)

Esses moços
Pobres moços
Ah! Se soubessem o que eu sei
Não amavam,
Não passavam,
Aquilo que eu já passei,
Por meus olhos, por meus sonhos,
Por meu sangue, tudo enfim,
É que eu peço,
A esses moços,
Que acreditem em mim.
Se eles julgam
Que a um lindo futuro
Só o amor nesta vida conduz,
Saibam que deixam o céu por ser escuro
E vão ao inferno à procura de luz...
Eu também tive nos meus belos dias,
Esta mania e muito me custou,
Pois só as mágoas
Que eu trago hoje em dia,
E estas rugas que o amor me deixou.

sexta-feira, janeiro 26, 2007

Red Bull mata!

Alô! Atenção!
Mas quanta loucura gente...
Olha só, quem nunca bebeu um daqueles energizantes, principalmente o que nos dá asas, lembra da propaganda???
Pois é, recebi uma mensagem do meu irmãozinho Nilton Atayde e resolvi não somente repassar via e-mail, resolvi colocar no blog, ei blogueiro! Vamos tratar de um tema de saúde pública, por favor, divulguem também nos seus blogues, chamem a atenção dos amigos que têm filhos jovens...
A bebida que estou falando é a Red Bull, está à venda em todos os supermercados e os jovens podem consumi-la para provar e isto pode ser mortal!
A RED BULL foi criada para estimular o cérebro de pessoas submetidas a um grande esforço físico e em "coma de stress". NUNCA PARA SER CONSUMIDA COMO UMA BEBIDA INOCENTE OU REFRESCANTE, A RED BULL é uma BEBIDA ENERGIZANTE, comercializada em nível mundial com o slogan: "Aumenta a resistência física, agiliza a capacidade de concentração e a velocidade de reação, dá mais energia e melhora o estado de ânimo". Tudo isso pode ser encontrado numa latinha de RED BULL, "a bebida energética do milênio!".

A RED BULL conseguiu chegar a quase 130 países de todo o mundo com um faturamento anual acima de 21 bilhões de euros na venda de 3 bilhões de latas. Os jovens e o desporto foram os símbolos eleitos pela marca para caracterizar a sua imagem, dois segmentos atrativos que foram cativados pelo estímulo causado pela bebida. Foi criada por Dietrich Mateschitz , um empresário de origem austríaca, que a descobriu por acaso, durante uma viagem de negócios a Hong Kong , quando trabalhava para uma empresa fabricante de escovas de dentes. Uma lata de 250 ml, contém 20 gramas de açúcar, 1000 Mg de taurina, 600 Mg de glucuronolactona, 80 Mg de cafeína e vitaminas do complexo B.
MAS A VERDADE DESTA BEBIDA É OUTRA, A FRANÇA E A DINAMARCA acabam de proibi-la por ser um cocktail da morte, devido aos seus componentes de vitaminas misturadas com "GLUCURONOLACTONE", química altamente perigosa, que foi desenvolvida pelo Departamento de Defesa dos USA, durante os anos 60 para estimular o moral das tropas americanas no VIETNAM. Seus efeitos eram como se fossem o de uma droga alucinógenea, que acalmava o stress da guerra. Entretanto seus efeitos no organismo dos soldados foram devastadores - alto índice de casos de enxaquecas, tumores cerebrais e doenças do fígado.
Apesar de tudo, na lata de RED BULL ainda se lê entre os seus componentes: GLUCURONOLACTONE, catalogado medicamente como um estimulante.
Mas o que a lata de RED BULL não diz são as conseqüências do seu consumo, que obriga a colocar uma série de ADVERTÊNCIAS: É Perigoso tomá-lo se, em seguida, não se fizer exercício físico, já que a sua função energizante acelera o ritmo cardíaco e pode provocar um enfarte fulminante. O risco de se sofrer uma hemorragia cerebral , porque o RED BULL contém componentes que diluem o sangue para que seja mais fácil ao coração bombear o sangue e assim se poder fazer esforço físico com menos esgotamento. É Proibido misturar RED BULL com álcool, porque a mistura transforma a bebida numa "Bomba Mortal" que ataca diretamente o fígado, levando a zona afetada a incapacidade de jamais se regenerar.
Um dos componentes principais do RED BULL é a vitamina B12, utilizada em medicina para recuperar pacientes que se encontram em coma etílico; daí o estado de excitação em que se fica após tomá-lo. É Como se estívessemos estado de embriaguez. O consumo regular de Red Bull provoca uma série de doenças nervosas e neuronais irreversíveis.

CONCLUSÃO
A RED BULL deveria ser proibida em todo o mundo, como já está sendo em alguns países pois se desavisadamente ou intencionalmente misturada ao álcool torna-se uma bomba relógio para o corpo humano, principalmente entre adolescentes e adultos que desconheçam os efeitos letais da bebida.

Infarto Cerebral


Alexandre Carvalho enviou-me algumas informações de utilidade pública para divulgação, e como se refere sobre o dilema humano: viver ou morrer - vida longa aos blogueiros e amigos!!!

IMPORTANTE
POR FAVOR PRESTE ATENÇÃO

Isto é muito importante e pode salvar a vida de uma pessoa.
Vou copiar a historinha apenas para ilustrar a informação preciosa que será exposta abaixo.


"Durante um churrasco uma amiga tropeçou e caiu no chão suavemente. Ela garantiu aos presentes que estava bem (aos que se ofereceram para chamar por socorro) e que havía tropeçado no ladrilho por causa de seus sapatos novos.
Seus amigos a ajudaram levantar-se e lhe trouxeram um novo prato de comida. Enquanto ela parecia um pouco aturdida, tentou desfrutar da festa durante o resto da tarde.
Mais tarde o marido ligou para seus amigos informando que sua mulher havia sido levada ao hospital (às 18:00 hs ela falecia). Havia sofrido um infarto cerebral durante o churrasco."

Se seu esposo e amigos soubessem como reconhecer um infarto cerebral, talvez hoje ela estivesse entre nós.

____________
Reconhecer um infarto cerebral


Um neurologista afirma que se o chamam dentro das primeiras 3 horas, pode reverter totalmente os efeitos de um infarto cerebral. Afirma que o macete consiste em reconhecê-lo, diagnosticá-lo e dar assistência ao paciente dentro das primeiras três horas.

RECONHECER UM INFARTO CEREBRAL

Lembre-se dos "3" Passos.

Leia e aprenda!

Às vezes os sintomas de um infarto cerebral são difíceis de se identificar.

Infelizmente, a falta de conhecimentos pode ser fatal. A vítima do infarto pode sofrer danos cerebrais se as pessoas que a atenderem não conseguirem reconhecer os sintomas do infarto cerebral.

Atualmente os médicos estabeleceram uma regra para reconhecê-lo mediante três simples perguntas:
1. Solicite ao afetado/a que SORRIA.

2.Solicite ao afetado/a que LEVANTE AMBOS OS BRAÇOS.

3.Solicite a pessoa QUE PRONUNCIE UMA FRASE SIMPLES (Coerente) (por exemplo . . . Hoje é um dia ensolarado)

Se ele ou ela tem dificuldade com qualquer uma destas três provas, chame imediatamente o SOCORRO e descreva os sintomas.
Depois de descobrir que um grupo de voluntários que não são médicos podem identificar debilidade facial, debilidade em braços e debilidade na fala, os pesquisadores apelam ao público em geral para que aprenda estas três perguntas. Uma maior divulgação deste teste pode facilitar um rápido diagnóstico e tratamento do infarto cerebral e evitar danos cerebrais.
Por favor divulguem as informações acima, vidas serão salvas.

quinta-feira, janeiro 25, 2007

A águia do Loco...


Naquele final de tarde, quando o sol lançava os seus últimos raios, e que imperava uma absurda tranqüilidade, só perturbada pela fumaça de tabaco que inundava o ambiente, me aproximo do Locobueres, que entre uma baforada do Cohiba e um gole do tinto chileno, adora destilar lições de vida, como se fosse o último remanescente dos Mundurucus, um verdadeiro Tuchaua...
Com o olhar paralisado no horizonte, acompanhando o derradeiro raio solar, meu amigo Loco fica introspectivo, silencioso... Não me atrevo a romper com a catarse que suponho ocorrer neste momento, vejo o reflexo do sol alaranjando a Baía do Guajará, e vejo também os olhos do Loco marejados de rios e igarapés... e prestes a transbordarem...
Começo a tossir, um mero pretexto para interromper as elucubrações buerinas, e em seguida pergunto se ele estava triste, como se tivesse acabado de desembarcar em terra, ele respira fundo e virando-se de lado deu uma sonora gargalhada, dizendo que não tem tempo "pra essas frescuras".
Mais uma baforada do charuto, o cálice de vinho esvaziado rapidamente, e o Loco começa a falar baixinho, sussurra e solta uns risinhos contidos... Olha pra mim e pergunta: - Pensas que eu estou doido?!
O Loco resolve falar, e vai dizendo enigmaticamente: - É preciso viver, viver com sabedoria... Depois de uma breve pausa, retoma a conversação com a entonação da voz mais grave, a testa franzida e as rugas começando a matusalenar(o Loco adora transformar substantivo em verbo, taí o trôco) o rosto do poeta; percebi que existia vivência e muita bondade naquele "espírito que anda", e que a nossa amizade confirmava, me encontrava absorto, refletindo as palavras do Loco.
- Tu sabes que gosto de contar histórias? Ele me pergunta. Respondo com um aceno afirmativo da cabeça.
Ele se levanta e caminha até a beira da Baía do Guajará, joga duas pedras nas águas plangentes da baía... De costa para mim e de frente para a baía, com o dedo indicador em riste, aponta para o céu alaranjado e virando o rosto para mim, fala: - Estás escutando?! O Loco fica estático, com os olhos prontos a saltarem de suas órbitas. Não consigo entendê-lo, e pergunto: - O quê?
- A Ave-Maria! Escuta os anjos... O "espírito que anda" parece que está em transe, junta as mãos como se fosse orar, se aproxima mais da baía, como se estivesse em contrição, olha para o céu e lentamente vai baixando o olhar para as águas da baía...
Depois fui compreendendo melhor o meu amigo, momento de aprendizagem para mim, o Loco tem muita experiência acumulada, anda doido para compartilhar.
Ele retoma a fala de novo e comenta sobre uma águia, retira do bolso da calça um pedaço de papel embolado e me entrega: - Publica esse texto, pode ajudar muita gente, ok?! Novamente assentir com a cabeça e estendi a mão para recolher a mensagem, toda amassada...
Mudamos de assunto, um outro amigo chegou e passamos a discorrer sobre outras preocupações, bem mundanas, bem mundanas...
Ontem, ao enfiar a mão no bolso da calça, encontrei um papel bem amassadinho, putz! a calça havia sido lavada, era o papel do Loco, será que eu consigo recuperar o texto, vou tentar, vamos ao texto:
A águia empurra gentilmente seus filhotes para a beirada do ninho. Seu coração maternal se acelera com as emoções conflitantes, ao mesmo tempo em que ela sente a resistência dos filhotes aos seus persistentes cutucões: "Por que a emoção de voar tem que começar com o medo de cair?", ela pensou. Esta questão secular ainda não estava respondida para ela...
Como manda a tradição da espécie, o ninho estava localizado bem no alto de um pico rochoso, nas fendas protetoras de um dos lados dessa rocha. Abaixo dele, somente o abismo e o ar para sustentar as asas dos filhotes. "E se justamente agora isto não funcionar?", ela pensou.

Apesar do medo, a águia sabia que aquele era o momento. Sua missão maternal estava prestes a se completar. Restava ainda uma tarefa final... o empurrão.
A águia tomou-se da coragem que vinha de sua sabedoria interior. Enquanto os filhotes não descobrirem suas asas, não haverá propósito para a sua vida. Enquanto eles não aprenderem a voar, não compreenderão o privilégio que é nascer uma águia. O empurrão era o maior presente que ela podia oferecer-lhes. Era seu supremo ato de amor. E então, um a um, ela os precipitou para o abismo... e eles voaram!
É amigo Loco... essa mensagem pode ajudar muita gente.

terça-feira, janeiro 23, 2007

Eu gosto do La Pupuña

Gosto da banda La Pupuña.
A banda é composta pelos músicos Adriano Sousa (Bateria), André Coruja (Baixo), Diego Muralha (Guitarra e Violão), Luiz Félix (Guitarra e Timbales), Rodolfo Santana (Teclados), Ytanaã Figueiredo (Voz e Percussão), uma banda formada por estudantes do curso de Licenciatura em Música da Universidade do Estado do Pará.
Os caras entraram firme na cena musical independente de Belém, sem preconceitos acadêmicos e com uma musicalidade pluralíssima, a banda conseguiu mostrar uma mistura musical de elementos regionais com a música contemporânea, um som extremamente percussivo, melódico e dançante, dosado com ritmos latinos, rock e musica eletrônica...
Para mim o som do La Pupuña lembra o Caribe.
A lembrança do Caribe...
Ah! lembrança poética... etílica, também!
O meu treinamento de sobrevivência urbana em Cuba foi maravilhoso.
Caminhava todo dia, buscando desvendar cada pedacinho das ruas por onde Che Guevara e Fidel derramaram esperanças, não somente para os cubanos, mas para a juventude brasileira, latina, para todos os povos oprimidos... Caminhei e falei com muitos hermanos, cantei músicas de Pablo Milanés, Silvio Rodriguez e de outros cantadores da nueva trova cubana, brindando a alegria de viver, eliminando milhares de mojitos e margueritas, além é claro da cerveja poderosa Bucanero...
Em frente do hotel Habana Libre, lá estava eu com os camaradas cubanos escutando a música cubana; e poesias nos saraus da Casa de Cultura cubana, ficava enternecido pela hospitalidade, pensava com os meus botões - estou em casa... As ruas cubanas muito parecidas com algumas ruas de Belém, definitivamente estava em casa...
Pelas ruas do bairro de Vedado em Havana, sentia a mesma emoção que sinto quando escuto o La Pupuña, as ruas cubanas destilam musicalidade em todas esquinas... O cheiro de tabaco...
Sinceramente, escutar essa banda, me arrasta não só para Cuba, me leva até minha infância, o som do merengue difundido pelas rádios AM, acabou sendo arquivado em meu inconsciente, não há como “deletar”...
É uma lembrança benfazeja.
Eu gosto dessa banda...

domingo, janeiro 21, 2007

Odisséia do Locobueres...

Recebemos do front amazônico notícias e imagens da odisséia do Locobueres, o nosso enviado especial sem que fosse identificado pelo Loco, conseguiu a primeira imagem da excursão "Desbravando a região bragantina - Lugares esquecidos"; Após viajar até o município de Marapanim de carro, o Locobueres com a determinação de chegar ao Oceano Atlântico caminhando, deu um descanso para as pernas, pagou uma passagem no TransBragantino nº 3, viajou durante horas e chegou a uma Vila esquecida no tempo e sem energia elétrica. Vide imagem abaixo.















O Locobueres chegando nesse paraíso, que nem o nosso enviado especial lembra do nome, arrancou do corpo as vestes mundanas e deitou de lado o cajado no qual se apoiava durante a caminhada, para depois não contar conversa e vestir sua sunga verde-abacate indefectível, a mesma que o dublê de deputado e jornalista Fernando Gabeira faz referência no livro: "O que é isso, companheiro?!"
O enviado especial descobriu, após investigação minuciosa, que a sunga verde-abacate pertenceu ao avô do Locobueres, um libanês que contrabandeava quibes e esfirras do oriente médio para as Guianas, um homem muito avançado para a sua época - início do século XX. Agora o que deixou impressionado o Locobueres, era o fato da cerveja ser bem geladinha sem energia elétrica, relata o enviado especial que as pessoas da localidade mergulham as latas de cerveja e refrigerante nas águas transparentes e frias dos igarapés, o resultado foi comprovado pelo próprio enviado especial, olha só o Loco doido com a lata de cerveja na mão e o rio atrás correndo limpidamente.















O nosso enviado especial conseguiu captar a imagem do Loco quando o mesmo estava saindo do recinto do "cagador amazônico", sanitário natural, buraco no chão e lançamento direto, sem descarga e sem papel higiênico, e muito gás butano, o enviado especial relata que é comum as pessoas nessa localidade utilizarem o sabugo de milho ou o pau de meriti, que é leve que nem isopor... Pôxa! Olha a alegria do Loco ao sair da "Casinha de força" atrás dele, onde ele "libertou os escravos", será que ele usou sabugo ou pau na limpeza?!















E finalmente, depois de 12 dias de caminhada, o nosso Forrest Gump tupiniquim, encontrou o mar; olha o Oceano Atlântico ao fundo, um nativo da Vila de pescadores veio ao encontro do Loco, primeiramente para dar as boas-vindas, e depois propor a troca de conchinhas do mar por biscoitos da Hiléia, o nosso enviado especial confirmou que ambos trocaram apenas as conchinhas do mar por bolachas-maria da Hiléia e só.
















Para encerrar, não tente fazer o que o Loco fez, ele perdeu o cajado e roupas pelo caminho, resumindo: acabou ficando só com a sunga verde-abacate e sua inseparável alpergata, que o protegeu dos muitos espinhos da estrada.
Seja bem vindo Locobueres!!!

Por que as pessoas gritam?

Mari nas últimas visitas que fez, andou comentando que estou pegando pesado em alguns posts por aqui...
Amigos, sempre tenho a minha caixa de entrada de e-mail estourando de contribuições, umas maravilhosas, outras nem tanto...
Recebi o texto abaixo, imediatamente me veio a lembrança da Mari, Luana, Bruno, Bueres, Luciane, Ivan, Mixikó, Tozé, Moura, Carlos Ponte, Yúdice, Fred, Lila, Isadora, Fátima, Eliana Machado, Márcia Clarinha, Complicadinha, Loira em fuga, Juca, Vera Fróes, Flávia Sereia, Walter Jr., Lauande, Augusto Nunes, Alexandre Carvalho, Marcelinho, Rogério, Dirceu...
O texto de uma profundidade indizível, me fez parar e até deitar numa rede, fiquei refletindo cada linha do texto, acho que é hora de pensarmos essa dimensão exposta por Gandhi, pequena é verdade, aos olhos de um ocidental, mas de uma grandeza espetacular para a humanidade. Leiam, por favor!

Por que as
pessoas gritam?
Mahatma Gandhi


Um dia,
um pensador indiano
fez a seguinte pergunta
a seus discípulos:
- Por que as pessoas gritam
quando estão aborrecidas?

- Gritamos porque
perdemos a calma,
disse um deles.

- Mas, por que gritar
quando a outra pessoa
está ao seu lado?
Questionou novamente
o pensador.















- Bem, gritamos porque
desejamos que a outra pessoa
nos ouça,
retrucou outro discípulo.
E o mestre volta a perguntar:

- Então não é possível
falar-lhe em voz baixa?
Várias outras respostas
surgiram,
mas nenhuma
convenceu o pensador.
Então ele esclareceu:






- Vocês sabem porque se grita
com uma pessoa
quando se está aborrecida?
O fato é que,
quando duas pessoas
estão aborrecidas,
seus corações se afastam muito.
Para cobrir esta distância
precisam gritar
para poderem escutar-se mutuamente.
Quanto mais aborrecidas estiverem,
mais forte terão que gritar
para ouvir um ao outro,
através da grande distância.


Por outro lado,
o que sucede
quando duas pessoas
estão enamoradas?
Elas não gritam.
Falam suavemente.
E por quê?
Porque seus corações
estão muito perto.
A distância entre elas
é pequena.
Às vezes estão tão próximos
seus corações, que nem falam,
somente sussurram.





E quando o amor
é mais intenso,
não necessitam sequer
sussurrar,
apenas se olham,
e basta.
Seus corações se entendem.
É isso que acontece
quando duas pessoas
que se amam
estão próximas.
Por fim,
o pensador conclui,
dizendo:

"Quando vocês discutirem,
não deixem que
seus corações se afastem,
não digam palavras
que os distanciem mais,
pois chegará um dia
em que a distância
será tanta
que não mais encontrarão
o caminho de volta"







Que seus dias sejam repletos de amor e paz!

sábado, janeiro 20, 2007

Olha o dedo aí...

Pessoal o assunto é muito sério, o câncer de próstata mata muito macho... Uiii... O amigo Cabeção chegou comigo e disse: - Irmão, fiz o meu exame de próstata...
Perguntei com todo cuidado: - E aí, foi beleza?!
Ele com o olhar no chão, suspirou e balbuciou: - É horripilante! O cara enfia o dedo sem pena e depois fica acariciando as nossas entranhas... Ele não respeita a gente, né?!
Respondi: - Não sei!
O Cabeção rubro de vergonha, aumentou o tom da voz: - Como assim?!
- Fiz o do sangue - complementei. O Cabeção saiu resmungando: - Ninguém me avisou nada...
Deixando a brincadeira de lado, estou me preparando psicologicamente para esse momento, o exame de sangue é bom, mas... o toque é o mais certeiro.
Duda Bueres me confessou um dia desses: - Não há como resistir, é necessário... é só uma "dedada" e pronto, a gente fica desconfiado, mas o que fazer?! A doença é uma desgraça... Eu tiro de letra... Olho firme para o médico, se ele fizer alguma gracinha eu vou pra porrada...
Amigos olhem o vídeo abaixo e vamos relaxar, afinal de contas o bicho não é tão feio assim, né?! Vamos sufocar o nosso machismo.

sexta-feira, janeiro 19, 2007

Viva Elis!!!

Sempre fico pensando, por que Elis morreu? e o Cazuza, Renato Russo... ???
Tanta gente que fazia do Brasil um lugar mais bonito, mas eles se foram... Meu Deus, não permita que o Chico Buarque morra, por favor!!!
Hoje é dia de lembrar da grande Elis Regina - a maior cantora brasileira de todos os tempos.
Em 19/01/1982, ela morreu. Viva Elis!

Criança vê, criança faz...

Prometi não tocar mais no assunto, o Cabeção chegou comigo e disse que ele era assim e não tinha como mudar; ia continuar comprando o que bem entendesse, ele até citou o Xico Rocha, dizia o gajo enfurecido: Vou me juntar com o Xico pra gente detonar com o sistema, e não tô nem aí para o que tu e o Marcelinho vão falar, vou comprar CD e DVD pirata, dane-se o mundo eu não me chamo raimundo...
Vou quebrar a minha promessa, visitando alguns blogues encontrei um vídeo muito interessante. Cabeção atenção! um exemplo é mais forte que mil palavras. Choraste falando que o teu filho chegou contigo dizendo que a polícia ia te prender por teres comprado DVD pirata, lembras?! Veja o vídeo e reflita bastante sobre tuas palavras, ok?!

quarta-feira, janeiro 17, 2007

Gente Feliz!

Pensem em alguém feliz, essa pessoa com certeza tem nome: Fábio Gomes Pina.
Foi meu aluno na Federal, curso de direito, fazia tempo que a gente não se via, nos encontramos por acaso num café-expresso de uma padaria na Brás de Aguiar, e estampando no rosto a alegria de ter sido aprovado em concurso público, e já trabalhando quase dois anos como advogado da União. Fábio se realiza plenamente no seu mister, e hoje se sente recompensado pelo esforço despendido ao longo dos últimos anos...
O esforço pessoal sincero, há de ter sempre a recompensa devida.
Parabéns Fábio, daqui sigo torcendo por ti, com a certeza de que a cidadania se fortalece com a tua atuação profissional.

Jean Baptiste Mondino

Jean Baptiste Mondino é um fotógrafo que consegue captar o misterioso...


Utilidade Pública II

Amiga Anita Prosperidade enviou-me e faço a divulgação, atenção:

Meu Fado, meu fado, meu fado...


Notícias para além-mar, o Fado está nascendo, muito esforço, ai Jesus!!!
Como já disseram em alhures, o Fado é sentimento... Duda Bueres ao cantarolar a melodia ficou emocionado e os olhos rasos, mas não de água, era puro tinto seco do alentejo (Periquita de aroma agradável, frutado e macio)...
Está faltando o Rogério complementar e aí nós vamos por a letra, e procurar uma cantora portuguesa para ficar no jeito.
Ficamos apaixonados pelo Fado.
Abraços aos irmãos de além-mar.

terça-feira, janeiro 16, 2007

Refrescar...

Chegou ao Brasil a Coca-Cola Zero, refrigerante já vendido no exterior e que amplia sua linha de produtos no setor de baixas calorias. A bebida chegou ontem ao mercado do Rio Grande do Sul e será expandido para o restante do País em seguida. Coca-Cola sem açúcar, hum... Por que lançada primeira para os gaúchos, tchê! Será que eles fazem doce... ehehehe...
_______________



Empresa americana lança refrigerante sabor ervilha... Mas, o que é isso meu Deus?!
Americano faz cada coisa estranha, né? Olha só essa notícia, uma empresa de bebida de Seattle, nos Estados Unidos, depois de lançar um novo refrigerante sabor peixe, agora resolveu oferecer um sabor ainda mais estranho para as bebidas gasosas: ervilhas.
O nome da empresa Jones Soda Co. também tem em sua linha refrigerantes sabor peru, molho de carne, batata doce, entre outros. Cada garrafa custa em média US$ 10 nos EUA.
O que é engraçado, o próprio chefe-executivo da empresa, Peter van Stolk, não gosta do refresco, palavras dele:"Por que as pessoas compram é algo que não sei dizer. Eu não consigo beber uma garrafa desse negócio".
E aí quem se habilita a beber um litro de refrigerante sabor peru?! Ê Cabeção, tô fora!
Dirceu vai nessa?! Convida o remador olímpico Rogério, ele topa o sabor peixe. Peraí pessoal, acho que eu vou vomitar... argh!!!

segunda-feira, janeiro 15, 2007

Ver o que não devia...


"- E agora, senhoras e senhores, vamos apresentar a prova terrível da mulher que terá que ser decapitada todas as noites a esta hora, durante cento e cinqüenta anos, como castigo por ter visto o que não devia."(Gabriel García Márquez in Cem anos de solidão)

Ver o que não devia, às vezes me incomoda, poderia viver o resto do meu tempo na santa ignorância, reproduzindo o que Caetano ironiza em "Podres Poderes", é claro, sem sabê-lo, dizendo sorrindo: como são lindos os burgueses... Mas, tudo é muito mais, eu sei...
As palavras de Félix Guattari estão aí advertindo, sobre a necessidade de mudanças, pequenas, moleculares, mudemos nossas práticas cotidianas, nosso "machismo"(existem mulheres machistas, hein!), são mudanças urgentes, mudemos valores e posturas diante das diferenças que inundam a tessitura social...
Quando foi entrevistado em 30/12/1990 pela Revista Teoria e Debate da Fundação Perseu Abramo, Guattari ao ser interpelado sobre a idéia de liberdade e sua relação com o "fim do socialismo". Ele respondeu dizendo: "Pessoalmente, não vejo inconveniente algum em que se termine com uma falsa representação do socialismo burocrático, um socialismo de Gulags - e mesmo de um socialismo tutelado, como esse de Cuba. Não é algo que nos force a tomar uma posição depressiva; é algo que libera o campo do possível: vai ser preciso reinventar alguma coisa que se chame socialismo ou tenha qualquer outro nome, não importa. Para isso, é preciso que os objetivos de luta sejam muito menos dogmáticos. Deve haver uma orientação para uma concepção pluralista de mercado e Estado, o que acarretará o fim de um certo dualismo mecanicista entre a função pública e a privada. Acho que existe toda uma invenção institucional que implica a autonomização das entidades sociais e culturais, não através do mito da autogestão absoluta, mas de articulações com diferentes mercados. Por exemplo, os empreendimentos educacionais ou psiquiátricos deveriam escapar dessa espécie de dilema diabólico, entre a tutela burocrática do Estado, que é quase esterilizante (pelo menos na França), e a captura pela área privada. Há todo um terceiro setor instituído, de economia social, experimentação coletiva, que as novas formações políticas deveriam sustentar - o que significaria, da parte delas, renunciar à associação com tendências corporativistas que existem no movimento operário e entre os funcionários. Um outro problema é o da redefinição das relações entre o trabalho e a atividade social. A informatização e a robotização da produção tendem a eliminar muitos postos de trabalho tradicionais. Com isso, criam-se novas perspectivas, como a de se incorporar o trabalho doméstico ao regime salarial. O último ponto é que as organizações políticas, elas mesmas devem se redefinir, redefinir o tipo de articulação que têm com seu campo pragmático. É por essa via que talvez haja a recomposição de um "socialismo". Mas essa via requer um enriquecimento, uma maior complexidade em relação aos organismos militantes tradicionais, existentes sob o centralismo democrático."
__________
Banhado de saudosismo, lembrei de um militante de esquerda, meu amigo, que anunciava aos quatro cantos que a Revolução estava se aproximando, já era possível vê-la, ali na esquina... Eu olhava pra ele e ficava pensando com os meus botões, como ele era tão despreparado, não para a revolução social que se prometia, mas acima de tudo, para a sua revolução, pessoal, íntima... que não havia iniciada... O "revolucionário" era muito irresponsável, não conseguia se segurar em emprego nenhum, os pais, pessoas simples, esperançosos que o filho desse certo, e o que viam era apenas uma esperança, que a cada ano, como se fosse flor, despetalava aos poucos...
Esse militante, de uma inteligência brilhante, não sei se por aversão ao mundo capitalista-burguês, não conseguia sobreviver sem a ajuda de amigos e parentes nesse mundo-de-meu-Deus, não sabia se automanter, precisava da caridade de quem ele detestava...
Vira e mexe pedia dinheiro emprestado pra gente, mas nos momentos de cólera e ódio ao sistema, o fdp gritava que nós éramos pequenos-burgueses e que quando a revolução fosse vitoriosa, ele seria "comissário do povo" e os nossos nomes estariam na lista do paredón... Ficava pensando naquela época: - com companheiro desse nível, ninguém precisava de inimigo de classe; passada a raiva o "revolucionário" vinha e dizia pra gente: - aí companheiro paga uma cerveja pra mim, tô duro, né?! Como tem sangue lusitano correndo em nossas veias, o coração perdoa rapidamente, lá íamos sentar para sonhar com um mundo melhor... rsrsrs...
_______
Fazendo uma análise de minha vida, a partir de um esforço pessoal, percebo o quanto avancei na luta contra os meus preconceitos e valores negativos, caldo cultural de várias gerações, mas que não deve servir de desculpas para não enfrentá-lo e modificá-lo. Diria que as mudanças que ocorrem hoje, são resultados das revoluções de heróis anônimos, que não conseguem recitar as cantilenas de uma entourage de intelectuais soberbos; mas, ali no chão de sua casa, abrem o diálogo com os filhos e vão superando o autoritarismo, resquício da família patriarcal, é esse anônimo que abraça a esposa e se regozija com o espaço que ela vai conquistando em seu trabalho e na afirmação de uma identidade, diretamente relacionada com o respeito aos direitos das mulheres e por aí vemos surgindo um novo homem.
Testemunhei em minha curta existência, muitos militantes de esquerda espancando filhos e mulheres, em outras situações, como advogado, lutei para que o "deputado de esquerda" pagasse a pensão alimentícia de seu rebento, ah! meu Deus, que tristeza...

"Você me abre os seus braços e a gente faz um país..."

Bustela now...

Curiosidade. Há uns quinze anos atrás, fui visitar um amigo e apanhei um ônibus de linha, quando o coletivo chegou ali por São Brás, pertinho do terminal rodoviário, resolvi olhar para o alto de um prédio (embaixo funciona um shopping) onde morava um grande amigo - o Evandro, por coincidência lá estava o meu amigo na janela, debruçado sobre o parapeito da mesma e sem camisa, ele fazia um exercício meticuloso com os dedos da mão direita, com o indicador enfiado no nariz, ele limpava, ou melhor, tirava toda a bustela da cavidade nasal, e depois com a ajuda do polegar ele lançava a sujeira retirada para o passeio público, lá embaixo havia uma outra parada de ônibus que sempre estava lotada... Meu amigo lançava a bustela em câmara-lenta e com um prazer transbordante; os pobres mortais da parada recebendo na cabeça toda sujeira do nariz do meu amigo, sem saberem de nada... Não me contive, sofri um ataque de riso, as pessoas dentro do ônibus começaram a me olhar como se eu fora um demente... Como explicar o que havia assistido?! Abri a janela e soltava a gargalhada para fora do cata-corno...

domingo, janeiro 14, 2007

Quem é louco?


- Naquela direção - disse o Gato, apontando com a pata direita - mora um Chapeleiro. E naquela - acrescentou, levantando a outra pata - mora a Lebre de Março. Visite qualquer um dos dois: ambos são loucos.
- Mas, eu não quero me encontrar com gente louca - comentou Alice.
- Ah, você não tem como evitar isso - replicou o Gato. Todos aqui somos loucos.
(Aventuras de Alice no País das Maravilhas - Capítulo Seis)
__________

Neste final de semana fiquei muito pensativo, busquei refletir sobre algumas situações que pude observar nos últimos meses... A busca irracional de se dar bem, a dissimulação, a aproximação interesseira, como diria o amigo Dirceu: Os caras são todos um bando de fdp falsos...
Machado de Assis me socorre com o texto d'O Alienista, chego a pensar que as pessoas que agem dessa maneira não são "boa-da-cabeça", talvez nos hospícios ou casas de repouso estejam pessoas sóbrias e equilibradas.
Lembro do personagem de Machado de Assis - o Dr. Bacamarte, que após muitas leituras e meditações científicas, chegava a conclusão que a loucura que antes ele considerava uma ilha perdida no oceano da razão, era na verdade um continente...
Deixo aqui a reflexão de Machado de Assis: Onde estão os sãos e os loucos?! Procure no íntimo da alma e terás a resposta.

O gato de Alice, aquele que fica invisível e estampa um sorriso sacana, é taxativo: todos aqui somos loucos.
Complemento meu: uns são mais loucos que outros...

Banco do Cabeção

O Ivan viajou de novo para o Amapá, enviou-me um e-mail dizendo que não sabia que o Bruno tinha um banco, e ainda anexou a prova - uma foto da propaganda do banco do Bruno.
Aí amigo Bruno, seria possível descolar uma graninha pra gente, hein?!

sábado, janeiro 13, 2007

O Velório...

Acabo de conversar com o pedreiro que está fazendo um reparo aqui no escritório, e ele me fala, com muita tristeza, que a filha dele de 17 anos está grávida, o rapaz dá um duro danado para manter a filha estudando e veio a gravidez indesejada... Temos que ressaltar a importância do preservativo(camisinha) como método anticoncepcional e como meio de combater a expansão das doenças venéreas e outras doenças, que são contagiosas pelo sangue ou sêmen.
Abaixo um vídeo em espanhol sobre o uso do preservativo, engraçado é verdade, quiçá no futuro, todos tenham a atitude firme de não abrir mão do preservativo...

EL VELATORIO DEL RUSO _ spanish

Das coisas que passam sem passar...

Participei do movimento estudantil, fiz parte da diretoria de Centro Acadêmico num momento de retorno dos civis ao poder, tudo por reconstruir, a cidadania reclamava direitos negados, os movimentos sociais ressurgiam com muito vigor, é... não havia volta...
O passo sempre pra frente, o medo existia, mas a vontade de tomar o mundo nas mãos era maior, Gabriel García Márquez dizia em "Cem anos de Solidão": - O mundo era tão recente que muitas coisas careciam de nome e para mencioná-las se precisava apontar com o dedo". E tudo era tão recente, existia uma ânsia enorme em todos nós; e a idéia de construir um mundo novo, começava pela tarefa de organizar os estudantes, falar por aqueles que não tinham voz e nem vez... A repressão ainda persistia, construir por sobre os destroços do velho regime... Um grande desafio.
Só recordei as linhas acima, porque é início de ano, e tenho uma tarefa revolucionária: rasgar papéis e jogá-los fora... rsrsrs...
Tirando de uma caixa vários documentos e papéis, encontro um manifesto chamando os estudantes para um ato ou sei lá o quê, a imagem que ilustra o manifesto quase totalmente desbotada, mas é possível ver uma mulher com um olhar altivo e uma criança morta nos braços, um policial acertando um golpe de porrete na cabeça de um operário... a imagem falava por si mesma, e logo abaixo da imagem a seguinte frase:
"Dizem violentas as águas de um rio que tudo arrastam. Mas não dizem violentas as margens do rio que as oprimem..." (Bertold Brecht).

Para fortalecer a solidariedade com os movimentos sociais, colocamos ao final do manifesto, um pequeno texto do espanhol Manuel Castells, muito significativo para o contexto no qual estávamos inseridos, exponho essas lembranças com o peito estourando de saudades, não fui de frente e nem tampouco tinha a verve exultante para arrastar multidões com discursos como Lênin ou Camille Desmoulins, apenas dei minha contribuição, combati o bom combate, entreguei alguns bons anos de minha vida, suor e sonhos...
Vamos ler o texto de Castells:
"De repente, o rumor surdo e regular da circulação urbana foi quebrado por uma confusão de passos, vozes, gritos, barulhos de metal e vidro. O fluxo dos automóveis parou, grupos se formam, a massa em movimento cresce, pedaços de pano e de papel, de madeira falam deles e de sua cidade. Em frente os eternos capacetes, a ordem, o passo cadenciado, e logo a carga de violência, a recusa. Algumas vezes o gás, outras o sangue ou ainda o disparar de uma arma de fogo.
Sempre, sob estas diversas formas, o choque. Entre os que falam de si mesmos e aqueles que falam dos que dão ordens. Entre os que querem mudar a vida e aqueles que querem restabelecer este rumor surdo da circulação regular ao ritmo cotidiano das coisas que passam sem passar..."

quinta-feira, janeiro 11, 2007

Utilidade Pública

Recebi um e-mail no primeiro semestre do ano passado do amigo Francisco Lauzid, o melhor promotor de justiça do Estado do Pará, e havia esquecido de divulgá-lo; simplesmente, alguém se deu o trabalho de listar 30 sites úteis, pode ser de grande utilidade mesmo, principalmente, para os blogueiros brasileiros. A quem interessar possa, aí está a lista:

01. Serviço dos cartórios de todo o Brasil, que permite solicitar documentos via internet: www.cartorio24horas.com.br/index.php
02. Site de procura e reserva de hotéis em todo o Brasil, por cidade, por faixa de preços, reservas etc.: www.hotelinsite.com.br
03. Site que permite encontrar o transporte terrestre entre duas cidades, a transportadora, preços e horários: https://appweb.antt.gov.br/transp/secao_duas_localidades.asp
04. Encontre a Legislação Federal e Estadual por assunto ou pornúmero, além de súmulas dos STF, STJ e TST: www.soleis.adv.br
05. Tenha a telinha do aeroporto de sua cidade em sua casa, chegadas e partidas: http://www.infraero.gov.br/sivnet/index.php?lang==bra
06. Encontre a melhor operadora para utilizar em suas chamadas telefônicas: http://sistemas.anatel.gov.br/sipt/Atualizacao/Importante.asp
07. Encontre a melhor rota entre dois locais em uma mesma cidade ou entre duas cidades, sua distância, além de localizar a rua de sua cidade: www.mapafacil.com.br
08. Encontre o mapa da rua das cidades, além de localizar cidades: http://mapas.terra.com.br/Callejero/home.asp
09. Confira as condições das estradas do Brasil, além da distância entre as cidades: www.dnit.gov.br
10. Caso tenha seu veículo furtado, antes mesmo de registrar ocorrência na polícia, informe neste site o furto. O comunicado às viaturas da DPRF é imediato: http://www.dprf.gov.br/?link==alerta
11. Tenha o catálogo telefônico do Brasil inteiro em sua casa. Procure o telefone daquele amigo que estudou contigo no colégio: www.102web.com.br
12. Confira os melhores cruzeiros, datas, duração, preços, roteiros, etc.: www.bestpricecruises.com/default.asp
13. Vacina anti-câncer (pele e rins), desenvolvida por cientistas médicos brasileiros, fabricada em laboratório utilizando um pequeno pedaço do tumor do próprio paciente. Em 30 dias está pronta, e é remetida para o médico oncologista do paciente. Hospital SirioLibanês - Grupo Genoma - Fone do Laboratório: 0800-7737327 (falar comDra Ana Carolina ou Dra Karyn, para maiores detalhes). OBS: ESTA VACINA DEVE SER SOLICITADA PELO MÉDICO ONCOLOGISTA: www.vacinacontraocancer.com.br/hybricell/home.html
14. Indexador de imagens do Google - captura tudo que é foto e filme de dentro de seu computador e os agrupa, como você desejar: www.picasa.com
15. Semelhante ao Internet Explorer, porém muito mais rápido e eficiente, e lhe permite adicionar os botões que desejar, ou seja,manipulado como você o desejar: www.mozilla.org.br/firefox
16. Site de procura, semelhante ao GOOGLE: www.gurunet.com
17. Site que lhe dá as horas em qualquer lugar do mundo: www.timeticker.com/main.htm
18. Site que lhe permite fazer pesquisas dentro de livros: www.a9.com
19. Site que lhe diz tudo do Brasil desde o descobrimento por Cabral: www.historiadobrasil.com.br
20. Site que o ajuda a conjugar verbos em 102 idiomas: www.verbix.com
21. Site de conversão de Unidades: www.webcalc.com.br/conversoes/area.html
22. Site para envio de e-mails pesados, acima de 50Mb: www.dropload.com
23. Site para envio de E-mails pesados, sem limite de capacidade: www.sendthisfile.com
24. Site que calcula qualquer correção desde 1940 até hoje, informando todos os índices disponíveis no mercado financeiro. Grátis para Pessoa Física: www.debit.com.br
25. Site que lhe permite falar e ver pela internet com outros computadores, ou LHE PERMITE FALAR DE SEU COMPUTADOR COM TELEFONES FIXOS E CELULARES EM QUALQUER LUGAR DO MUNDO GRÁTIS - De computador para computador, voz + imagem. De computador para telefone fixo ou celular: www.skype.com
26. Site que lhe permite ler jornais e revistas de todo o mundo: www.indkx.com/index.htm
27. Site de procura de pessoas e empresas nos EUA. Só para achar a pessoa ou a empresa com endereço e telefone - GRÁTIS. Se quiser levantamento completo de tudo o que a pessoa tem como patrimônio, tudo que teve de problema judicial e financeiro, e outras coisas mais, aí pode custar até US$ 80,00 com valores intermediários: www.ussearch.com/consumer/index.jsp
28. Site de câmaras virtuais, funcionando 24 hs por dia ao redor do mundo: www.earthcam.com
29. Site de periódicos do Ministério da Educação(CAPES). Download grátis. http://periodicos.capes.gov.br/
30. Download grátis de Livros, em vários idiomas. www.virtualbooks.com.br

O Iraque, e o Iraque?!

A origem do mundo por um anarquista...

Tantos afazeres, colocar em dia as leituras para o mestrado, terminar o texto sobre as virtudes(política cultural) que desejamos para o governo do PT aqui no Pará, num daqueles momentos em que o mundo pára, rapidamente abro "O Livro dos Abraços" de Eduardo Galeano e encontro essa historinha que prendeu a minha atenção e quero compartilhar com todos, vamos lá:

"A guerra civil da Espanha tinha terminado fazia poucos anos, e a cruz e a espada reinavam sobre as ruínas da República. Um dos vencidos, um operário anarquista, recém-saído da cadeia, procurava trabalho. Virava céu e terra, em vão. Não havia trabalho para um comuna. Todo mundo fechava a cara, sacudia os ombros ou virava as costas. Não se entendia com ninguém, ninguém o escutava. O vinho era o único amigo que sobrava. Pelas noites, na frente dos pratos vazios, suportava sem dizer nada as queixas de sua esposa beata, mulher de missa diária, enquanto o filho, um menino pequeno, recitava o catecismo para ele ouvir.
Muito tempo depois, Josep Verdura, o filho daquele operário maldito, me contou. Contou em Barcelona, quando cheguei ao exílio. Contou: ele era um menino desesperado que queria salvar o pai da condenação eterna e aquele ateu, aquele teimoso, não entendia.
- Mas papai – disse Josep, chorando -, se Deus não existe, quem fez o mundo?
- Bobo – disse o operário, cabisbaixo, quase que segredando. – Bobo. Quem fez o mundo fomos nós, os pedreiros."

A nomeação do Wanderlei Ladislau

Leio no Diário Oficial do Estado a nomeação, pela Governadora do Estado - Ana Júlia Carepa, do advogado Wanderlei Martins Ladislau para a chefia da Procuradoria do IASEP, conheço Wanderlei de longas datas, é petista histórico com militância na igreja católica progressista, no movimento estudantil da UFPA foi dirigente do combativo Centro Acadêmico de Direito Édson Luís, advogado militante dos direitos humanos pela Sociedade de Defesa dos Direitos Humanos - SDDH, tendo atuado no caso Eldorado de Carajás (para não esquecer, trata-se do massacre de vários trabalhadores rurais pela Polícia Militar do Estado), chefiou a Procuradoria do Instituto de Previdência do Município de Belém durante o Governo do socialista Edmilson Rodrigues. Considero Wanderlei uma das maiores autoridades em direito previdenciário em nossa cidade, especialmente no que se refere a organização dos regimes próprios de previdência de servidores públicos, especialista em direito municipal pela UFPA e Procurador do Município de Belém concursado.
À guisa de introdução, fiz todo esse rascunho para elogiar a nomeação do advogado Wanderlei para a chefia da Procuradoria Jurídica do IASEP, mas, pelo conhecimento técnico e o compromisso político do mesmo, entendo que o Wanderlei deveria ser nomeado era Presidente do Instituto de Gestão Previdenciária do estado do Pará - o IGPREV.
Merece aplausos a governadora, mas se o poster fosse governador, nomearia a pessoa certa para o lugar certo... rsrsrs...
Parabéns companheiro Wanderlei pela nomeação, fico despreocupado com a previdência do Estado, é claro que estou falando do aspecto operacional.

A cantora Marina Lima

Meus amigos a cantora Marina Lima embalou a minha juventude com vários hits, ela e seu irmão Antonio Cicero são autores de um dos mais belos versos da poesia brasileira contemporânea, que é : "Você me abre seus braços e a gente faz um país", na música Fullgás. São versos que iluminaram a vida de muitos casais apaixonados, principalmente nos anos 80, ah! os anos 80, eu era bem novinho, mas lembro... Huumm... e como lembro. Os primeiros antepassados conhecidos de Marina, são daí das bandas do Tozé, Moura, Carlos Pontes e Mixikó - o nosso querido portugal, a linhagem da cantora emerge da cidade portuguesa de Ponte de Lima, com Leonel de Lima (1403-1495), primeiro visconde de Vila Nova de Cerveira.
Marina Lima sempre provocou muitas emoções na gente e continua... A foto abaixo o que chama atenção é a tatuagem, é na virilha? Acho que é... Huumm... Bela essa tatuagem, não acham? E a faixa na cabeça ao estilo Karatê Kid, bonita né?!

Desenhos com areia

Fiquei maravilhado com as possibilidades de criar...
A trilha sonora e os traços feitos com tanta facilidade é fascinante... Vamos conferir, com atenção.

Vieirinha Copyright de volta...

Ao meu amigo "Vieirinha Copyright", estou frente-a-frente contigo, e retomo aquela conversa, lembra?
Tu que tantas vezes sofreste recaídas homéricas no que concerne ao desprezível hábito do consumismo, daí, comprar, comprar... Comprar, desavergonhadamente, CDs e DVDs piratas, sem nenhum remorso... Amigo Vieirinha, é hora de reflexão profunda, és pai, o que estás a ensinar aos teus filhos?! Cuidado! Não tem volta...



David Copperfield

Considero David Copperfield o maior ilusionista do mundo no momento, é impressionante a plástica de suas apresentações, impecáveis... É conferir o vídeo abaixo e bater palmas.

Pessoas que passam...

quarta-feira, janeiro 10, 2007

Chávez: socialismo ou morte, juro!

Hugo Chávez acaba de tomar posse da presidência da Venezuela. Em seu discurso de posse afirmou que "apenas começou a era de construção do socialismo", e sustentou que não existe caminho de volta, ironizou o alvoroço causado pelo anúncio da nacionalização da eletricidade, da energia e outros setores estratégicos como a telefonia.
Segundo Chávez, o que está ocorrendo é um alarmismo inconseqüente, principalmente por parte da oposição “golpista” que foi derrotada nas últimas eleições. Com um discurso forte, falou das nacionalizações, mas não detalhou como serão feitas.
Exultante comentou que o povo venezuelano estava recuperando a maior reserva petrolífera do planeta e lembrou que a Venezuela está promovendo junto a petrolíferas estatais de oito países uma certidão internacional das reservas do país, calculadas de forma preliminar em pelo menos 316.000 milhões de barris de petróleo, que seriam as maiores do planeta acima das 262.000 da Arábia Saudita.
Chávez durante o seu discurso, expôs a necessidade de modificar dois artigos da Constituição relativos ao setor petroleiro. Com a Constituição da República Bolivariana da Venezuela na mão, Chávez citou o artigo 302, segundo o qual "o Estado reserva para si a atividade petrolífera", e disse: "mas não a de gás".
Ele ressalta a urgência de mudar este artigo, e sugere que seja incluída, acrescentando-se o seguinte texto "a atividade dos hidrocarbonetos, líquidos, sólidos e gasosos".
Em seu discurso, Chávez afirmou também que "pode cair a Bolsa de Caracas, o que não vai cair é a economia" venezuelana. Para Hugo Chávez não existe outra solução, a Venezuela vai tornar-se um Estado socialista mediante reformas radicais, “que ninguém poderá impedir”.
É impressionante a determinação de Chávez, leiam uma parte do discurso: “Juro pela minha pátria que não darei descanso ao meu braço, nem repouso à minha alma, que entregarei os meus dias e noites e a minha vida inteira à construção do socialismo venezuelano, na construção de um novo sistema político, um novo sistema social, um novo sistema econômico”, depois levantou o braço esquerdo e com a mão cerrada disse: “Pátria, socialismo ou morte, juro”.
Sei que no velho mundo e na América do Norte existe uma resistência ao estilo Chávez, realmente ele lembra a um caudilho, mas, as “realidades” da América Latina são perversas, as elites abaixo da linha do equador são acostumadas ao melhor vinho, champanhe, dominam várias línguas, sabem distinguir a música de Bethoven da música de Bach... Lindo, belo mesmo, eles são tão gentis e geniais... Mas...
Mas, aqui embaixo as coisas são tão diferentes, há indiferença, prepotência, desprezo... Um salve-se quem puder... A violência aumenta, a exclusão social é crescente, todos somos prisioneiros em nossa própria casa, a distribuição de renda é precária, quem faz a distribuição de renda na “marra” é a classe média, imposto de renda na fonte, e quando estacionamos o nosso carro, não demora chegam homens, crianças, mulheres pedindo para reparar o carro, é claro que a contrapartida é em moeda corrente...
Evo Morales, Daniel Ortega, Rafael Correa, Tabaré Vázquez, Lula, Hugo Chávez surgem para responder a uma demanda reprimida de séculos de tudo que expus acima, não concordo com Chávez, mas, compreendo o papel que desempenha nesse momento histórico de reacomodação das forças políticas em nosso continente.
Os excluídos se organizam e percebem a força que possuem quando estão organizados, como diria o historiador inglês Eric Hobsbawn, ainda vivemos a era dos extremos...
Temo pelo socialismo autoritário, tanto o praticado pelas vanguardas messiânicas, como pelas massas enlouquecidas, aí todos querem assumir o posto de “apontador”, ou melhor dizendo, todos querem ser o cara que faz a lista das pessoas que vão p’ro paredón... enquanto tiver anotando os nomes, o “anotador” não estará no paredão... bad, bad, bad...

Sem grito...

Ontem o Cabeção me convidou para bater um papinho na boca-da-noite, juntamente com a amiga Mari, o Professor Alberto e Adriana. A Mari é cheia de preocupações higiênicas, principalmente quando está em barzinho ou coisa parecida, ela insiste em perguntar, quando algum amigo vai ao banheiro: - Lavaste as mãos?! É coisa de doido, mas o que fazer? É a mania da Mari. Falei de minha amiga, como um intróito para a historinha que se segue, as mulheres sabem usar de sutilezas, quando querem conseguem tudo... Leia e pense no que acabei de falar.
________

Uma mulher muito charmosa e atraente está num bar.
Gesticula graciosamente para o barman, que imediatamente chega mais perto.
Quando ele chega, ela, muito sedutora, faz sinal para que ele se aproxime.
Ela começa a acariciar-lhe o cabelo e a barba.
Passando e repassando os dedos carinhosamente, pergunta-lhe:
Você é o proprietário?
E passa vagarosamente a mão pelo rosto dele.
Não! Responde ele.
Você podia chamá-lo? Diz a mulher afagando o cabelo do barman.
Acho que não poderei ajudá-la, pois ele não está aqui hoje, diz o barman, já profundamente excitado com a situação.
Mas, posso fazer algo por você? completa ele.
Claro que pode!
Preciso que lhe dê um recado. (Massageando a barba e enfiando dois dedos na boca do barman, deixando que ele os lamba e depois os chupe levemente, ela continua):
- Diga a ele que não tem papel higiênico e nem sabonete para lavar as mãos, no banheiro das mulheres!
(augh!)

Viu como se resolve um problema sem gritar?...

Imagens

As imagens são belas, mas existem imagens que enganam, hein!!!



terça-feira, janeiro 09, 2007

Marxismo-leninismo...

Ao meu amigo professor de História da UFPA - Fernando "Lobinho", lembra quando levantávamos os braços e em catarse saia o coro: "O marxismo-leninismo" é a direção...
Taí a imagem abaixo, Lênin acertando a direção da cesta de basquetebol... rsrsrs...


Após demissão, homem descobre que não havia ganho na loteria

Após ler essa história na Internet, fiquei pensando quantas vezes ela se repetiu, por aqui mesmo, no Brasil. Olha o caso, um vendedor de carros inglês pediu demissão ao seu patrão após afirmar que tinha ganho uns US$ 2 milhões na loteria. O “felizardo” estava de fato exultante, afinal de conta era milionário, depois que passou a exaltação do “novo rico”, ele constatou que havia confudido os números sorteados da raspadinha. Steve Moseley de 36 anos, enquanto pensava que era milionário, mandou ver... é isso mesmo! O “milionário” saracoteou sobre a sua mesa na empresa que trabalhava, meteu a mão no bolso e jogou dinheiro aos colegas e pediu para que um deles comprasse um champanhe.
Steve mora em Fornums, em Hampshire, após tomar conhecimento que havia ficado “rico”, pediu demissão e ligou para a namorada, Theresa Parsons, 27 anos. Como felicidade de pobre dura pouco. Steve ligou para a Loteria Nacional para reivindicar seu prêmio e foi informado que aqueles não eram os números sorteados.
"Eu achava que tinha ficado milionário e, logo depois, tive que implorar para ter meu emprego de volta. Eu disse ao meu chefe que eu amava meu trabalho e pedi que ele considerasse me recontratar, pois eu tinha acabado de agir como um idiota", disse Moseley.
O vendedor de carros consegiu seu emprego de volta, mas dias depois pediu demissão novamente, por não agüentar as piadas dos colegas. Agora o “milionário” está trabalhando em outra empresa, segundo o The Sun.

Fonte: INVERTIA

segunda-feira, janeiro 08, 2007

Antes de amar-te...

Falando sobre o início do ano, encontrei a imagem da mulher de joelhos no chão, erguendo os braços em direção da luz, e tinha a enaltecer uma poesia de Pablo Neruda. Como o momento é de esperança compartilho mais uma poesia de Neruda, torcendo que os amigos e amigas da blogosfera tenham encontrado um grande amor no ano que encerrou, caso não tenham encontrado, mãos à obra... ehehehe...

Antes de Amar-te... (Pablo Neruda)

Antes de amar-te, amor,
nada era meu
Vacilei pelas ruas
e as coisas:
Nada contava nem tinha nome.
O mundo era do ar que esperava.
E conheci salões cinzentos,
Túneis habitados pela lua,
Hangares cruéis que se despediam,
Perguntas que insistiam na areia.
Tudo estava vazio, morto e mudo,
Caído, abandonado e decaído,
Tudo era inalienavelmente alheio,
Tudo era dos outros e de ninguém,
Até que tua beleza e tua pobreza
De dádivas encheram o outono.

Lembranças do Natal...

Confraternizamos eu, Rogério, Dirceu e Marcelo Costa na semana de natal no Restaurante La Traviata, no momento que discava no meu celular e o Dirceu espantava a modorra, o Rogério registrou a nossa imagem e depois visitamos o Boteco do Computer Store, estava rolando um "Chorinho" gostoso... É o natal...