terça-feira, fevereiro 20, 2007

Tenho apenas duas mãos e o sentimento do mundo

Estamos em pleno carnaval, muitos brincando, diversão à beça... e outros aqui, olhando a chuva caindo friamente...
Não sei como, mas o início de um poema de Carlos Drummond me veio à cabeça sem mais e nem menos - "Sentimento do mundo":


Tenho apenas duas mãos
e o sentimento do mundo,
mas estou cheio de escravos,
minhas lembranças escorrem
e o corpo transige
na confluência do amor...


E realmente, tenho apenas duas mãos, um computador em minha frente e o sentimento do mundo... E Drummond sentado ao meu lado insistindo que continue com as minhas reminiscências carnavalescas, por alguns momentos reluto e discuto com o grande poeta itabirano, dizendo no silêncio das bocas: - Não dá poeta, tô seco, a minha memória é etílica... E timidamente, Drummond sugere: - Vai um Santa Helena aí?... Abro um sorriso brejeiro, os olhinhos do poeta se acendem e retribuo dizendo: - Vamos lá, né?!
Um carnaval com muita chuva e frio, em outros tempos tínhamos chuva, mas o sol se levantava rapidamente, era quente... rsrsrs...
Locobueres liga do telemóvel dele gritando: - Égua! o carnaval aqui de Vigia de Nazaré está excelente, o beijo na boca tá fácil pra caramba, as meninas estão querendo diversão... Deixei que ele falasse à vontade e depois alertei: - Irmão cuidado! Estás sem óculos e tem muitos travestis aí se passando por meninas, acho até que deste muitos beijos na boca de homem, cumpadi...
O celular ficou em silêncio do outro lado por alguns segundos, só depois o Loco resolveu falar: - Tu tens razão. Agora tô firmando bem o olhar nessas figuras, e não é que tem uns fdp abraçando outros machos... Aquele ali me beijou, filho da p... Acho que vou pra porrada e é agora...
Ainda tentei falar mais alguma coisa, pedindo calma e que a brincadeira não descambasse para a violência, mas o Loco desligou o aparelho telefônico, a minha preocupação tem fundamento, o Loco tem sangue árabe e aí já viu, né?! Vamos esperar as notícias do front.

No domingo dei uma esticada até o Café Portela com o amigo Dirceu, o clima carnavalesco contagiante com o nosso amigo Dias fantasiado de Arafat. Reavivou-me, ali no Portela, muitas discussões políticas, num tempo de maior participação, o Rui Baiano com a sua verve cáustica para a política, não tinha papas na língua e dava nome-aos-bois, e dizia mesmo que tal companheiro era reticente com relação a construção do socialismo, hoje lembro com um certo saudosismo, o velho Rui Baiano dizia com aquele sotaque carregado da terra de Nosso Senhor do Bonfim: - Esses cabras fazem parte dos "inocentes do Leblon"... Estão vendo o barco passar e só querem acender o cigarrinho de maconha e depois falar de revolução tomando chopp em Copacabana...

Rui fazia referência aos "Inocentes do Leblon", Drummond imortalizou esses "inocentes", vejam o que ele escreveu:

Os inocentes do Leblon

Os inocentes do Leblon
não viram o navio entrar.

Trouxe bailarinas?
trouxe imigrantes?
trouxe um grama de rádio?

Os inocentes, definitivamente inocentes, tudo ignoram,
mas a areia é quente, e há um óleo suave
que eles passam nas costas, e esquecem.

Escrever com Drummond aqui do lado é difícil, aproveitando que é carnaval, tudo é permitido até quarta-feira, invertendo os papéis, nas Escolas de Samba o pobre pode se transformar em Rei, ainda que seja por um dia, aproveito a deixa para publicar um poema de Drummond, que trata de forma despojada e carinhosa uma parte do corpo humano, acho que in casu parte do corpo da mulher, tirem suas conclusões:

A bunda, que engraçada

A bunda, que engraçada.
Está sempre sorrindo, nunca é trágica.

Não lhe importa o que vai
pela frente do corpo. A bunda basta-se.
Existe algo mais? Talvez os seios.
Ora - murmura a bunda - esses garotos
ainda lhes falta muito que estudar.


A bunda são duas luas gêmeas
em rotundo meneio. Anda por si
na cadência mimosa, no milagre
de ser duas em uma, plenamente.

A bunda se diverte
por conta própria. E ama.
Na cama agita-se. Montanhas
avolumam-se, descem. Ondas batendo
numa praia infinita.

Lá vai sorrindo a bunda. Vai feliz
na carícia de ser e balançar
Esferas harmoniosas sobre o caos.

A bunda é a bunda
redunda.

Que o carnaval seja repleto de momentos inesquecíveis, e que todos sobrevivam aos apelos de Dionísio... ehehehe... Cuidado! Lembrem do Locobueres...

18 comentários:

Soph disse...

Daqui... uma "miadela" de Gata!!!
ehehehe

Bom Carnaval e muita diversão!!!

;)

Beijinhooooooo Miauuuuuuuuuuu

Loredana disse...

I came back.

Andreia do Flautim disse...

Olá!

Espero que tenhas tido um bom dia de carnaval!=)

citadinokane disse...

Soph,
Obrigado pelo miau, pelo menos deixo alegre o gato que fica vigiando os comentários... ehehehe...
Bom final de carnaval para ti.
Beijos,
Pedro

citadinokane disse...

Loredana,
Volte sempre.
Estou esperando o novo visual do teu blog, vou lá confirmar.
Beijos,
Pedro

citadinokane disse...

Andreia,
Com certeza, o meu carnaval foi entre livros e filmes... uma delícia.
Beijos,
Pedro

Nan disse...

Quando venho aqui estás sempre de template novo. O que deve querer dizer que és um insatisfeito como eu...

:)

____________________________

"Tenho apenas duas mãos e o sentimento do mundo"

Palavras que me deslumbraram. Ler Carlos Drummond deslumbra-me sempre...

_________________________

Detesto o Carnaval. Sempre detestei. Mas isso não importa agora. Que o teu tenha sido bom.


Beijos deste lado de cá.

direito & esquerdo disse...

Entre livros e filmes !!!
Também, sem carro o meu amigão.
Um amplexo
Do seu amigo Cabeção

citadinokane disse...

Nan,
O template acho que ficou melhor, a amiga que fez o layout, colocou o gatinho por conta e risco... acabei deixando... ahahaha...
_____
As palavras de Drummond são de uma profundidade espetacular.

Hoje minhas opções são outras, há quem goste de pular e se perder de verdade nesses dias de carnaval... rsrsrs...

Gosto muito das tuas visitas.
Abraços,
Pedro

citadinokane disse...

Oi Bruno,
Espero que o carnaval do Maranhão tenha sido muito bom para ti.
Abraços,
Pedro

Lulu on the sky disse...

Desejo que vc tenha uma ótima semana.
Big Beijos

citadinokane disse...

Lulu,
Espero que a semana seja maravilhosa para ti também.
Beijos,
Pedro

marisanblog disse...

Pedro, Pedrinho,

Ufa...! Consegui ler até o final amigo, rsrsrs

Você é ótimo.

Abraços

Mari

Ah! O Drummond também...

Meus versos a ti disse...

Divertido este blog. Muito legal! Parabéns.

Lelis

citadinokane disse...

Mari,
Drummond demais.
Beijos,
Pedro

citadinokane disse...

Lelis,
Obrigado por visitar o nosso espaço virtual, pode voltar quantas vezes quiser, tá?!
Um forte abraço,
Pedro

Bárbara Quaresma disse...

Carnaval... Nunca achei muita piada... Talvez por ser tão carnavalesca durante o ano inteiro...

citadinokane disse...

Bárbara,
Obrigado por visitar o nosso espaço, e volte outras vezes.
Não sei sou carnavalesco o ano inteiro, mas ser alegre torna a vida mais leve... ahahaha...
Abraços,
Pedro