quinta-feira, maio 17, 2007

Contra o racismo-nosso-de-cada-dia...

A vida em Plutão é uma correria, houve uma greve de aerobus por aqui nos últimos dias, que acabou proporcionando momentos prenhes de tranqüilidade... Consegui captar daqui, apesar da distância, um vídeo exibido no blog do nosso novo amigo o Oscar Luiz(clica aí, vale a pena visitá-lo), trata do racismo, por mais que para algumas pessoas o assunto pareça chato, não posso deixar de exibi-lo e perguntar para a blogosfera: - Como anda o nosso racismo?!
Ah! Temos aqueles que dizem que não existe racismo no Brasil... Aqui em Plutão existe, e é meio banalizado... O negão é gente boa pra cacete... Como é o nome do negão, mesmo? Mas não me apego a essa expressão do racismo, para não passar como um "espírito de porco", busco tocar no racismo que habita em nosso ser, entranhado e resistente... Perguntar não ofende: - Como anda o teu racismo?!
É hora de varrermos todos os preconceitos, dos estádios de futebol, shopping, ambiente de trabalho, faculdades... É hora de vivermos intensamente a maravilhosa oportunidade de estarmos juntos buscando a felicidade...

12 comentários:

Eduquês disse...

Há novidades no meu canto.

Osc@r Luiz disse...

Cara! Que louco!
Ver uma onda do bem, que eu ajudei a propagar ressoar em PLUTÃO!!!!
Isso é mágico!
Obrigado pela sua gentileza e parabéns por guardar um espaço no seu blog pra trazer à reflexão, coisas como essas que já deveriam ter sido há muito tempo banidas da humanidade (ou melhor, da universalidade, pra incluir Plutão).
Um grande abraço, meu amigo Pedro!
Saudações terráqueas!

Lidiane disse...

Baiana que sou, me enfezo quando eu ouço dito por alguém: fulano é de cor.
Eu sempre pergunto: que cor?
Nasci em uma terra onde a maior parte da população é negra.
Negra e feliz.
Hoje mesmo falava disso pra um amigo: eu me achava uma albina no meio daquela belezura toda.
Sinceramente, hoje tenho certeza: racismo é sinônimo de burrice.

Lidiane disse...

E antes que você pense: você usou o albino como coisa "ruim".
Foi.
Erro meu.
Viu? Enfiam isso na cabeça da gente e fica lá, no inconsciente.
Bonito é ter coração.
O resto, é perfumaria.

Felícia Feliz disse...

Odeio racismo e qualquer outro tipo de preconceito!

Amigo, bom fim de semana!

Grande beijo!

Lisânia disse...

Ei nelito...
¨Tanto tempo longe de vc...¨mas enfim, voltei!
Infelizmente estamos rodeados de pessoas racistas e preconceituosas, eu as considero ignorantes, pois o sangue de todos é vermelho e a pele é questão de pigmentação.
DESPRESO QUALQUER TIPO DE RACISMO.
um abraço

citadinokane disse...

Eduquês,
Já fui lá no teu canto.
Abraços,
Pedro

citadinokane disse...

Oscar,
Infelizmente em Plutão não é diferente. Temos muito que avançar no que concerne aos preconceitos... Acredito e tenho muita fé que iremos superar tudo.
A tua contribuição é importantíssima para espraiar pelo universo, o amor e a tolerância.
Obrigado por visitar o nosso barraco.
Abraços,
Pedro

citadinokane disse...

Lidiane,
Racismo é burrice pura.
Inaceitável, sou intolerante com o racismo.
Beijos

citadinokane disse...

Lidiane,
Tens razão. Como enfiam coisas em nossas cabeças.
Independente da cor, o bom é ser feliz.
Valeu querida mestre.
Beijos

citadinokane disse...

Felícia,
Quero ser Felícia, isto é, Feliz... ehehehe...
Beijos e um bom início de semana, viu!
Pedro

citadinokane disse...

Lisãnia,
Abaixo o racismo e todo preconceito.
Beijos,
Pedro