segunda-feira, julho 16, 2007

Fora da nova ordem mundial

"Vapor barato, um mero serviçal do narcotráfico
Foi encontrado na ruína de uma escola em construção
Aqui tudo parece que é ainda construção e já é ruína
Tudo é menino e menina no olho da rua
O asfalto, a ponte o viaduto ganindo pra lua
Nada continua
E o cano da pistola que as crianças mordem
Reflete todas as cores da paisagem da cidade que é muito
Mais bonita e
Muito mais intensa do que no cartão postal
Alguma coisa está fora da ordem
Fora da nova ordem mundial..." (Fora de Ordem - Caetano Veloso)
Pensar, pensar...

10 comentários:

Paola Vannucci disse...

Nelito que bom ver vc no meu blog

adorei sua visitaaaaaaaaaaaaaa

Olha essa musica é muito legal, alias esse disco do Caetano me diz muito

rande Nelito

adoro quando aparece

AH! Ontem assisti ao jogo comendo pipocas

Seper beijos

Paola

Mixikó disse...

Essas letras que nos fazem sempre pensar...if...if...

Lorita disse...

Quando a gente pára pra pensar no que acontece com o mundo, dá vontade de gritar:
Pára essa joça que eu quero descer! :/

citadinokane disse...

Paolita,
Pipocas e Coca-cola... rsrsrs...
Sempre que permitires, lá estarei, ok?!
Besotes,
Pedro

citadinokane disse...

Mixikó,
O velho Marx grita: - "é hora de transformar!"
Por que não damos ouvidos pra ele?
Beijos,
Pedro

citadinokane disse...

Lorita,
A indignação é grande, e a sensação de impotência nos congela...

citadinokane disse...

Lorita,
O que fazer????

citadinokane disse...

Lorita,
Estou apenas compartilhando a minha inquietação.
Beijos,
Pedro

Priscila disse...

Pedro,
era apenas uma visita e fico feliz de ver alguém lembrar de Marx, querido Marx.

Penso e quer "ordem" é esta? Esta eu não quero que valoriza as coisas e o poder, e esquece o homem, o ser e a vida. Não quero esta nova ordem e, sinceramente, acho um (terrível) errao achar que podemos melhorar um sistema que não valoriza o que há de melhor: o homem.

Eu não quero esta ordem e quero mais é nadar contra a maré. Posso até ficar cansada, mas não abro mão do que penso, sinto e sou.

Pitocas, Pri

citadinokane disse...

Pri,
Quero uma boa vida, não só para mim, mas para todos...
Beijos,
Pedro