quinta-feira, julho 12, 2007

Quem for podre que se exploda!

Li que o BIRD considera que a corrupção piorou no Brasil.
A notícia dizia que o nível de corrupção no Brasil é o pior em dez anos, segundo relatório anual de governança produzido pelo Bird(Banco Mundial).
Vivi intensamente o período FHC, as privatizações, o sinistro desaparecimento do Works Manager dos tucanos - Serjão Mota (com sua morte o arquivo sobre os bastidores das privatizações virou pó, literalmente), não defenderei o governo Lula, a história se encarregará de dirimir nossas dúvidas, por isso, tempo ao tempo.
No período do desmonte do Estado brasileiro, as privatizações foram tocadas a todo vapor, com enriquecimento de áulicos de FHC, pelo menos à época a imprensa levantava suspeitas nesta direção, que estranhamente nunca foram investigadas.
No reinado de FHC, o Procurador-Chefe do Ministério Público da União sempre engavetava as denúncias de corrupção, a Polícia Federal pouco atuava e o Judiciário intocável seguia silente...
Penso que enquanto o bordel estava com as portas bem fechadas, não tínhamos a dimensão da corrupção... As portas foram abertas, e é melhor que seja assim, sem sustos, nós brasileiros, e somente nós, poderemos passar a limpo todo tipo de desvio ético com o trato com a coisa pública.
Quando a Polícia Federal desfecha suas operações, os cidadãos de bem agradecem a revelação do modus operandi dos bandidos de colarinho branco.
A corrupção não é maior agora, hoje ela é investigada e a polícia vai prendendo os envolvidos, o que não quer dizer que serão condenados. É bom lembrar as denúncias contra alguns membros do Judiciário que recebiam propinas para relaxar algumas prisões, essas práticas já eram disseminadas há muito tempo, há muito tempo...
E para encerrar. Eu quero quem for podre que se exploda!

Nenhum comentário: