terça-feira, agosto 28, 2007

Menestrel em paz...

Muitos compromissos diários... E eis que uma brisa de tempo sopra e impossível não correr ao encontro do velho e bom computador, ligado e conectado com o mundo, vou visitando blogueiros daqui e alhures... Confesso que ainda estou muito atarefado, mas para não perdermos o elo que liga todos a todos, insisto em postar para os amigos e amigas que tão carinhosamente comparecem aqui (por teimosia, também), vou compartilhar um texto de Shakespeare(o vídeo com o texto recitado é encontrado no blog do Oscar Luiz), inclusive o amigo e blogueiro Oscar sugere que cada pessoa recite de 6 em 6 horas a mensagem, e verá que viver vale a pena... rsrsrs...
Já comecei a seguir a receita do biólogo Oscar, e realmente ficamos mais... huumm... deixa pra lá!

O Menestrel(Shakespeare)
"Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se. E que companhia nem sempre significa segurança.
Começa a aprender que beijos não são contratos e que presentes não são promessas. Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.
Aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. E aprende que, não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.
Aprende que falar pode aliviar dores emocionais. Descobre que se leva anos para construir confiança e apenas segundos para destruí-la... E que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Aprende que não temos de mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam... Percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa... por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas; pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser. Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, mas para onde está indo... mas, se você não sabe para onde está indo, qualquer caminho serve. Aprende que, ou você controla seus atos, ou eles o controlarão... e que ser flexível não significa ser fraco, ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem, pelo menos, dois lados. Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se. Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens... Poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso. Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso. Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém... Algumas vezes você tem de aprender a perdoar a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar.
Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, em vez de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais.
E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!
Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar se não fosse o medo de tentar."

25 comentários:

crisblog disse...

Pedro, o Oscar é uma das pessoas mais carinhosas que já conheci. Ele é assim mesmo, amigo de todos, para todas as horas. Um exemplo de vida.
E uma benção de Deus. Acho que ele só poderia ser biólogo.

Beijos.

Osc@r Luiz disse...

Pedro e Cris, queridos.
É por causa de pessoas como vocês que vale a pena cada noite que passamos da hora de dormir procurando algo que valha a pena ser compartilhado.
Vale cada a pena cada visita, cada momento da nossa atenção.
E na blogosferas, eu tive o privilégio de encontrar alguns "Pedros" e algumas "Cristinas" que tornam a blogosfera (aliás, "sfera"? É redonda, é?) mais culta, bela e cheia de sensibilidade e carinho.
Hoje sinto falta do Pedro mais presente, mas respeito a sua decisão qualquer que seja, e agradeço seu carinho, sua atenção e as suas nobres palavras.
E ao mesmo tempo, agradeço à Cris, por também superar todas as dificuldades que todos temos e manter o seu maravilhoso "Morenocris" no ar para nosso deleite.
Meus amigos, deixo um forte, longo e apertado abraço ao meu amigo Pedro Nelito, que ainda que aconteça dele nunca mais voltar (toc!toc!toc!isola!), já deu uma enorme parcela de contribuição à nós todos com o seu blog. E deixo um longo beijo à querida Cris, que por hora, está valendo por dois: por ela e pelo Pedro.
Muito, muito, muito obrigado a vocês!

crisblog disse...

Huuummm...gostei ! rsrsrs

Pedro, tem uma imagem pra você no blog...

Beijos.

Lorita disse...

Aprendi muito com esse texto é uma bela lição para vida toda.

Bjm moço, não some, tá?

rєnαtinhα! disse...

Oi Pedro,

Que bom que voltou!

Fico feliz!

Beijo

Não sumaaaa!!! ;)

citadinokane disse...

Cris,
O Oscar lida com a vida, ele entende de cromossomos, meiose, alossoma, "loci" gênico...
É o "cara"!
Abraços,
Pedro

citadinokane disse...

Oscar,
Pura generosidade irmão.
E receba todo o nosso fraternal carinho e um muito obrigado por sua amizade.
Abraços,
Pedro

citadinokane disse...

Cris,
Fui lá e gostei muito...
Beijos,
Pedro

citadinokane disse...

Lorita,
Aprendi também... Tô recitando de 6 em 6 horas, ahahaha...
Beijos,
Pedro

citadinokane disse...

Renatinha,
Voltei fraco.
Ainda estou um pouco sumido, viu?
Beijos,
Pedro

Mari disse...

Pedro,

Responde homi. Saudades de ti.

Bjs

citadinokane disse...

Fale Marinês!
A saúde está exigindo atenção e o stress é grande...
Saudade palavra nossa... bem nossa!
Abraços

Patrícia Gabriela disse...

Pedro, estou feliz por tê-lo aqui novamente, espero q essa sua teimosia perdure por todo o sempre, pois a minha em insistir em você ficar vai perdurar.

O texto é prefeito, é o tipo de texto q se ler milhares de vezes e ainda se surpreende com ele. Traduz muita coisa da vida, algumas são difíceis de assumir outras é necessário q se assumam!

Beijos amigo!!!

=***

Patrícia Gabriela disse...

*perfeito (perdão) =)

rOGERIOFRIZA disse...

Pedro,
voltou em grande estilo. Por isso repito, seu blog é de interesse público, te livrastes de uma ação.

Um abraço do seu amigo

Rogério fRIZA

Lilian Haber disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Ouvi falar de seu blog e sei agora o seu dilema, melhor do que postar é poder ler os comentários...Os amigos q se empolgam e tentam responder bem na altura do que escreves, deve ser difícil isso, quanto mais te esforças, eles idem....delícia de círculo vicioso, não?! Abs.

Anônimo disse...

Meu amigo, belo texto. Que bom que você voltou.

Abraços,

Wanderlei Ladislau

Tozé Franco disse...

Obrigado pelo represso.
Um abraço.

citadinokane disse...

Gabi,
Perfeita é a tua sintonia com as coisas da vida, um mar de possibilidade, e de "mar" tu bem conheces... rsrsrs...
Beijos querida surfista,
Pedro

citadinokane disse...

Gabi,
Perdão concedido... ahahaha...

citadinokane disse...

Rogério,
Como valorizas a amizade, hein?!
Isso aí, é papo de amigo...
Rabiscamos coisas que nem sempre se leva a sério, né?
Das nossas conversas, sempre se salienta para mim uma certeza, estás condenado a ser feliz mermão!
Abraços,
Pedro

citadinokane disse...

Lilian,
Tens razão no que escreves, nos comentários acabamos engendrando uma delícia de círculo vicioso...
Fico muito feliz com a tua visita e espero que não seja a última, ok?
Sempre bem vinda por essas paragens, a casa é tua.
Beijos,
Pedro

citadinokane disse...

Wanderlei,
Encontrei o Nélson Bordalo e ele comentou que estavam reunidos(nãoseiaonde) três poderosos advogados de Belém(basta consultar a conta bancária dos mesmos): Wanderlei, Jáder e Ernades.
Inclusive, o Ernandes com sotaque sulista? quequé isso?!
Abraços meu irmãozão,
Pedro

citadinokane disse...

Tozé,
Estou regressando um pouco devagar...
Mas vale, né?
Um forte abraço de além-mar,
Pedro