domingo, setembro 02, 2007

Já abracei pra proteger...

Recentemente andei um pouquinho afastado da blogosfera, é verdade que retornei morrendo de saudades, mas foi e está sendo importante o distanciamento do mundo virtual, para que a atenção seja dada ao mundo sólido, além dos compromissos profissionais existem os compromissos do coração... huumm... Vale dizer que o coração que sangra e bombeia vida para o corpo inteiro, exigiu-me maior atenção(não cabe aqui aprofundar tema tão funesto... rsrsrs...).
Enfrentei também os compromissos do coração-sentimento(agora o metafórico, isto é, transferência de uma palavra para um âmbito semântico que não é o do objeto que ela designa), aí se alojam a família e os amigos mais próximos, após responder o lado profissional, saía correndo para casa para escutar a filha tocando violão, e após um banho reconfortante assistir um vídeo em família... Sem deixar de escutar os amigos e as angústias que invadem o cotidiano de cada um, e de repente a constatação que existe algo a dizer, talvez pelos caminhos percorridos... nem sempre retos, é verdade! Assumo os meus erros, e que ninguém erre mais, a regra agora é ser feliz e pronto.
Chaplin ensina melhor e com sensibilidade mais apurada, né?!
"Eu já perdoei erros imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis.
Já fiz coisas por impulso, já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar, mas também já decepcionei alguém.
Já abracei pra proteger, já dei risada quando não podia, fiz amigos eternos, amei e fui amado, mas também já fui rejeitado, fui amado e não amei.
Já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor e fiz juras eternas, "quebrei a cara" muitas vezes!
Já chorei ouvindo música e vendo fotos, já liguei só pra escutar uma voz, me apaixonei por um sorriso, já pensei que fosse morrer de tanta saudade e tive medo de perder alguém especial.
Mas vivi! e ainda vivo!
Não passo pela vida." (Charlie Chaplin)

21 comentários:

Mixikó disse...

brutal este texto do Chaplin...

bela partlha Pedro,como sempre.

Mari disse...

...e continuamos vivendo todas estas frases de Chaplin, em nosso cotidiano.

Paz pra ti e ótimo domingo.

Saudades de você, não esqueça tá, aliás, já esqueceste...

Bjs

Patrícia Gabriela disse...

Cuida de ti, da sua saúde, família e amigos. Enfim... Cuida de ti meu amigo!!!

Realmente a regra agora é ser feliz, vamos ser, né? =)

Esse texto do chaplin é impecávelmente belo e cotidiano. Ou seja, é perfeito!

Boa semana!!!

Beijos^^

=***

Nilza disse...

Oi..pedro!
Bom que tenha voltado, vc faz falata. Adorei a lembrança do genio: Charles Chaplin
Beijos

Anônimo disse...

Se o Charlie Chaplin jogasse bola , sabe como ele se chamaria????????
Garrincha.
Abs
Tadeu

Carlos Ponte disse...

Amém!

crisblog disse...

Ei Pedro, é tão bom "ver" você...metaforicamente falando...rsrs

Cuide desses corações ! nós cuidamos de você por aqui...rsrs

Uma vez postei isso, do Chaplin, e você me perguntou se era realmente dele. É sim ! Viva o Chaplin...viva Você...

Beijinhos carinhosos.
Fica com Deus.

citadinokane disse...

Mami Mixikó,
Chaplin faz com que a partilha seja generosa, não?
Beijos,
Pedro

citadinokane disse...

Mari,
Vamos puxar novamente o movimento de blogueiros, tudo como dantes, topas?

citadinokane disse...

Gabi,
Tá tudo dominado!
E como diria o amigo Tozé: faça o favor de ser feliz, ok?!
Beijos,
Pedro

citadinokane disse...

Nilza,
Sempre acho que o Chaplin anda na corda bamba de nossos corações...
Beijos,
Pedro

citadinokane disse...

Tadeu,
Mataste!
Exato e profundo.
És um sacador-mor, hein?!
Abraços, o garrincha era Botafogo!
Pedro

citadinokane disse...

Carlos,
Que assim seja!

citadinokane disse...

Cris,
Como diria o "povão": É "nóis"! É o Chaplin!
Valeu!
Beijos,
Pedro

Anônimo disse...

Infelizmente a sacada não é minha e sim de um botafoguense histórico , chamado João Saldanha , jornalista e técnico de futebol sazonal que sempre falou que o Garrincha era o Carlitos do futebol , pela simplicidade aliada a genialidade e fazia a todos rir daí o epíteto : A alegria do povo
Abs
Tadeu

citadinokane disse...

Tadeu,
Mas, valeu assim mesmo.
Abraços,
Pedro

rєnαtinhα! disse...

Pedro,

Este texto é lindo!

Fez parte do profile do meu orkut por um bom tempo...

Anônimo disse...

Cuida desse coração e VIVA como sempre fez, porque AMIGO como vc é raro.
Beijos
Esfinge

citadinokane disse...

Renatinha,
É lindo mesmo!

citadinokane disse...

Esfinge,
Obrigada amiga pela visita, e esse coração vai ter que me agüentar...
Beijos,
Pedro

Sofia disse...

Oie!

Anjo, eu tbm achava que esse txt "Já perdoei erros..." era do Chaplin, mas vi que é de um poeta chamado Augusto Branco. Só olhar no Google ou no You Tube pra conferir ;D

Beijinhos!!