terça-feira, setembro 18, 2007

Vá ao teatro ver "A Patuscada"...

Recebo um telefonema na hora do almoço da querida poetisa Júlia Câmara, faz o convite e reitera que espera me ver juntamente com a minha filha no Teatro Gabriel Hermes, claro que vou assistir à peça teatral que ela, esposo, filhos e sobrinhos montaram e encenam neste final de semana.
Nos conhecemos no Sarau Poético do Boteco da Computer Store, toda terça-feira a partir das 20h, levava a minha filhota de 12 aninhos para declamar Fernando Pessoa e Cecília Meireles, e adorava escutar a Júlia declamando as suas próprias poesias... a Júlia e esposo deram a maior força no lançamento do livro de minha filha no CCBEU, por isso, sempre que precisarem do meu apoio e for possível estarei pronto a atender o chamado.
Pedi para enviar-me a divulgação, e recebo o e-mail com todos os dados necessários sobre a peça, abaixo as informações:

"Pedro, muito obrigada pela divulgação.
Júlia Câmara"
CIA DE TEATRO AMADOR “A PATUSCADA”
APRESENTA:
ESTÓRIAS DE CONTAR
Retratando conflitos familiares que envolvem diferentes gerações, a CIA de Teatro Amador A Patuscada, que é constituída por membros da mesma família (pai, mãe, filhos e sobrinhos) , apresenta na segunda e terceira semanas de setembro, o espetáculo ESTÓRIAS DE CONTAR. A história pessoal da família de artistas, por si só, já é uma história de contar, desde a formação do grupo até a escolha do nome da Cia. de teatro.
O espetáculo foi apresentado ao público pela primeira vez na região nordeste do país no Estado de Pernambuco em uma mostra de teatro onde recebeu quatro indicações.
UM ESPETÁCULO PARA TODA FAMÍLIA!
Gênero: comédia de costumes
Censura:livre
Local: Teatro GABRIEL HERMES – SESI
Av. Dr. Freitas esq. com Av. Almirante Barroso
Dias:
14/09/07 – sexta-feira 20h
15/09/07 – sábado 20h
16/09/07 – domingo 19h
e
21/09/07 – sexta-feira 21h
22/09/07 – sábado 20h
23/09/07 – domingo 19h
Ingressos R$ 20,00 (½ p/estudantes) à venda pelos telefones:
3276 4115 / 8116 3750 / 3087 6222 / 8184 0129
Ou na bilheteria do teatro nos dias de espetáculo.
(vendas na bilheteria no período da tarde)
Patrocínio: Guarani Aguiar Imóveis

4 comentários:

Edyr Augusto disse...

E viva o Teatro Paraense!
Abs

citadinokane disse...

Fale Edyr!
O Teatro Paraense apesar de tudo não se amofina... ehehehe...
Vamos ao teatro!
Abraços,
Pedro

tadeu disse...

Monsenhor,
Aquela galera que comentei do teatro é toda conhecida do Edyr quase que com certeza.Inclusive acho que nos conhecemos nem que rapidamente , eu e o Edyr
Abs
Tadeu

citadinokane disse...

Tadeu,
Vou passar a limpo tudo.