quarta-feira, outubro 10, 2007

Convite ao Bem

"Mas, quando fores convidado, vai." - Jesus. (Lucas, 14:10.)
Sou uma pessoa que acredita no bem como fonte divina. Nunca fui um ardoroso leitor das sagradas escrituras, mas, sempre me mantive respeitoso com todos os amigos que se dedicam e vivenciam a sua fé tomando ao pé da letra os escritos bíblicos...
Busco pautar a minha vivência respeitando as diferenças de todos os matizes, hoje evito as discussões passionais, são todas infrutíferas, estéreis mesmos... Não faço proselitismo partidário e nem religioso, desejo e espero que todas as pessoas que cruzam o meu caminho sejam felizes com as escolhas que fazem, como lembrou-me um amigo do peito - "cada escolha, uma renúncia!".
Mas por que todo esse prólogo?
Como fui e sou influenciado pela doutrina espírita, codificada por Allan Kardec, sempre penso que cada pessoa é responsável pelo Céu ou Inferno que vive, e que Deus não coloca armadilhas em nossos caminhos, nos encarregamos de prepará-las para nós mesmos, e depois buscamos justificá-las culpando a todos que nos rodeiam, inclusive, acusamos às vezes até as pessoas amadas...
Tenho amigos pastores evangélicos, coroinhas e outros carolas de procissões, sou convidado e vou para os mais diversos cultos religiosos...
Há dias venho ruminando algo que me deixou arrasado, confesso que sinto uma tristeza profunda e nem gostaria de escrever sobre o assunto, mas... quero falar e sei que uma pessoa em especial vai ler...
Há três semanas recebi um telefonema, a pessoa que me ligou estava agoniada, era um amigo dizendo que um outro amigo nosso fora feito refém por "fornecedores de drogas"; fiquei pasmo com a situação insólita, como uma pessoa casada, com filhos e recolhecida por todos como um profissional competente foi se envolver com drogas?! Não sei! Talvez aquela autoconfiança exagerada - "posso fumar e cheirar, quando quiser sair, saio numa boa!"
Infelizmente, é forçoso dizer, o meu amigo se tornou escravo de uma droga desgraçada: - Crack!
O que é essa droga? Pesquisei no site da Wikipédia:
"O crack é uma droga ilegal derivada da planta de coca, é feita do que sobra do refinamento da cocaína ou da pasta não refinada misturada ao bicarbonato de sódio e água. O bicarbonato de sódio faz com que a mistura tenha um baixo ponto de fusão (passagem de sólido para líquido) e ebulição (uma forma de passagem de líquido para gasoso) tornando possível a queima da droga com o auxilio de cinza de cigarro ou cigarro de maconha que é colocada no cachimbo junto com o crack. O uso de cocaína por via intravenosa foi quase extinto no Brasil, pois foi substituído pelo crack, que provoca efeito semelhante e é tão potente quanto a cocaína injetada. A forma de uso do crack também favoreceu sua disseminação já que não necessita de seringa, basta um cachimbo improvisado. O crack é uma droga muito intensa, justamente por ter um grau de pureza maior que a cocaína[carece de fontes?]. Pertence ao grupo das drogas estimulantes, mas também provoca alucinações[carece de fontes?]. Seu efeito chega rápido ao cérebro podendo levar entre 5 e 10 segundos para iniciar, sua duração é curta, em média de 5 a 10 minutos. Essa característica faz com que os usuários repitam o uso muitas vezes, levando-o à dependência severa em muito pouco tempo, geralmente com menos de 10 pedras o indivíduo já pode ser considerado um dependente. O crack eleva a temperatura corporal, podendo levar o usuário a ter um AVC. A droga também causa destruição de neurônios e provoca no dependente a degeneração dos músculos do corpo (Rabdomiólise), o que dá aquela aparência esquelética ao indivíduo: ossos da face salientes, braços e pernas ficam finos e costelas aparentes. Normalmente um usuário de crack, após algum tempo de uso utiliza a droga apenas para fugir da sensação de desconforto causado pela abstinência e outros desconfortos comuns à outras drogas estimulantes: depressão, ansiedade e agressividade."
__________________________
O meu amigo viciado e refém dos marginais ligou pedindo ajuda, os bandidos só iriam libertá-lo se fosse pago o crack consumido; a sua bolsa de trabalho cheio de documentos estava em uma "boca", o paletó em outra, o celular com outro bandido... Ele já estava há dois dias consumindo a droga direto e sem parar, tinha gasto toda a grana e ficou devendo 400 reais.
A missão...
Relutamos, mas era necessário resgatá-lo das mãos dos bandidos, telefonamos para o "Cabeção", ele ficou reticente, balbuciava que tinha dois filhos pra criar e que era muito perigoso... Compreendemos o temor do "Cabeção" e não iremos jamais criticá-lo por ter refugado diante da situação, as palavras ficavam martelando a minha cabeça (cada escolha, uma renúncia!).
Dinheiro sacado seguimos para a periferia da cidade, passamos por pontes e vielas, ruas mal iluminadas, pessoas olhando com desconfiança... Lá adiante estava o nosso amigo, colado nele os bandidos, no porta-luva do carro uma bíblia, na minha mão direita a chave de roda do carro, "se tudo der errado vamos vender caro nossas vidas", eu segurava firme a chave e o amigo que dirigia o carro dizia: - calma! Vamos resgatá-lo, os caras querem só o dinheiro...
O amigo refém veio ao nosso encontro pegou o dinheiro e entregou para os bandidos, uns sem camisas, outros com bonés e gorros nas cabeças (quatro ou cinco), devolveram tudo, como eles são bacanas, né? E ainda tivemos que ouvir de um deles um sermão, pode?
Pegamos o amigo ex-refém, o que eu disse para ele?
- Cara...!
O outro amigo conversou dizendo que era momento de mudar a vida, que dependia dele essa mudança, que havíamos feito contato com o pai e a esposa dele, todos estavam esperando por ele... O dinheiro não era doação e que ele deveria se virar para pagar...
Durante a admoestação ele não levantava o olhar, pedia desculpas, afirmava que iria mudar. Diante do desespero que nos dominava, vaticinamos que para o caso dele só Jesus Cristos poderia salvá-lo dessa viagem louca, ao final estávamos com os olhos transbordando um mar de inquietude, nossos rostos molhados e incrédulos de que existiria outra saída para o nosso desgraçado amigo.
Tristes trópicos...

32 comentários:

' Jaya . disse...

Oi! Passando pra retribuir a visita. E bom, não li o texto todo, mas volto com mais calma depois.

Abraço!

Osc@r Luiz disse...

Salve meu amigo!
Se tudo correr bem, em breve estaremos tomando uma cervejinha juntos, hein!
Puxa! Essa idéia muito me agrada!
E finalmente vou conhecer Belém!
Abração!!!!

Direito & Esquerdo disse...

Nelito,

Pena é o que sinto do nosso amigo.
Só Deus poderá salvá-lo, é claro caso ele queira.
Agora, a chave de roda foi boa, velho.
Estou imaginando a cena de uma luta corporal e tu defendendo tua vida com tamanha e poderosa arma.
Um abraço triste.

Edyr Augusto disse...

Fiquei tocado com o texto. Também tenho um amigo, grande profissional e figura humana, com problemas, no caso, alcoolismo. É barra pesada.
Abs

Flavinha disse...

Oi, Pedro!
Ccomo vc, também acredito que somos pautados por nossas escolhas. Acredto ainda que Deus nos impõe algumas encruzilhadas para que possamos reavaliar nossas escolhas e quem sabe, se necessário, fazer escolhas novas, mais condizentes com o propósito do ser humano nesta Terra, que é evoluir e ser feliz. Outro ponto que jamais duvidei é o fato de que ninguém entra na vida do outro por acaso - e, se Deus colocou você e seu amigo no caminho um do outro, foi para que enfrentassem juntos situações tão críticas quanto essa. Drogas são um problema sério para quem usa e para quem convive com o usuário... é preciso amor e fé para vencer essa batalha.

Parabéns pelo post e pela grandeza do seu gesto.

E obrigada pela visita!!

Beijo!

Codinome Beija-Flor disse...

Agora eu entendo exatamente nossa amizade, fazemos parte da mesma "tribo".
Beijos no coração

Cris Moreno disse...

Caramba...

Feliz Círio, Pedro. E família.

Beijos.

Mixikó disse...

Pedro,
foi positiva esta tua partilha aqui...
A droga é de facto um caminho pelo qual quando alguém o segue,pode não ter volta...

O do teu amigo, vou torcer para que tenha volta e sabes porque pode ter volta??Porque tem um amigo assim como tu Pedro...

Um beijo para ti...pela grandeza da tua alma

Patrícia Gabriela disse...

Quem te amigos, tem irmãos! Quem tem a Deus nunca está sozinho!!! Vc foi muito corajoso e um exemplo de lealdade, acredito q devemos fazer aos outros o q gostariamos q fizessem por nós. E vc no lugar dele, desesperado e no fim do poço, gostaria q ele tivesse agido como vc e seu outro amigo fizeram!

Agora cabe a ele tentar mudar, recomeçar, fazer uma nova historia e dar um novo rumo a vida dele. Aos familiares e amigos cabe o auxilio e a ajuda nessa caminhada q deve parti dele!

Beijos Pedro^^^

as-nunes disse...

Quantos casos semelhantes não estarão a ocorrer neste preciso momento por esse Mundo louco afora!
Quanto a mim se o uso da droga fosse legalizado, talvez não se chegassem a situações tão extremas.
O problema é que o homem já não está a conseguir auto-dominar-se, sem o recurso a drogas (chamem-lhe assim ou chamem-lhe nedicamentos). A teia de vida em que es está a envolver é implacável. Não está nada fácil VIVER ao natural!
Solução? Cada um tem que fazer a sua parte, a começar pelo poder político. Os traficantes acabavam num instante. Os ilegais, claro! Que a legalização haveria de engordar a indústria farmacêutica!
Que grande encrenca em que estamos metidos!
Um abraço
António

Amanda_Bia disse...

poxa! que terrivel! não sei como reagiria numa situação como essa! nem imagino um amigo meu fazendo uma coisa dessas! mas como vc mesmo diz, cada um procura seu próprio inferno!
espero que ele consiga se livrar dessa!
te cuida!
beijos!

Anônimo disse...

Pedro querido,

Tomara que dê td certo e consiga encontrar com oscar!

Ele está levando um recadinho meu!

Depois nos conte como foi o encontro!

Beijos

Renatinha (renataemy.blogspot.com)

Rogério Friza disse...

Pedro,
Falei com o nosso amigo, e ele está bem. Está se tratando outra vez, espero que agora vá e não precise mais entristecer seus amigos. Vamos orar por ele.

Um abraço

Rogério

citadinokane disse...

'jaya,
Mas volta logo, hein?!

citadinokane disse...

Oscar,
Já deu certo. Espero a tua volta de Salinas.

citadinokane disse...

Bruno,
Deus pode salvá-lo, por isso, temos esperanças...

citadinokane disse...

Edyr,
Carregamos os nossos pequenos sacrifícios... os amigos são amigos...

citadinokane disse...

Flavinha,
Amor e fé para vencer, não só essa batalha, mas, todas as batalhas.
Beijos,
Pedro

citadinokane disse...

Codinome,
Qual tribo?
Agora existe um só coração.
Beijos,
Pedro

citadinokane disse...

Cris,
Um eterno e belíssimo Círio!

citadinokane disse...

Mixikó,
Sueli Costa para mim uma poetisa, outros a chamam de compositora. A letra que ela escreve é belíssima, uma de suas músicas traduz a minha percepção sobre o meu amigo:

"há almas que têm
as dores secretas
as portas abertas
sempre pra dor
há almas que têm
juízo e vontades
alguma bondade
e algum amor"
Beijos querida Lisboeta,
Pedro

citadinokane disse...

Gabi,
Eu não sou anjo, mas o nome do anjo é Rogério, ele me arrastou até os cafundós-do-juda para resgatarmos o irmão inebriado com outras loucuras...
Temos apertados os nossos laços de amizade, é um grande amigo.
Beijos,
Pedro

citadinokane disse...

António,
Viver está se tornando difícil, lembrei-me de uma música que Beto Guedes cantava, talvez traduza as muitas emoções desse caso.

"O Medo de Amar É o Medo de Ser Livre
(Beto Guedes e Fernando Brant)

O medo de amar é o medo de ser
Livre para o que der e vier
Livre para sempre estar
Onde o justo estiver
O medo de amar é o medo de ser
De a todo momento escolher
Com acerto e decisão a melhor direção
O sol levantou mais cedo e quis
Em nossa casa fechada entrar
Pra ficar
O medo de amar é não arriscar
Esperando que façam por nós
O que é nosso dever
Recusar o poder
O sol levantou mais cedo e cegou
O medo nos olhos de quem foi ver
Tanta luz"
Abraços,
Pedro

citadinokane disse...

Bia,
Carrego essa esperança para todo lado.
Beijos,
Pedro

citadinokane disse...

Renatinha,
O encontro ocorreu,ele iria me dizer o recado, mas pedi para me contar no retorno para Belém...
Tem presente pra ti, hein?!
Beijos,
Pedro

citadinokane disse...

Rogério,
Gostaria de dizer olhando nos teus olhos o quanto te admiro, mas, sabes como sou tímido, né?!
Irmão, és um companheiro muito preocupado com o outro e considero uma virtude maravilhosa, daí a admiração que nutro por ti.
Tomara que tudo que disseste seja uma verdade cristalina, tomara...
Abraços,
Pedro

Lila Magritte disse...

Mis deseos de que este amigo encuentre el camino de regreso a su verdadero ser.

Abrazos.

citadinokane disse...

Lila,
Espero que reencontre com ele mesmo, com o que ele traz de melhor...

Renata Emy disse...

Presente é?!?

Obaaaaaaaaaaa!!! \o/

Mas meu maior presente é ter vcs como amigos!!! =D

Um dia Renatinha ainda pegará um projeto ambiental por estas bandas, e farei questão de conhecê-lo!!!

Beijão querido!

Xico Rocha disse...

Mermão, vamo tirá Jesus, Deus toda a turma divina, vamos providenciar ajuda telúrica para o amigo, é uma situação triste e que carece de ação prática. Tratamento de choque, conte comigo no que for possivel para ajudar o amigo.
Xico Rocha

citadinokane disse...

Renatinha,
Vou mandar pelo Oscar, espero que caia no teu gosto.
E vem mesmo!
Será um prazer bebemorarmos esse encontro, né?!
Beijos,
Pedro

citadinokane disse...

Xico,
Acredite meu amigo, toda ajuda profissional foi dada.
Só Jesus salva!
Abraços