sexta-feira, outubro 19, 2007

Vai pra lá que eu vou pra cá!!!

Elis Regina cantava são dois pra lá e são dois pra cá... O Robinho criou o drible - "vai pra lá que eu vou pra cá". Ainda bem que o José Roberto Wright(ex-árbitro de futebol e aprendiz de comentarista esportivo) não estava na cabine da Globo, o cara é contra o futebol arte, repara que ele sempre critica o jogador que tem habilidade, o atleta não pode driblar ou fazer uma finta mais vistosa, aí o Wright abre o bocão pra dizer que o jogador driblador não respeita o outro colega de profissão e que é provocador, indisciplinado e etc... Futebol bonito é o praticado pelo Robinho, Cristiano Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, o resto é perna-de-pau que maltrata a bola... Fico imaginando se o José Roberto Wright fosse comentarista no tempo do Pelé, Garrincha ou Maradona... Ai ai ai, todos seriam denominados de provocadores e marginais. Ainda bem que existe o Robinho, quer tirar a dúvida?! Olha o vídeo abaixo, ok?

2 comentários:

Patrícia Gabriela disse...

Realmente, tem gente q não tem senso do que é bonito. E o futebol não é pra ser apenas um jogo de gols e sim um jogo de dominação e malabarismo com o seu instrumento alvo! E cá p nós, os brasileiros são os melhores quando o assunto é dominar uma bola! O Robinho não precisou nem fazer o gol p entrar p historia =)

Beijos!!!

citadinokane disse...

Gabi,
Ele mandou o cara pra lá e veio pra cá, direto pro coração do povo brasileiro... Valeu Robinho!!!
Beijos,
Pedro