domingo, setembro 28, 2008

As primaveras...

Ceci Fernandez deixou para que eu refletisse, compartilho com todos:

"Aprendi com as primaveras
a me deixar cortar
para poder
voltar inteira"
(Cecília Meireles)

14 comentários:

elvira carvalho disse...

Gostei. Não sei se já lhe disse que adoro Cecília Meireles.
Um abraço

Tânia Defensora disse...

Oi Pedrinho!
Adoro essa frase de Ceci!
Entrei pelo Explorer: seu blog fica melhor visualizado por ele.
Beijinho

citadinokane disse...

Elvira,
Escreveste alhures, Cecília é tão delicada, linda!
abs

citadinokane disse...

Tânia,
Sempre bem vinda!
Beijos

as-nunes disse...

E voçês aí a cheirar a Primavera ao contrário, andamos às voltas com um Outono muito manhoso! Chove, não chove, frio pouco, muito menos que noutros tempos, algo desanimados!
Maravilhosa Cecília Meireles!
transcrevo do meu blogue:
"Olá Pedro.
Encantado por esta inesperada visita.
É isso mesmo, adeus acentos e tremas, parece que nós, portugueses, um dia destes até já nem teríamos teclados no mercado para poder escrever no computador.
Um grande abraço, meu irmão, também o digo.
E quanto mais próximos estivermos na grafia das nossas palavras, mais íntimos havemos de ficar.
E há-de ser para bem dos nossos filhos, na pior das hipóteses.
António"
Mais uma abraço, Pedro.

anderson disse...

genial metáfora,o mínimo que se pode esperar de Cecília Meireles.

abraços prof°

Teca Gama disse...

A primavera - a vida - coisa difícil de levar adiante. Precisamos, via de regra, alguns cortes, podas, ou o que eu chamaria também de burilamento, pra que possamos fazer brilhar a nossa luz interior.

Um abraço grande!

citadinokane disse...

António,
Tirando os tremas e acentos fica a nossa amizade. O dia que iremos brindar a eterna alegria de compartilharmos a mesma língua sem que realmente seja a mesma, não tardará... Vejo-me em Leiria junto ao amigo António e toda a sua linda família, esse dia não tardará, juro!!!
abraços

citadinokane disse...

Ei Anderson!
Foi a melhor surpresa, a tua presença!
Cecília Meireles é amiga... sempre!
Abraços

citadinokane disse...

Teca,
És a primavera!
E não cortarei...

Mari disse...

Pedro,

A primavera de Cecília é um aprendizado...

Bom domingo!

Mixikó disse...

Ahhhh...como bebo cada texto da Cecilia Meireles...faz-me recordar os textos estudados nas aulas de teatro...que belo...e recordar é viver...e cortar...é viver...e viver é...voltar.

citadinokane disse...

Mari,
Sempre aprendendo.
Uma ótima semana para ti e teu marido.
bjs

citadinokane disse...

Mixikó,
A tua volta, repleta de vida e Cecília...