domingo, outubro 12, 2008

Anel no quarto dedo, ninguém separa!

A Mari encaminhou uma mensagem para o meu correio eletrônico, com a seguinte pergunta: Sabe por que o anel de compromisso(casamento) se usa no quarto dedo?
Fiquei pensando num bocado de respostas, huumm... desisti e fui ler o restante do e-mail, a querida blogueira que abandonou a vida virtual, infelizmente essas coisas acontecem na blogosfera, blogs cheios de mensagens inteligentes e boas para o relax da alma, ficam órfãos, é verdade! Ficam sem pai e sem mãe...
Mas, voltando ao anel, olha o que a Mari nos conta sobre o famigerado anel, ai Jesus!

"Existe uma lenda chinesa que conseguiu explicar de uma maneira bonita e muito convincente...
Os polegares representam os pais.
Os indicadores representam teus irmãos e amigos.
O dedo médio representa a ti mesmo.
O dedo anelar (quarto dedo) representa o teu cônjuge.
O dedo mindinho representa teus filhos.
Agora junta tuas mãos palma com palma, depois, une os dedos médios de forma que fiquem apontando a ti mesmo, como na imagem...
Agora tenta separar de forma paralela teus polegares (representam teus pais), vais notar que eles se separam porque teus pais não estão destinados a viver contigo até o dia da tua morte, una os dedos novamente.
Agora tenta separar igualmente os dedos indicadores (representam teus irmãos e amigos), vais notar que também se separam porque eles se vão, e tem destinos diferentes como se casar e ter filhos.
Tente agora separar da mesma forma os dedos mindinhos (representam teus filhos) estes também se abrem porque teus filhos crescem e quando já não precisam mais de ti, se vão, una os dedos novamente.
Finalmente, tente separar teus dedos anelares (o quarto dedo que representa teu cônjuge) e vais te surpreender ao ver que simplesmente não consegues separá-los. Isso se deve ao fato de que um casal está destinado a estar unido até o ultimo dia da sua vida e é por isso que o anel se usa neste dedo.
Algo curioso e legal de saber."

10 comentários:

Tânia Defensora disse...

Oi Pedro!
Que interessante essa lenda.
Passei para te desejar boa semana.
Bjus

mari disse...

Pedro,

É para sempre quando tem que ser mesmo, do contrário, cada um "no seu quadrado" né?! Rsrsrsrsrs...
Engraçado, fiz o teste, mas consegui separar um pouquinho, rsrsrs

Vou tentar de novo, acho que não não estava inspirada...

Bjs

citadinokane disse...

Tânia,
Vou te enviar o jornal "Direito & Sociedade".
Uma excelente semana e um forte abraço no Oscar.
bjs

citadinokane disse...

Ei Mari!
Trate de ficar inspirada, hein?!
bjs

elvira carvalho disse...

E eu ainda acredito nessa de viver junto até ao fim da vida, mas com uma ressalva. Se o amor não acabar. Viver junto só por viver, por comodismo, medo da solidão, ou mesmo por causa dos filhos, sem amor, como eu conheo vários casais, eu não conseguia não.
Um abraço

citadinokane disse...

Elvira,
Huumm...
Mas antes mal-acompanhado do que só.
Ficaste assustada?! Ahahaha... Detesto a solidão, vamos garantir o amor eterno, é possível? Vale o esforço, né?
abs

helanny_fontes@hotmail.com disse...

Incrível!!! adorei!!!

Acho que vou encaminhar esta mensagem para um certo alguém, rsrs!!

Concordo com tal lenda, mas somente quando existe o amor entre duas pessoas, porque só quando uma das partes ama, não dá pra ficar até que a morte os separe. Acredito também, que caso uma pessoa precise se afastar da outra, isto pode ocorrer sim, mas nada que o tempo e a vida traga de volta a união de dois eternos amores.


Um grande beijo querido!!

Helanny Torres

Helanny disse...

querido, por favor apague estas mensagens extras, acho que o meu computador tá com algum problema que não confirma o envio do comentário.

beijinhos

Helanny

citadinokane disse...

Hellany,
Tem que existir amor, sempre!
Sem amor não tem tesão.
bjs

citadinokane disse...

Hellany,
Tudo dominado.
bjs