quinta-feira, março 26, 2009

CERPASA a melhor empresa paraense!

Recebi o convite do amigo Alexandre Carvalho para um jantar em seu apartamento, ele humildemente, como todo botafoguense, dizia: - Aviso aos navegantes eu pessoalmente cozinho em casa, ainda não decidi se vamos jantar minha EXTRAORDINÁRIA PESCADA BRANCA ou o MAGNIFICO FILÉ MEDALHÃO, receitas de família que não revelo nem sob tortura.
Tenho algo a confidenciar... O Alexandre é o cara! Ele e a sua Naira bolaram uma jogada linda, convidaram casais que não se conheciam, justamente para que a ocasião fosse propícia ao despertar de novas amizades...
Conheci o "Tom Cavalcante" pernambucano, é sério! Qual o nome dele? Tinoco Neto. Agora falando sério, o Neto é uma pessoa que sabe como deixar todo mundo à vontade, o ambiente fica bem leve com a presença luminosa do nosso amigo Neto, profissionalmente é encarregado da parte comercial da CERPASA.
E depois de um bom papo, entendi como a Cervejaria paraense renasceu e surpreende a todos nós com sua retomada de mercado.
Mermão! Aceitei o convite e juntamente com o Alexandre e o nosso amigo Nélson Majonave visitamos a melhor empresa paraense.
Claro que escrevo impressionado com o que vi lá. A Cerpasa é a cervejaria que produz a Cerpa Export, aqui em Belém é conhecida como Cerpinha, a cerveja top de linha.
Posso relatar várias histórias com a cerpinha, uma referência para quem é paraense... No final dos anos 80, estava eu e um amigo de Belém em São Paulo para fazer um curso de férias na PUC de São Paulo, muitos alunos no curso, aí a professora pediu uma auto-apresentação, falamos que éramos de Belém do Pará, uma linda pedagoga que havia trabalhado em Barcarena, interior do Pará, na hora da auto-apresentação no final olhou pra gente e disse: - Gente, eu conheço um bar que vende Cerpinha!
Nós abrimos o maior sorriso do mundo, visitamos o bar e bebemos todas, juntamente com a pedagoga... Ela era linda meudeus!
Outra ocasião, estava indo ministrar aulas em Marabá pela Universidade Federal do Pará, o avião da VARIG quando chegou em Marabá não pôde pousar porque estava caindo um temporal e fomos para Brasília, chegando lá nos informaram que a Varig iria pagar apenas a alimentação e fomos acomodados num Hotel chic, quando chegou na hora do jantar fiz o pedido e olhei para uma outra mesa e vi a Cerpinha, não me contive chamei o garçom e disse: - Mermão, traz uma cerpinha! O garçom trouxe uma, duas e três... depois vi o preço da cerveja no menu e fiquei arrepiado, era uns 7 reais... parei.
Em Copacabana no Rio num bar ao lado do Othon Hotel, vi a cerpinha e tomei todas... Depois enlouqueci com o preço!
Aqui em Belém a cerpinha é baratinha e gostosa como sempre.
Agora falando da visita que fizemos ao parque industrial da CERPASA, ficamos encantados, primeiramente com o tratamento que o nosso novo amigo Tinoco Neto nos dedicou, atencioso e sempre explicando tudo sobre a fábrica, o restaurante é coisa de 1º mundo! Almoçamos e depois visitamos todas as dependências da cozinha, os equipamentos da cozinha todo importado, não existe gás, toda a cozinha é elétrica, a comida fica sob luz infra-vermelha para impedir propagação de bactérias ou insetos... Tudo refrigerado, inclusive até o local onde fica condicionado o lixo, é impressionante!
Para encerrar minhas impressões sobre a fábrica, fica o tratamento dos operários, a roupa utilizada por eles no dia-a-dia fica na empresa para ser lavada e passada, o respeito com o trabalhador me deixou impressionado.
Posso dizer que fiquei encantado com a CERPASA!
OPs! Ficaram encantados também os amigos Alexandre e Nélson, heim!!!
Parabéns amigo Tinoco!!!

16 comentários:

Tinoco Neto disse...

Professor Nelito, Eu só tenho que agradecer as suas palavras e dizer que antes de trabalhar na CERPA, já tinha orgulho e defendia e continuo defendo as coisas do Pará, acredito que os filhos do Pará naturais ou adotivos, que é o meu caso, pernambucano de nascimento, mas paraense de coração, devem valorizar o que realmente é nosso. A Cerpa é uma empresa genuinamente paraense e todos os filhos da terra, naturais ou adotados devem ter orgulho dessa terra e de tudo que ela produz, temos que nos conscientizar que o Pará deve beneficiar as suas riquezas naturais dentro do estado e não somente exportá-las. Como diz a canção "Quem vem pro Pará parou, tomou açaí ficou". No que depender de mim vou sempre defender a bandeira desse estado que sempre me acolheu tão bem, tenho grandes amizades e você Professor é uma delas, grato pelas palavras e atenção

Tozé Franco disse...

Ora viva Pedro.
Passei para lhe desejar um óptimo fim-de-semana.
Pena não poder provar a cerveja. Tem bom aspecto.
Um abraço.

Paola Vannucci disse...

Nelito,

o sehor das fugas mirabolantes sim,

vive em fuga de mim e do meu blog sim, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

olha quero pedir a permissõ para copiar o texto das escolas públicas,

quero de presente sua camiseta, para vc se redimir do pecado da fuga do meu blog, rs
Adorei o texto Expertise

vc é ultra nelito e na 25ª hora apareça no meu blog tá

rsssssssssssssssssss

boa emana pra vc

Anônimo disse...

Dom
Nos idos de 76 , cursando Engenharia Química na UFPA , tivemos uma aula que foi uma visita a Cerpasa , já naquela época era um primor de cuidados com a qualidade e nada mais natural que tenha sido ela a convidada a embalar nosso encontro
VIVA A CERPINHA!!
Parabéns ao Tinoco.
Abração
Tadeu

M. Nilza disse...

olá, menino sumido!

estava no bem bom né? rssss Uma cerveja boa e uma boa companhia tbm ao que vejo!! hahaha!

Percebi que seusamigos ficarma felizes tbm!
Beijos

citadinokane disse...

Tinoco,
Eu levo essa bandeira no coração, quero viver e morrer nessa terra...
A Cerpasa faz parte de nossa memória afetiva... Ahahaha... Tinha que ser cerveja, né?!
Conte comigo, mermão!
abs,
Pedro

citadinokane disse...

Tozé,
Ainda iremos um dia brindar o sol e a vida com uma cerpinha, hein!?
Um forte meu amigo,
Pedro

citadinokane disse...

Paolita,
Continuo na correria, mas carrego-te no coração... Todo dia!
Mandarei produzir mais camisas e enviarei, com certeza!
beijos,
Pedro

citadinokane disse...

Tadeu,
Nos derramamos em "loira gelada paraense"... Saudades de ti!
abraços,
Pedro

citadinokane disse...

Nilza,
Novos amigos queridos, e quero mantê-los por toda a vida.
Vou aparecer mais, ok?!
beijos,
Pedro

Anônimo disse...

Professor, definitivamente não sou um cara HI TEC pois já mandei vários comentrários e não é publicado, mas estou certo que o defeito é aqui na peça que fica entre a cadeira e o laptop. Bem se este comentrário seguir saiba que vc é uma pessoa muito especial para mim, para Naira, para o Tinoco Neto e para Nelsinho também. Atraves de vc temos momentos de paz, ternura e o mais especial bom papo, alias professor vc é um ótimo papo. Já estamos com saudades!! queremos novos momentos de bons papos. Veja ai sua agenda. Alexandre e Naira Carvalho 02/04/2009.

citadinokane disse...

Alexandre,
Percebi o quanto és generoso...
Eu agradeço pela amizade que derramas no comentário acima e com certeza não faltará oportunidade para exercitarmos, né?
Abraços na Naira e Tinoco.
Pedro

Anderson Magre disse...

Caro Professor, fiquei feliz por vc ter resolvido tornar-se um Leão de coração, pois todos tem a chance de corrigir seus erros um dia.

Anônimo disse...

Só tenho uma coisa a dizer, fação uma expeção na lider que presta serviços pra cerpasa pois aquilo lá está uma avacalhação só, não pagam os funcionários direito nem na data certa tem um chefe lá que segura o pagamento de todo mundo só pagando no dia que ele quer, será que ele está usando a grana em banefício proprio isso é uma vergonha pra uma empresa desse tamanho...

citadinokane disse...

Anderson,
Só agora saiu a resposta...
Também pudera me xingaste, né?

citadinokane disse...

Anônimo 17:55,
Fiquei muito preocupado, sério!
Tenho essa empresa como modelo.
Valeu a denúncia! Vamos apurar.