quarta-feira, março 11, 2009

Excomunhão de Dom José

A igreja católica podia ter ficado caladinha, ou melhor, deveria ter admoestado publicamente o estuprador da menina de nove anos e demonstrar que ela e a família não estavam sozinhas... Mas, aí apareceu o Dom José - Bispo de Olinda e Recife, não é que ele queria pagar pra ver o útero da criança estourar com a gravidez de gêmeos!? O bispo enlouquecido resolveu dar excomunhão atortoeadireito... Tomei uma decisão, darei a excomunhão do bispo, não quero esse tipo de pessoa compartilhando o mesmo pão comigo, o simbólico pão que seria o corpo de Cristo, não quero e pronto!
Qual a preocupação com a vida da criança de apenas nove anos? Qual a preocupação da igreja católica com o planejamento familiar? E o uso da camisinha? Chega de hipocrisia!!!
Oliviomar enviou-me o texto abaixo do repentista "Miguezim de Princesa", ele diz tudo que eu queria dizer, vamos ler, ok?!

A excomunhão da vítima (Miguezim de Princesa*)
I
Peço à musa do improviso
Que me dê inspiração,
Ciência e sabedoria, Inteligência e razão,
Peço que Deus me proteja
Para falar de uma igreja
Que comete aberração.
II
Pelas fogueiras que arderam
No tempo da Inquisição,
Pelas mulheres queimadas
Sem apelo ou compaixão,
Pensava que o Vaticano
Tinha mudado de plano,
Abolido a excomunhão.
III
Mas o bispo Dom José,
Um homem conservador,
Tratou com impiedade
A vítima de um estuprador,
Massacrada e abusada,
Sofrida e violentada,
Sem futuro e sem amor.
IV
Depois que houve o estupro,
A menina engravidou.
Ela só tem nove anos,
A Justiça autorizou
Que a criança abortasse
Antes que a vida brotasse
Um fruto do desamor.
V
O aborto, já previsto
Na nossa legislação,
Teve o apoio declarado
Do ministro Temporão,
Que é médico bom e zeloso,
E mostrou ser corajoso
Ao enfrentar a questão.
VI
Além de excomungar
O ministro Temporão,
Dom José excomungou
Da menina, sem razão,
A mãe, a vó e a tia
E se brincar puniria
Até a quarta geração.
VII
É esquisito que a igreja,
Que tanto prega o perdão,
Resolva excomungar médicos
Que cumpriram sua missão
E num beco sem saída
Livraram uma pobre vida
Do fel da desilusão.
VIII
Mas o mundo está virado
E cheio de desatinos:
Missa virou presepada,
Tem dança até do pepino,
Padre que usa bermuda,
Deixando mulher buchuda
E bolindo com os meninos.
IX
Milhões morrendo de Aids:
É grande a devastação,
Mas a igreja acha bom
Furunfar sem proteção
E o padre prega na missa
Que camisinha na lingüiça
É uma coisa do Cão.
X
E esta quem me contou
Foi Lima do Camarão:
Dom José excomungou
A equipe de plantão,
A família da menina
E o ministro Temporão,
Mas para o estuprador,
Que por certo perdoou,
O arcebispo reservou
A vaga de sacristão.


(*) Poeta popular, Miguezim de Princesa é paraibano e está radicado em Brasília.

5 comentários:

Anônimo disse...

Du garaio esse tal de Miguezim.
Abraços
Tadeu

Anônimo disse...

Pedro,
Temos fartos exemplos na história de "equívocos" da igreja católica, inclusive o de dar guarida para diversos padres pedófilos no mundo. Valha-me!Ainda bem que nem tudo está perdido, temos exemplo de religiosos da igreja católica que correm contra a maré desta hipocrisia,nosso Padre Bruno, por exemplo é exceção. UFA, AINDA TENHO ESPERANÇA, GRAÇAS A DEUS!
Beijos
Anna Cláudia Lins
p.s: estou gostando de vir aqui...

citadinokane disse...

Tadeu,
É o Miguezim de Princesa, viu? Não esqueça não, mermão!
O Dom deve está arrependido de ter mandado tanta gente pro inferno, não?!
abs

citadinokane disse...

Ei Aninha!
Pô é mesmo! O Padre Bruno é o nosso porto seguro. Ainda bem que ele existe.
beijocas e volta tá?!

stefânia Alves disse...

Meu irmão vou dizer
Meu irmão vou lhe contar
Que essas tais aberrações
Já existem em todas religiões
Rimou, né?

Vou dizer agora sem rimar, que é pra ver se entende ou não; esse tal
de repentista deve ser evangélico!
Rimou não...rsrsrs