domingo, maio 10, 2009

Cachazzística Prece Marajoara

O lundu ou lundum é gênero musical e uma dança brasileira, contribuíram para a sua formação no Brasil, os batuques dos negros bantos de Angola e outros ritmos portugueses, apresenta uma estrutura rítmica sincopada e repetitiva. O Lundu derrama malemolência e aspectos lascivos, também pudera, o ponto alto da dança é a umbigada, é isso mesmo, a umbigada é o encontro rápido dos umbigos das moças e dos rapazes, prenhe de sensualidade... As moçoilas ficam rebolando sendo cortejadas pelos rapazes de rapina, ahahaha... Os caras são todos sarados, eles rebolam muuuiiito fazendo gestos que imitam o ato sexual, não sei por que o Vieirinha de Marapanim quando assiste a dança do Lundu, insiste em balbuciar com os dentes cerrados: - Já fui bom nisso...
O Lundu foi acusado pela corte portuguesa de ser contrário aos bons costumes e foi proibido. Sensualidade e jocosidade nas letras é o Lundu minha gente! Vem Lundu com tuas morenas requebrando(só as meninas, peloamordedeus!!!), vem assim mesmo, requebrando... Com toda a tua licenciosidade, vem... assim que é bom!!!
E quando o paraense sente banzo, o melhor é chorar ao rítmo do Lundu... Foi isso que o mestre Bueres fez... Chorou tanto em São Paulo que as lágrimas viraram um Lundu marajoara, ele insiste em dizer que é uma prece... Tá bom, mermão! É a “Cachazzística Prece Marajoara”, segundo a lenda, o mestre Bueres encheu uma cuia com a cachaça de Abaeté, com as duas mãos apanhou a cuia e a levou ao alto da cabeça, talvez pedindo bençãos, para depois jogar todo o conteúdo da cuia na goela abaixo...O cara ficou em transe e saiu a música enxutinha... Pelo menos assim diz a lenda.
Ainda perdura o Lundu em dança de roda, encontramos essa modalidade na Ilha do Marajó e aqui em Belém.
A música abaixo está no 1º Cd do "Mestre Bueres e a Comitiva do Estrelado", por favor, prestigiem comprando o Cd, pode deixar que a gente envia para toda a parte do mundo, é verdade!!!
Nessa música, continuo fazendo a 2ª voz, "como é difícil enfrentar satã somente com orações"... Os amigos sabem que não posso ofuscar o cantor principal, obrigado pelo apoio, mas continuarei na 2ª voz e só.

22 comentários:

Anônimo disse...

Onde foi Gravado este belo exemplar de Musica Paraense, quem produzio ?,posso saber, quem é o canto gregoriano?

Anônimo disse...

Sr. Pedro,Parabens! Parabens ! Parabens ! MIL VEZES ! Não tenho palavras a encontrar não estas.É um frondoso orgulho perceber que enfim somos culturalmente siameses. Se há um quê de Portugal nesta pagina, que o encanto é pois brasileiro, e o melhor,da terra Amazônia, onde não supunha desncantar esta rara pérola musical a modo de sucesso em qualquer lugar da terra. Congratulações ao fino menestrel Bueres e sua encantada Comitiva das Estrelas.

Abraços

Nuno Setubal, Porto - Portugal

E.T. É extremamente interessante informar sobre como estaremos a fazer para aquisitar a obra.

Anônimo disse...

Professor Pedro, esta prece é uma trilha de beleza folclorica espetacularmente paraense, muito linda a letra da musica que já é "supersenxual" por natureza.O cenário musical de Belém esta enriquecido um pouco mais com esta divina contribuição. Viva longa a Comitíva !. O presente que darei de natal aos amigos e parentes já esta escolhido...rss,rss,rss,rss !

Bj
Sivia Meira

Anônimo disse...

Fala, pedrão. Estava de serviço no gabinete e dando uma espiadinha no teu blog, que é firme, tomei um susto com a essa coisa mais louca ( em beleza) que fez bater uma saudade ( e orgulho dai)o que foi que fez o bueres que estava devendo essa a muito tempo? encontrei com ele e o rocha na passeata do forum social mundial, mas esses porras não dizeram que estavam com a comitiva, tô sabendo agora, se bem que o bueres portava um estandarte vermelho que pensei que era do PT.Se voces forem ver, voces são desafiadores. Em julho vou esta aí pra me juntar tambem com voces.Vão mandando! Um breve tchau.

Toninho

Base Naval de São Pedro da Aldeia, R.J

Anônimo disse...

Pedro Nelito, onde tu andas,companheiro?.

A cachazzística prece promete fazer história. Fiquei encantada.Tambem vai fazer vítimas: a mesmice e o mal gosto que campeia faz tempo por aqui por Belém.

Tuchê !

Marcinha (sema)

Flávia Sena disse...

Adorei!
bjs

citadinokane disse...

Anônimo,
Foi gravado aqui mesmo em Belém com o maestro Jango na batuta... O gregoriano é segredo, ahahaha...

citadinokane disse...

Nuno,
Querido visitante, sempre a impregnar este humilde espaço virtual de energias das mais positivas.
O fado português também é muito aprazível aos meus ouvidos e alma, e quanto a nossa obra, ou melhor, a obra do mestre Bueres, todos nós nos emocionamos com a tradução da saudade da terra marajoara, vindo de um caboclo que morou no meio da selva de pedra(São Paulo), através do ritmo e letra esparramando ternura e sensualidade...
Depois divulgarei como iremos vender o Cd, ok?! E muito obrigado pelo incentivo e continuaremos com a Comitiva levando música e esperanças para a cultura amazônida.
abraços,
Pedro

citadinokane disse...

Sílvia Meira,
Vida longa à Comitiva!!!
Viva! viva! viva!!!
Obrigado pela generosidade, existem outros artistas produzindo coisas boas.
Conto com a tua contribuição para saldarmos nossas dívidas com os músicos, compre mesmo o nosso Cd, ahahaha...
beijos,
Pedro

citadinokane disse...

Ei Toninho!
Sumiste garaio!
Tu fazes parte da Comitiva, vamos começar as apresentações por Ananindeua.
O Cd tá muito legal, vê se oferece aí para os milicos, nós vamos cobrar um preço bem em conta ainda à definir...
Vem logo, mermão!
Abraços na tua esposa e se possível mostra esse som para o Leonildo.
Valeu!
Pedro

citadinokane disse...

Pô Marcinha!
Mandaste bem, agora é deixar os caretas de lado e seguir em frente.
Saudades de ti, continuo no mesmo lugar, tu sabes!
O Bruno "Cabeção" Soeiro manda um forte abraço pra ti.
Beijos,
Pedro

citadinokane disse...

Flavinha,
Tu sempre sumidona, hein!?

Anônimo disse...

Professor Nelito, Lindo ! ! ! sendo assim, tambem queremos ir pro Marajó pra encontrar com a turma da comitiva.Vcs vão?,valendo ?

Beijinho
Amanda Lopes e Nato (meu porquinho Lindão fofinho...huau,huau,huau!)

Anônimo disse...

Professo,Pedro.Tudo de bom, massssssss, não vamos nessa barca pro Marajó,não:esse negócio de levar "umbigada" do bueres pode não da certo. Um abração da mortal alvi-azul cesupeana ! ! !

Nonato Farias

Anônimo disse...

Ma rapá, que bonito mermão.É musica pra embalar umbigadas com nossas cabocas patroas.
Diga lá como a gente faz pra comprar um cd?????
O Bueres é forte.
Abraços
Tadeu

Anônimo disse...

Pedro.Acho que é quase infantil essa estória toda.Não da pra acreditar,mas de modo geral a gente se sente orgulhosa de se sentir motivo de musicas bonitas,mesmo que seja de mentirinha,rirsssss.Diga pro Edu que queremos saber quando voces vem aqui em Abaetetuba pra se apresentar com a banda do estrelado e como fazemos pra comprar um cd.Diga pra esse meu doido de coração esquisito, que ele foi embora daqui mas esta comigo, mal ou bem guardei mesmo não querendo, as melhores lembranças e que toda a turma,do bar sal e mel,estamos com saudadedo seu violão e sua voz bonita.
bj
Nilzette, Abaetetuba

citadinokane disse...

Amanda,
Ahahaha... A Comitiva vai adorar o reforço de vocês. Vamos fazer essa excursão e com certeza serás convidada juntamente com o Nato, ok?
Beijos

citadinokane disse...

Nato,
São as morenas que vão dar umbigadas na gente, mermão!
abraços

citadinokane disse...

Hermano Tadeu,
O teu Cd vai agora nessa semana com todas as dedicatórias, rsrsrs...
Viva a umbigada!!!
Viva o Lundu!!!
Mas sem as 2ª e 3ª vozes ele não seria nada, viu?!
abraços manovelho,
Pedro

citadinokane disse...

Nilzette,
És a musa cachacística? Abaeté, né?!
Brincadeiras de lado, nós iremos ao teu encontro com a "Comitiva do Estrelado", verás...
beijos,Pedro

Anônimo disse...

Pedro,Gostei muito dessa "viagem".Confesso que já estava cansado de escutar obras do folclore regional sem a "graça".Esta proposta, sem duvida, é uma nova pagina que chega numa boa hora. Gostaria de rodar o CD na mossa Rádio Nova Esperança, que é a "namoradinha do Coqueiro" e abrange sete bairros no município.Diga como fazer pra conseguir o CD. Um forte abraço pra voces!
Bueres, cadê vc cara?

Cabral

citadinokane disse...

Ei Cabral!
O Eduardo vai ao teu encontro, com certeza!
Obrigado pelo apoio mermão!
Tomara que o Estrelado faça sucesso na tua rádio.
abraços,
Pedro