quinta-feira, maio 28, 2009

TERRA DO MEIO - Eu Vou!!!

Se alguém perguntar por mim, pode dizer que eu fui para o Restaurante Terra do Meio...
Recebo o convite do amigo Lafayete para visitar o restaurante que o pai dele inaugura no dia 30/05.
EU VOU!!!


"Terra do Meio – restaurante rural
Um lugar para ser feliz.
Enfim um restaurante rural paraense!
Maniçoba, Pato no Tucupi, Caruru e vatapá (à moda do Pará), claro que tem, mas tem também as peixadas.
Filhote, pescada, tamuatá no tucupi, tucunaré, pirarucu, tambaqui, camarão e caranguejo, de toda maneira, galinha caipira, daqui mesmo, do terreiro, assada e ao molho pardo.
Baião de dois com torresmo.
Tem tartaruga, sim senhor! Paxicá, guisada, picadinho, meu Deus. São de comer rezando.
A inspiração foi, inicialmente, da maravilhosa cozinha do Baixo Amazonas, by Rose Salame.
Tem picanha e filé mignon. Alto, mal passado, bem passado, com fritas, purê, farofa de ovo.
E, agora, vem o mais importante:
Tudo isso em um parque ecológico, em Marituba, a 15 minutos de Belém, com 200.000 metros quadrados de rios, e floresta.
Dois quilômetros de trilhas. O silêncio, a toda hora é quebrado pelo cantar dos pássaros, ou pelo papo dos visitantes. E o assunto é sempre o mesmo, as plantas, as árvores, os pássaros e, quem sabe, uma cotia distraída almoçando debaixo de uma castanheira ou cumaruzeiro.
Tem ainda o passeio de canoa pelo rio, debaixo das árvores do igapó ou em meio ao tapete de mururé.
Pode até dar comida para os peixes. Comida que peixe gosta. Peixe e tartaruga.
É programa para homem, mulher, menino e menina, grandes e pequenos. Aquilo que os antigos chamavam de família.
É programa para a turma.
Para o almoço do executivo que tem pouco tempo durante a semana.
Enfim, é a Terra do Meio.
Um lugar para ser feliz.
Em tempo: Abre para o almoço a partir deste sábado, 30.05.
Venha. Vai ser bom."

22 comentários:

Lafayette disse...

Pô meu caro, valeu de montão!!!

Leva uma calção de banho (este papo mde sunga é coisa de gringo rsrsrs), para rolar um banhoso no lago-tira-ressava que tem lá!

M. Nilza disse...

Ahhhhhhhhhhhhh eu tbm quero ir!! pq é tão longe?

Beijos
protestos

Lafayette disse...

Nilza, é longe porque, do jeito que estão derrubando as reservas florestais aqui de Belém, só mesmo lá pra Marituba é que se poderia fazer um restaurante verdadeiramente rural.

Mas, nem é tão longe assim, uns 15 kms e dentro da Região Metropolitana de Belem. Quando der, passe lá!

Abraços.

Anônimo disse...

Obaaa , Pedrão
quando for aí de novo já temos um lugar pra comer coisa boa enquanto analisamos a pureza da cerpinha.rsrs , aí a gente convida esse tal de Lafa que é um cabra porreta.
Abs
Tadeu

citadinokane disse...

Lafa,
Vou levar o meu bermudão, ahahaha...
O sítio velho de guerra virou restaurante, paid'égua!!!
A patroa ficou feliz e já estamos nos planejando para o sábado.
Um abração!

citadinokane disse...

Nilza,
Bom é aqui... Vem logo!
abraços

citadinokane disse...

Lafa,
Manda logo a passagem pra ela mermão! A Nilza é blogueira amiga e muito sensível, viu?!

citadinokane disse...

Tadeu,
Atrasei um pouco a encomenda por conta do CD, esgotado a primeira remessa, mas já está tudo normalizado... Vai chegar direitinho nas tuas mãos.
E vem mesmo com a D. Bia e os rebentos.
abraços

Newton Pereira disse...

Pofessor, quando chegar em julho em Belém, já tenho onde matar saudade de nossas comidas.

Newton Pereira

citadinokane disse...

Estive na inauguração, um dos primeiros a chegar... Muuuiiito bom!!!
Podes visitar o restaurante sem medo, cerveja só cerpinha, ou como dizem os cariocas "Cerpa Export".
Abraços Newtinho.
Pedro

alessandro amaro disse...

Terra da desorganização

Longe de ser ou de querer ser um cara exigente ou chato, me sinto na obrigação de relatar aos leitores a minha saga no restaurante Terra do Meio.

Cheguei lá por volta de 12:30, curioso para conhecer as maravilhas da natureza e principalmente as da cozinha.

Estava com meus dois filhos pequenos, sobrinha, esposa, irmã e mãe.

Pedimos o cardápio e logo escolhemos a nossa refeição.

Medalhão de picanha a R$ 30,00, Filhote na manteiga por R$ 48,000 e Galinha caipira guizada por R$ 48,00.

Como vcs podem notar não se trata de um local barato.

E na espera da comida colocamos o papo em dia.

só que a comida demorou tanto que não tinha mais assunto.

por volta de 13:45, depois de cobrar da atendente chegou o primeiro pedido (filhote), inquirido sobre os demais pratos a mesma disse que a cozinha estava uma confusão só e que não sabia quando iriamos ser atendidos.

levantei e fui até a cozinha e lá fui informado que em breve seria atendido.

e eu esperando.

por volta de 14:15 chegaram a picanha e a galinha. A picanha totalmente crua e a galinha fria.

e para encerrrar a atendente colocou na minha mesa e depois retirou o pirão que acompanhava a galinha dizendo que era para outra mesa.

Conclusão.

Esperei, esperei e nada do pirão.

me aborreci, pedi a conta, paguei e fui embora lamentando o domingo perdido.

Uma pena pois o local e agradável, longe mas agradavel.

Lafayette disse...

Alessandro, se você me autorizar, passarei ao papai, dono do restaurante, o seu relato, para que tome, ou não, as providências para melhoria.

Ou, se não for pedir muito, você pode enviar diretamente a ele, pelo e-amil: andrecostanunes@gmail.com

Acabei de postar sobre isso lá no meu blog. Ele anotou o que viu e ouviu, mas, é sempre necessário obter relatos que não chegam.

A demora foi um dos (o maior) problema. Certo momento tinha setenta e tantas pessoas no local!

Acho que papai não esperava tanta resposta, mas... é assim. Torço que melhore, nos dois sentidos.

E, grande Pedro, publique mesmo as reclamações - lembra do Pequeno Príncipe? És eternamente responsável pelo teu carinho com os amigos!

Se não for pedir muito, copie e cole, informando a fonte, lá no meu blog para que eu possa sempre saber dos relatos possíveis e, se autorizado, repassar para o velho - ps.: acho que nem precisa de autorização, mas sempre é bom ser educado.

É isso.

Aquele encontro temático rolará, tenha certeza!

alessandro amaro disse...

Lafayette

Vc fica autorizado a usar o meu relato da melhor maneira possível.

Como vc sou amigo do Pedro e todos torcemos para o sucesso do restaurante do seu pai, desde que sejam feitos certos ajustes.

Lafayette disse...

Obigado, Alessandro.

André Costa Nunes disse...

Caríssimo Alessandro,

Teu comentário foi por demais contundente, mas infelizmente com toda razão. Ninguém merece ser tratado como foste.
"Mea culpa, mea maxima culpa".

Peço-te, encarecidamente, que voltes. Agora como nosso convidado.
Erramos. Pedimos desculpas. Quando voltares, as coisas estarão melhores, não ainda como gostaríamos, mas com tua ajuda, inclusive críticas, chegaremos lá.

Obrigado,

André Nunes

citadinokane disse...

Alessandro,
É lamentável o que aconteceu contigo, tenho certeza que será reparado...
Estive na inauguração, fui com a minha família e tivemos a primazia no atendimento, tudo correu muito bem, a comida excelente, a quantidade, tudo na medida certa... a chuva caindo preguiçosamente, eu ali olhando os peixes no rio, resumindo - estava feliz!
Tomei um susto ao ler o teu comentário, és uma pessoa muito sensata e volto a dizer: - Tenho certeza que os amigos André e Lafayete irão te proporcionar uma outra impressão do "Terra do Meio".
Na próxima iremos todos juntos, solicitaremos os nossos pratos com antecedência e iremos ficar sentados calmos e felizes olhando os peixes no rio e a chuva caindo...
abraços meu irmão de fé e faca amolada,
Pedro

citadinokane disse...

Lafayette,
O encontro temático iremos realizar com certeza!
abraços

citadinokane disse...

André,
Teu filho é nosso amigaço de longas datas, tal filho tal pai, pessoas humildes e generosas...
abraços,
Pedro

Lafayette disse...

Grande Pedrão do Estrelado!

Anônimo disse...

Achei du garaio a posição do Alessandro e principalmente o retorno do Lafa e do Sr André (dono da terra do meio).Lugares bons e que prosperam se fazem com críticas construtivas e com donos responsáveis.
Viva!!!!!!!
Pedro agora entre nós e que ninguém nos leia ; umas cerpinhas naquele lugar com cachaça feita pelo dono só me resta perguntar : Tem shuttle - service pra bebum????
Abs
Tadeu

citadinokane disse...

Lafa,
És do estrelado também!

citadinokane disse...

Tadeu,
Uma coisa é certa, se eu ficar doidão lá, o André e o Lafa mandam me entregar em casa são e salvo, ahahaha... É tudo parente, é tudo índio, são todos irmãos...