terça-feira, junho 23, 2009

Theatro do Tempo ou quando o vinho desperta amores perdidos...

Como se compõe uma canção?
Já comentei que ano passado eu e mais alguns amigos resolvemos criar o "Boizinho Estrelado", era uma forma de exercitarmos um tipo de arqueologia cultural... Ahahaha... Tudo começou como uma brincadeira e foi crescendo, crescendo...
Existiam tesouros a serem escavados, descobertos ou redescobertos, né?
A conclusão que chegamos - cultura é uma só! Apesar dos rótulos de popular e erudita.
Lembro que havia acabado de chegar com o Boizinho Estrelado e entregue o mesmo para o Mestre Bueres, e depois disse pra ele: - Vamos escrever na barra do boi o nome das pessoas que contribuiram para a confecção do boi?
Ele respondeu: - É uma idéia, bora ver!
Depois de duas semanas, numa aprazível mesa, um certo vinho português se derramava generosamente nas taças do CitadinoKane, Bueres e David Carneiro... Um violão e mais vinho! Lembrei de amores perdidos e numa poética do abandono, assim... deixa a vida e a brisa me levar, vida... leva, leva...
Sem enrolar a língua propus: - Vamos fazer uma música, agora?
Bueres e David levantaram as taças e gritaram: - Só se for agora!!!
Com a certeza de que o violão e nossas vozes se casariam, soltamos a gargalhada que o deus Dionísio sempre liberava quando o licor dos dioses transbordava os cálices...
E depois ficamos nos perguntando como fazer a música sem inspiração, sem inspiração? Mais um gole de vinho e... nada.
Resolvi balbuciar: - Vou escrever o teu nome na barra do boi, fiz uma promessa pra não te esquecer.
Bueres começou a dedilhar o violão, e a melodia começou a se desenhar, David jogou o líquido de duas taças de vinho português goela a dentro, pegou a caneta e o papel para rabiscar a letra.
Ao final, trocamos impressões, confidências mesmo, o mais novo dos três - o David, parecia um veterano nas coisas do coração, ahahaha... Falamos numa só voz: - Já amamos pra garaio!
A receita para fazer a música? Amar pra garaio!
Todos tivemos uma mulher que não queríamos esquecer, mas... Ahahaha... Ela resolveu esquecer da gente.
Lembro do dia da gravação, Bueres levou duas garrafas de uísque, ele tava muito nervoso e eu tremia direto. Bueres chegou e disse: - Numa reportagem sobre a vida do Cazuza, o parceiro dele dizia que eles tomavam quase duas garrafas de uísque quando iam gravar, talvez seja a chave do sucesso, né?
Se era a chave do sucesso ou não, começamos a beber todas, e realmente ficamos mais calmos, só que a gente começou a esquecer a letra... Mas conseguimos gravar a música que começou com um vamos fazer uma música.
Para finalizar, sempre existiu uma morena na minha vida...
O vídeo de nossa música vem com um texto lindo declamado por Bueres sobre a dimensão metafórica do boi.

Gostaria de dedicar este post para a blogueira Sandra Leite do Isso é Bossa Nova!

terça-feira, junho 16, 2009

Quero ficar no teu corpo...

Não curto tatuagem, mas respeito as pessoas que marcam para sempre o corpo com a tinta indelével da tatuagem.
Ah! tem uma tatuagem que gosto muuuiiito, poética, libidinosa, safada, ehehehe... É uma música do Chico Buarque com Ruy Guerra, o nome? Tatuagem! Tatuagem é o nome da música, ok?
"Quero ficar no teu corpo feito tatuagem
Que é pra te dar coragem
Pra seguir viagem
Quando a noite vem
E também pra me perpetuar em tua escrava
Que você pega, esfrega, nega
Mas não lava (...)"


Agora leiam o que aconteceu com a jovem belga Vlaeminck... Peloamordedeus! O tatuador encheu de estrelas o rosto da menina, isso não se faz, deveria pedir por escrito a permissão dos pais, né?!

A jovem belga Vlaeminck de 18 anos, da cidade de Kortrijk, a 90 quilômetros noroeste de Bruxelas, disse à polícia ter saído de um salão de tatuagem com 56 estrelas gravadas em um lado de seu rosto, depois de ter pedido apenas três. A jovem disse que adormeceu durante o processo, e acordou sentindo dor, quando seu nariz estava sendo tatuado.
O tatuador responsável por tantas estrelas tatuadas disse que Vlaeminck concordou em fazer as 56 estrelas.
"Ela concordou, mas quando seu pai viu, o problema começou", informou o homem ao jornal belga Het Laatste Nieuws.

Hard da pesada!

Fica reclamando do seu PC? Levanta a mão pro céu...

Semeando estrelas

Minha amiga Luciene mandou-me as imagens abaixo, gostei muuuiiito... Semeador de estrelas, é a cara do Bueres e do David Carneiro, semeadores de estrelas.
O semeador de estrelas é uma estátua que está em Kaunas, Lituânia.
Durante o dia pode até passar despercebida.
Um bronze a mais, herança da época soviética.
Mas quando a noite chega, a estátua justifica seu título.
Com a escuridão seu nome passa a fazer sentido.


domingo, junho 14, 2009

Liberdade infinita

Estive há duas semanas com o amigo Olivio e sua família no Restaurante Terra do Meio.
Diante da nascente do Rio Uriboca, com as crianças passeando de canoa, a todo momento falávamos da satisfação de contemplar lugar tão bonito...
Deixo a frase de Jean-Paul Sartre:

sexta-feira, junho 12, 2009

A quoi ça sert l'amour... Air France vôo 447.

"Segundo a Air France, o avião é um Airbus A330 e levava 216 passageiros e 12 tripulantes..."

Naquele fatídico 1º de junho, televisão ligada, madrugada escorrendo vagarosamente, escutei a notícia e pensei imediatamente nas famílias e prováveis vítimas... No desastre da TAM juro que eu acreditava na possibilidade de alguém se salvar, errei!
Com esse acidente da Air France, novamente, desejei do fundo do coração que o avião fizesse um pouso numa ilha do Atlântico e o milagre... Sou homem de muita fé! Acredito... Mas, infelizmente, o milagre não aconteceu...
Em silêncio respeitoso fico rezando pelas famílias brasileiras e francesas, só o tempo para cicatrizar essa ferida. No ano da França no Brasil, nos irmanamos na dor...

"A quoi ça sert l'amour ?
On raconte toujours
Des histoires insensées.
A quoi ça sert d'aimer ?"
(Edith Piaf)

quinta-feira, junho 11, 2009

Alto a la massacre en la Amazonia Peruana!!!

O Subcomanadante Matos enviou-me e vamos divulgar o massacre contra os indígenas peruanos na Amazônia.
A situação é grave!

"Organizaciones indígenas de seis países acusan al presidente del Perú por masacre y genocidio. En Bolivia creen que García es un instrumento del imperialismo para socavar el avance de los pueblos.
Las organizaciones indígenas de Bolivia, Perú, Ecuador, Chile, Colombia y Argentina anunciaron hoy que harán todo lo posible para llevar ante un tribunal internacional al presidente del Perú, Alan García, por la masacre genocida perpetrada este viernes contra los pueblos de la Amazonía.
“Impulsar el juicio internacional a Alan García Pérez y su gobierno, por su entreguismo y la represión” es la principal demanda de la Coordinadora Andina de las Organizaciones Indígenas, que representa a los originarios de los seis países sudamericanos, tras conocerse los primeros informes de la masacre en las selvas peruanas, en las zonas de Corral Quemado y Curva del Diablo".

"Llamado hecho por : Alain Lipietz, Presidente de la Delegación del Parlamento Europeo con os Países de la Comunidad Andina de Naciones, y Vicepresidente de la Asamblea parlamentaria Euro-Latinoamericana (EuroLat)Y José Bové, Antiguo Portavoz de Via Campesina, diputado europeo (Europe Ecologie) para la circunscripción del Sur-Oeste de Francia, electo el 7 de junio 2009.
Acabamos de tomar conocimiento con horror del baño de sangre que acaba de producirse, durante una operación aéreo-terrestre de la policía peruana contra manifestantes indígenas de la Asociación Inter-Etnica por el Desarrollo de la Amazonía Peruana (AIDESEP), quienes ocupaban la carretera Belaunde Terri en la zona « Curba del Diablo », en el departamento de Amazonas. Habrían más de 30 muertos, y parece que la policía trata de disimular los cuerpos. Paralelamente acabamos de informarnos que una orden de captura ha sido lanzada contra los dirigentes de AIDESEP y de su presidente Alberto PIZANGO.
Los pueblos indígenas manifestaban por la anulación de textos legislativos emitidos por el gobierno peruano, en función del acuerdo de libre comercio firmado entre los gobiernos del Perú y de los Estados Unidos, y que atentan contra los derechos de las comunidades nativas de la Amazonía Peruana, reconocidos por la Convención 169 de la Organización Internacional del Trabajo.
La delegación del Parlamento Europeo para los Países de la Comunidad Andina había alertado varias veces al presidente peruano Alan García, sobre el peligro para la paz social de su política de represión de los movimientos populares, en particular contra los pueblos indígenas, de la criminalización de sus representantes y de amenazas contra las organizaciones peruanas de defensa de los derechos humanos como APRODEH y contra su presidente Francisco Soberón.
Hacemos un llamado al Presidente Alan García para que interrumpa todas las operaciones contra las manifestaciones de los pueblos indígenas et(sic) invitamos a la Organización de los Estados Americanos a realizar una investigación independiente sobre los hechos ocurridos.
Pedimos al Presidente de la Comisión Europea, J.M. Barroso, a los Comisarios de Relaciones Exteriores y de Comercio Internacional, Sras. Ferrero Waldner et ( sic) Ashton, a suspender la « Ronda » en curso de negociaciones comerciales con el Perú, mientras que estos hechos no hayan sido esclarecidos y sus causas analizadas. Les hacemos un llamado para volver a una negociación de bloque a bloque entre la Unión Europea y la Comunidad Andina, subordinando todo acuerdo comercial a un dialogo político, especialmente sobre el respeto de los derechos humanos, como ha votado recientemente el congreso de los Estados Unidos en sus relaciones con Colombia".

ALTO A LA MASACRE EN LA AMAZONIA PERUANA!

La Articulaciòn Pan-Amazonica - en la construcciòn del Foro Social Pan-Amazónico- viene manifestar su dolor y solidariedad a los hermanos y hermanas de la Amazonia Peruana que fueran blanco de una acciòn cobarde y cruel por parte del gobierno peruano que cobrò decenas de vitimas fatales.
Esto golpe infame del gobierno Alan Garcìa visa destruir la justa resistencia de los pueblos amazònicos contra la impantación del TLC, la venta de las tierras indigenas y la derogaciòn de derechos imemoriales de los pueblos de la Amazònia Peruana.
Apoyamos firmemente el llamado de la CAOI por la formaciòn imediata de una Comissiòn Internacional de Verificaciòn y de nuestra parte todo haremos para expandir la solidariedad a los hermanos y hermanas peruanos por todo Brasil.
Ademàs, manifestamos nuestro entendimento que tal hecho denuenstra con claridad la necesidad urgente de los pueblos de la Pan-Amazonia se articularen con firmeza en la defensa de sus derechos e reivindicaciones comunes y para tanto refuerzamos el llamado y la invitaciòn a la Reuniòn General de los Movimientos y Entidades de la Pan-Amazonia a se realizar en 15 de julio, en Belém do Pará - Amazonia Brasileña.

Viva la Resistencia de los Pueblos de la Amazonia Peruana !

Coordinación de la Articulación Pan- Amazonica"

PEC 12/06 e nariz de palhaço.

Cara de palhaço, será esse o meu fim... Agora cada cidadão pode pegar o seu nariz de palhaço, caso tenha que receber do Estado ou Município alguma grana por precatório.
Precatório?
Explico.
Precatório é uma requisição de pagamento de quantia a que a Fazenda Pública foi condenada em processo judicial. Esta requisição de pagamento é encaminhado pelo Juiz da execução para o Tribunal de Justiça. Aí as requisições recebidas no Tribunal até 1º de julho de um ano, são autuadas como Precatórios, atualizadas nesta data e incluídas na proposta orçamentária do ano seguinte. O prazo para depósito, junto ao Tribunal, dos valores dos precatórios inscritos na proposta de determinado ano é dia 31 de dezembro do ano para o qual foi orçado.
Pelo Brasil a fora o nariz de palhaço vai vender para garaio!
O Senado aprovou em dois turnos, no último dia 1º de abril (justamente no dia da mentira!!!), a Proposta de Emenda à Constituição 12/06, conhecida como PEC dos Precatórios, é a emenda que altera totalmente a sistemática de pagamento de precatórios.
mermão! Quem tem dinheiro pra receber dos Estados e Municípios tá ferrado... Os senadores resolveram quebrar galho de administradores incompetentes, que arrepiaram com a cidadania e depois mandaram todo mundo tomar no fiofó e não acontece nada com eles, peloamordedeus!!!
Essa PEC 12/06 é de autoria do ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, o ministro Nelson Jobim, foi apadrinhada pelo senador Renan Calheiros, estão lembrados dele? Aquele que rolava e ralava com a jornalista gostosóia de Brasília...
A PEC 12/06 institucionalizará mais um calote público, o primeiro e o segundo calote remontam à moratória de 1988 (pagamento das dívidas públicas em oito anos); e à moratória da Emenda Constitucional 30/00 (pagamento das dívidas públicas em 10 anos). Estatísticas demonstram, caso a PEC 12 seja aprovada definitivamente, alguns municípios levarão dezenas de anos para quitar o pagamento do estoque atual de precatórios. O Estado do Espírito Santo levaria precisos 140 anos para saldar as dívidas atuais perante os respectivos credores, coitados dos velhinhos Capixabas...
A PEC 12 viola disposições constitucionais pétreas, a exemplo do direito adquirido e da coisa julgada, atingindo, até mesmo, o ato jurídico perfeito, garantias previstas na Constituição Federal de 1988 em seu artigo 5º, inciso XXXVI.
Abaixo fica a letra de Haroldo Barbosa e Luís Reis e um nariz de palhaço, ahahaha...

Palhaçada (Haroldo Barbosa e Luis Reis)

Cara de palhaço, pinta de palhaço, roupa de palhaço
Foi esse o meu amargo fim...
Cara de gaiato, pinta de gaiato, roupa de gaiato...
foi o que eu arranjei "pra" mim...

Estavas roxa por um "trouxa"
"pra" fazer cartaz.
Na tua lista de golpista,
tem um bobo a mais...

Quando a chanchada deu em nada,
eu até gostei.
E a fantasia foi aquela que esperei.

Cara de palhaço, pinta de palhaço, roupa de palhaço
Pela mulher que não me quer...
Mas, se ela quiser voltar "pra" mim,
vai ser assim...
cara de palhaço, pinta de palhaço...
até o fim...

Estavas roxa ... roxa por um "trouxa"
"pra" fazer cartaz.
Na tua lista de golpista,
tem um bobo a mais...

Quando a chanchada deu em nada,
eu até gostei.
E a fantasia foi aquela que esperei.

Cara, cara, cara de palhaço, pinta, pinta de palhaço, roupa de palhaço
Pela mulher que não me quer...
Mas, se ela quiser voltar "pra" mim,
vai ser assim...
cara de palhaço, pinta de palhaço...
até o fim...

(1961)

terça-feira, junho 09, 2009

Guerreiros, ouvi...

Sempre me tocou profundamente as linhas tracejadas por Gonçalves Dias no poema I-Juca Pirama, talvez pelo resgate da dignidade dos indígenas em versos, e acima de tudo por querer construir uma nação incluindo o elemento nativo, valorização...
Sou síntese...
Tenho raízes no Marajó, uma mistura italiana com indígena... Meu sentimento: - Sou bravo sou forte, sou filho do norte!!!

I-Juca Pirama (Gonçalves Dias)
Meu canto de morte,
Guerreiros, ouvi:
Sou filho das selvas,
Nas selvas cresci;
Guerreiros, descendo
Da tribo tupi.
Da tribo pujante,
Que agora anda errante
Por fado inconstante,
Guerreiros, nasci;
Sou bravo, sou forte,
Sou filho do Norte;
Meu canto de morte,
Guerreiros, ouvi.

domingo, junho 07, 2009

Frescobol! Tô Dentro...

Viajando pela blogosfera encontrei o blog da Lu - Viva Agora, e tomei emprestado o texto "Frescobol", de Rubem Alves (O Retorno Eterno, EditoraPapirus), depois de ler, decidi de uma vez por todas - não jogo mais tênis! Prestem bem atenção! Tênis pra mim só o calçado, ok?!

Frescobol (Rubem Alves)
"O tênis é um jogo feroz.(...)
Joga-se tênis para fazer o outro errar.
O bom jogador é aquele que tem a exata noção
do ponto fraco do seu adversário,
e é justamente para aí que ele vai dirigir a sua cortada
- palavra muito sugestiva, que indica o seu objetivo sádico,
que é o de cortar, interromper, derrotar.
O prazer do tênis se encontra, portanto,
justamente no momento em que o jogo
não pode mais continuar porque o adversário
foi colocado fora de jogo.
Termina sempre com a alegria de um
e a tristeza de outro.
O frescobol se parece muito com o tênis:
dois jogadores, duas raquetes e uma bola.
Só que, para o jogo ser bom,
é preciso que nenhum dos dois perca.
Se a bola veio meio torta,
a gente sabe que não foi de propósito
e faz o maior esforço do mundo para devolvê-la gostosa,
no lugar certo, para que o outro possa pegá-la.
Não existe adversário porque não há ninguém a ser derrotado.
Aqui, ou os dois ganham ou ninguém ganha.
E ninguém fica feliz quando o outro erra
- pois o que se deseja é que ninguém erre.
O erro de um, no frescobol, é como ejaculação precoce:
um acidente lamentável que não deveria ter acontecido,
pois o gostoso mesmo é aquele ir e vir, ir e vir, ir e vir...
E o que errou pede desculpas;
e o que provocou o erro se sente culpado.
Mas não tem importância:
começa-se de novo esse delicioso jogo
em que ninguém marca pontos...".

terça-feira, junho 02, 2009

Manaus, Boto Cor-de-Rosa, Morubixabas, Tuchauas e Copa do Mundo de Futebol.




Manaus foi escolhida como sub-sede da Copa de 2014.
Os maiores jornais de Belém - "Diário do Pará" e "O Liberal" estamparam manchetes que expressavam indignação pela não escolha, inclusive encontrando culpados: Prefeitura de Belém e Governo do Estado.
Compreendi há algum tempo que era uma batalha perdida, Juca Kfouri já havia antecipado o resultado meses atrás. Nós estamos lidando com personagens ávidos por verdinhas(dólares), Joseph Blatter, Ricardo Teixeira e João Havelange.
Prestem bem atenção! O governador do Amazonas se acercou de personalidades impolutas da política brasileira, que proporcionaram atalhos aos Morubixabas e Tuchauas da bola, os donos do futebol mundial... Um título de "Cidadão Protetor do Meio Ambiente" e outro de "Amigo da Mata" dado pelo governador do Amazonas, e pronto... Temos um Ricardo Teixeira todo se desfazendo em elogios para o boto cor-de-rosa Eduardo Braga...
Alguém esqueceu da CPI da Nike???
Em 17 de Setembro de 2001, o ministro Nelson Jobim, do Supremo Tribunal Federal, proibiu a remessa e a divulgação de original ou cópia do relatório da CPI da Nike, da Câmara dos Deputados. A limitação se estendia a documentos e dados relativos à CBF ou ao presidente da entidade, Ricardo Teixeira. A decisão foi deferida no Mandado de Segurança (MS 24054) impetrado pela CBF contra ato da CPI da CBF/NIKE, da Câmara dos Deputados.
Estamos falando de pessoas poderosas.
Sou crítico do Prefeito Dudu, mas nada do que ele fizesse reverteria o que já estava escrito, ou melhor, acertado...
Nada do que a governadora prometesse mudaria o que já estava decidido. Definitivamente, eles não são culpados!
Na questão técnica tudo era favorável ao município de Belém: Estádio lindo e restando apenas 25% do que era exigido pela FIFA; Aeroporto moderno e novo; As vias de acesso todas - aéreo, terrestre, marítimo...
Talvez a questão do estádio tenha sido decisivo, à boca pequena se fala que o filho do Joseph Blatter que é arquiteto teria participação na reconstrução do Estádio Vivaldo Lima, se for verdade, apenas lamentamos o uso da Copa do Mundo de Futebol para o enriquecimento de poucos.
O que mais me aborrece é a postura do Presidente da Federação Paraense de Futebol - Coronel Antonio Carlos Nunes, sempre com um comportamento autista, gosta de culpar todo mundo e não se posiciona... Mas, dificilmente se posicionará, é amigo de puxar a bolsa escrotal do Teixeira, também pudera, sempre que o futebol paraense leva a pior, ele se dá bem, o Ricardo Teixeira sempre o nomeia para presidir a delegação brasileira em algum evento que a Seleção Brasileira participa, tanto a profissional como a amadora... Detalhe, com direito a levar a sua esposa com tudo pago pela CBF. É uma maravilha!!!
Agora mesmo, após a escolha de Manaus para sub-sede do Mundial de 2014, ele foi designado pelo amigo Ricardo Teixeira a presidir a delegação brasileira à Copa das Seleções na África do Sul, poderia ter ficado solidário ao povo paraense, né?! Duvido que ele abra mão, d-u-v-i-d-o!
Acima as fotos do mais belo estádio do Brasil, prontinho para a Copa, mas como ele já está construído, não interessa aos Blatter.
O povo de Manaus tem que comemorar, um povo maravilhoso, não tem nada a ver com o que rola por debaixo dos panos...