domingo, agosto 30, 2009

???

"90 pessoas apanham a gripe Suína
e todo mundo quer usar uma máscara.
Um milhão de pessoas tem AIDS
e ninguém quer usar um preservativo."

quinta-feira, agosto 27, 2009

A Verdade do Procurador por Roberto Pimentel

Amigo enviou-me artigo escrito pelo Delegado de Polícia Civil - Roberto Pimentel, no qual o mesmo faz uma análise sobre o caso que abalou a todos nós professores e profissionais da área jurídica do Pará. O caso que o artigo faz referência teve repercussão nacional e exige de todos os cidadãos reflexão profunda sobre a cultura do álcool, isto é, os abusos praticados por pessoas de bem que se transformam quando ingerem a desgraçada...
Não se pretende arreganhar a ferida, mas não há como sará-la sem que se aponte as causas do sangramento, Roberto sai em busca dessas causas...


A Verdade do Procurador (Roberto Pimentel)

Parece absurdo, mas estudo do Ministério da Saúde revela que diariamente no Brasil 290 mil pessoas dirigem alcoolizadas. E o excesso de bebida muitas vezes destrava a língua e revela o caráter do homem, emergindo aquilo que jaz no recôndito da alma. Foi o que aconteceu recentemente com um Procurador do Estado, ao ser apanhado inteiramente sob o efeito do álcool, segundo teste do bafômetro, indo parar em uma delegacia de polícia, onde passou a lançar diatribes contra os policiais presentes, cuja conduta alcançou difusão nacional. Não tão jovem, nascido em berço de ouro, terceira geração de família tradicional de juristas, com o currículo recheado de títulos conquistados aqui e no exterior, ao se encharcar da “mardita”, da “manguaça”, como qualquer mortal, desandou em revelar o que se passa em seu íntimo. Está no Evangelho que “a boca fala do que está cheio o coração”. A situação me trouxe à lembrança a batalha “tipo Davi e Golias” que a categoria de Delegados de Polícia trava junto ao Judiciário contra o governo do Estado para ter seus vencimentos paritários aos da categoria do bebum multi-diplomado, a sonhada isonomia, cuja luta se arrasta há mais de quinze anos, parecendo ainda longe seu desfecho. Os procuradores nunca externaram o que se imagina que pensam de nós, mas um deles não conseguiu segurar. E “se achando”, como coloquialmente virou moda, até com certa razão, vomitou seu aziúme. Pois, sendo detentor de maior conhecimento técnico, defendendo o Estado dos ataques judiciais ao erário, a maioria motivada pela má gestão de seus agentes, a começar pelo maior deles, acha que merece gozar os privilégios de uma casta de servidores aristocráticos, enquanto, os policiais, que defendem mal, que se diga, não porque não se esforcem, mas pela indigência de condições, mas defendem o cidadão, ou melhor, a coletividade, dos ataques à segurança de seu patrimônio e da sua vida, mesmo vivendo como os dahlits. Contra as imagens e sons gravados dos fatos não há argumentos. Afora o crime de trânsito, pelas concepções doutrinárias o procurador não cometeu desacato, porque, apesar de sua douta formação, não podia avaliar sua conduta quanto às ofensas irrogadas à honra do servidor público no pleno exercício de suas atribuições. “Tu és um otário, eu posso de chamar de otário, tu não pode, sabia disso?”(sic), “tu vai ser segurança de gente que vai te pagar, tu vai ficar gordo... tu vai virar corrupto um dia...”(sic), “eu sou advogado, eu sou Procurador do Estado”, “tu sabia que tu é babaca?”(sic) E nesse tom o doutorzinho desfiou tudo o que seu coração guarda: o preconceito, o nojo, o desprezo, por quem desempenha uma atividade simples, modesta, humilde, mas tão importante, tão necessária quanto a do advogado do Estado que enche a cara e sai dirigindo pela cidade, colocando em risco sua vida e a de seus semelhantes, principalmente os pedestres. Se não fosse contido, poderia, sabe Deus, imitar o deputado paranaense que recentemente, em condições semelhantes, ceifou duas vidas ainda jovens. Devia ele ficar eternamente agradecido por ter sido preso, interceptado ainda com vida, sem maiores prejuízos para si e para outrem, com sua integridade corporal preservada, diferentemente como ocorreu com o parlamentar, evitando maiores dores a sua família e famílias alheias. Em outro país, quem sabe, mesmo que não fosse para a cadeia, ele iria passar semanas realizando serviços educativos à comunidade, como forma de minorar seu ato, não bastando seu mea culpa simplório. Mas, um fato foi revelado: o conceito que o procurador tem de policiais, incluindo delegados, contra quem litiga em prol do Estado.


___________________________
Roberto Pimentel é Delegado de Polícia Civil

quarta-feira, agosto 26, 2009

NIVITO GUEDES em 1/4 de Música no Schivasappa

Tenho grande admiração pela Família Guedes de Macapá, é uma família extremamente musical...
Ficava boquiaberto quando o Patriarca da Família, resolvia demonstrar a sua habilidade no violino, muuuiiito bom! Aqui em Belém, morei no condomínio onde morava o clã Guedes de Macapá, a Lurdinha é professora de música e virtuose em flauta transversal, o Ernani tocava um violão legal e por aí vai. Divulgo o Show do irmão da Lourdes, já assisti um Show dele na Tv Nazaré e gostei bastante.
É o pessoal do Cabo Norte chegando!


Projeto 1/4 de Música do teatro Margarida Schivasappa
apresenta

Show NIVITO GUEDES
Local: Teatro Margarida Schivasappa/Centur
Dia: 02 de setembro/2009
Hora: 20h
Ingressos; R$ 10,00 (meia R$5,00)


NIVITO GUEDES violonista, cantor e compositor. “TODAS AS LUAS” é o seu primeiro Cd solo, gravou um CD single “Tô em Macapá”. Participou do DVD “Especial da Música Popular do Amapá”, gravou músicas em CD’s de coletâneas, documentários, clips, festivais e tem suas músicas gravadas nas vozes de Interpretes da música Amapaense. Em novembro de 2008 participou do projeto Amapá Encantos no SESC Ipiranga em São Paulo, onde gravou um DVD dividindo o palco com Lucina, Zé Renato e Osmar Jr. Sob a direção artística de Nilson Chaves. Já tocou com Celso Viáfora, Pery Ribeiro, Nilson Chaves, Adamor Ribeiro, Paulo Moura entre outros.
Seus shows são sempre marcados pela irreverência rítmica de suas melodias, na qual mistura a cultura Amazônica, especialmente, o Marabaixo e o Batuque, folclore Amapaense, com os diversos estilos e gêneros da música brasileira, tudo isso aliado a uma forte influência do swing caribenho, caracterizando seus shows a um estilo próprio e único para cantar a nossa Música Popular Brasileira.
Especificamente neste show, NIVITO GUEDES canta seus 20 anos de carreira, contando no palco através de suas composições, histórias vividas ao longo dessa “estrada musical”.
Além do seu violão, NIVITO GUEDES será acompanhado por Fernando Merlino no teclado, Baboo Meireles no baixo e Aritanã na percussão.

A direção musical é de Eudes Fraga, que também faz uma participação no show.


CONTATO:
Lourdes Guedes 84129488
louguedes@hotmail.com

Nivito Guedes (96) 9976-4906 / 8112-7594
nivitoguedes@yahoo.com.br

segunda-feira, agosto 24, 2009

Os marcianos estão chegando...

A colega de trabalho Érica enviou-me uma mensagem dizendo em letra maiúscula: CUIDADO! OS MARCIANOS PODEM INVADIR A TERRA.
Fiquei pensando será que a Érica quer tirar uma de Orson Wells?!
Depois li o restante da mensagem...
Cuidado! Os marcianos estão chegando, hein!!!

Vamos ler a mensagem da Érica:
"O Planetário Internacional de Vancouver, da British Columbia - Canadá, calculou a precisão em que Marte estará orbitando perto da terra. Será no dia 27 de agosto de 2009.
Todavia, o mais interessante de tudo é que isto estava previsto em um código Maya, encontrado na pirâmide ao lado do Observatório Estrelar em Palenque, Chiapas -México.
Com este cálculo matemático Maya, agora os Mayas estão sendo vistos como os gregos da América, e orgulho da Guatemala.
Pelo menos, quatro ou cinco gerações da humanidade não voltará a ver este fenomeno natural, e poucas pessoas sabem até o momento, embora tenha sido noticiado em 11 de maio de 2009.
Duas Luas no Céu.
No dia 27 de Agosto, à meia noite e meia, olhe para o céu.
O planeta Marte será a estrela mais brilhante do céu, e será tão grande quanto a lua cheia, e estará a 55,75 milhões de kilometros da terra.
Não perca!!
Será como se a terra tivesse duas luas, e este acontecimento só se produzirá no ano de 2287.
Divulgue esta informação, pois quase ninguém terá a oportunidade de rever."

sábado, agosto 22, 2009

Genérico do Tamiflu: Tamofu!!!

Graças ao bom Deus e o nosso parlamento, principalmente com a força dada pelo senado, o Brasil produziu o genérico do Tamiflu, agora a preocupação com os porcos é coisa do passado, gripe suína o quê?!
Ei mermão! Tá tudo dominado com o genérico Tamofu...
Quem vai testar?


Quo Vadis, Marina?


Nosso querido amigo e companheiro de muitas lutas e sonhos - David Carneiro, compartilha com a gente a sua preocupação sobre a saída do PT de Marina Silva, considera que ela e outros que estão abandonando o barco deveriam continuar para disputar a hegemonia e dar outra direção para o Partido dos Trabalhadores, acredita o meu amigo que dificilmente haverá outra oportunidade de implementarmos reformas que insiram os esquecidos da nossa República. O perigo, real, seria a Senadora Marina Silva ser deletada da cena política, por falar nisso, por onde anda a ex-Senadora Heloísa Helena???
Reflitam com o estudioso David Carneiro:
"E agora, Marina?

1 - Ontem foi um dia marcante. Poucas horas depois de ter lido a notícia de que a Marina Silva tinha saído do PT, assisti a um debate promovido pelo pessoal do jornalismo com a presença da Senadora. A verdade é que Marina sempre foi uma referência para mim. Sua luta com Chico Mendes e outros companheiros para construir um partido onde trabalhadores e trabalhadoras pudessem expressar suas bandeiras, foi decisiva para minha formação política.
2- Dentre as razões de Marina, destacaria duas que até certo ponto estão condicionadas. A primeira delas é o fato de que hoje, no PT, as pautas ambientais são apenas uma preocupação setorial e não fundamental como deveriam ser. Além disso, a governabilidade a qualquer preço, sob o pretexto de defender o que construímos até então com o Governo Lula, está desacreditando as novas gerações e empurrando o partido para uma total desfiguração ética e programática.
3 - O que fazer então? Marina decidiu seguir seu próprio caminho. Mal começou e as contradições já começam a bater na sua porta. Como ela fará do fisiológico e direitista PV o eixo de novas mudanças institucionais e culturais?
4 - Uma preocupação que sempre tenho é que candidaturas progressistas alternativas à polarização posta entre PT e PSDB não raro são utilizadas pelos setores conservadores para desacreditar a esquerda como um todo. Não foi sem espanto que hoje li em "O Liberal" que Marina havia dito durante a palestra que Lula não levava a Amazônia à sério. Mentira. Quem esteve lá que o diga. Além do mais, se isso fosse verdade, Marina, que foi ministra do Meio Ambiente no Governo Lula até pouco tempo, também não teria levado à Amazônia a sério.
5 - Assim, também não foi sem espanto que percebi a presença do ex-governador Simão Jatene na palestra de ontem, sob aplausos de boa parte da platéia. Jatene, para quem não se lembra, foi ligado ao grupo que em 12 anos de governo sequer criou uma secretaria para tratar da questão ambiental com exclusividade. Além disso, faz parte do partido que defende sistematicamente os interesses dos madeireiros predatórios e dos latifundiários no Estado, criticando as operações ecológicas como contrárias ao desenvolvimento e defendendo no Congresso os interesses retrógrados das oligarquias paroaras.
6 - Como dizia Ítalo Calvino, através de seu Carlos Magno, o homem de ação sempre sente um apreço pelo movimento. Assim, torço pelos novos caminhos de Marina. Torço para que a decisão de Marina provoque, por um lado, reflexões mais profundas sobre os caminhos traçados pelo PT e que, por outro, aglutine um novo eixo progressista que não se sente representado nos caminhos tradicionais.
7 - Temo, no entanto, que sua liderança acabe sendo utilizada para garantir os interesses paroquiais de pequenos partidos fisiológicos e que, seu público, fique restrito a uma classe média que está mais preocupada em dar respostas a seus problemas éticos consigo mesma do que resolver os problemas do país. Dupla preocupação que se reflete na presença de alguns políticos carimbados em sua platéia e na postura de muitos jovens mal-educados que não tiveram sequer paciência de ouvir a Senadora até o final do seu discurso.
8 - Em tempos de esperança equilibrista, no entanto, Marina, mais do que nunca, é uma referência por onde passa. Como suas bandeiras ainda não se tornaram política pública, agrada a todos. O que será de Marina e do seu público, no entanto, quando a esperança começar a vencer o medo e os representantes do medo tentarem sepultar mais uma vez a esperança? Espero que os amigos de Marina também saibam apontar os adversários."

sexta-feira, agosto 21, 2009

20 anos sem o "cara" que nasceu há dez mil anos...


Raul Santos Seixas, o nosso eterno "Maluco Beleza", nasceu em Salvador(28/06/1945) e sofreu a sua última grande metamorfose-ambulante (morreu) em São Paulo(21/08/1989).
O baiano Raul Seixas se desembaraçou do corpo físico em decorrência de uma parada cardíaca, ele tinha apenas 44 anos, esqueceu de tomar insulina, era diabético, e encheu-a-lata... Pancreatite aguda fulminante fez o coração se desorientar, Dalva o encontrou às 8h da manhã já sem vida.
Morria ali o artista que bradava aos quatro cantos que havia nascido há dez mil anos atrás...
Ele sabia demais, e sabia mesmo! O que dizia a letra da música "Eu nasci há dez mil anos..." Raul a encarnou em plenitude...
A atitude de Raul de questionar a sociedade consumista fez com que apresentasse a possibilidade de vivermos a "sociedade alternativa"... Ah! Ele era maluco?! Sim. Mas, qual o problema? Foram os malucos que mudaram o mundo.
Raul deu o seu recado, é isso aí!


Poliglota?!

Não sei se devo publicar, mas vou publicar.
Os caras ficam me enviando essas pavulagens, ahahaha... É curso daqui, é acolá, huuumm...
Bora ver se a gente aprende as palavras direitinho tá?


"CURSO: THE BOOK IS ON THE TABLE
O Brasil sediará a Copa de 2014. Como muitos turistas de todo mundo estarão por aqui, é imprescindível o aprendizado de outros idiomas (em particular o inglês) para a melhor comunicação com eles. Pensando em auxiliar no aprendizado, foi formulada uma solução prática e rápida!!
Chegou o sensacional e insuperável curso 'The Book is on the Table', com muitas palavras que você usará durante a Copa do Mundo de 2014.
Veja como é fácil!
a.) Is we in the tape! = É nóis na fita.
b.) Tea with me that I book your face = Chá comigo que eu livro sua cara.(essa é SEN-SA-CI-O-NAL !!!!! )
c.) I am more I = Eu sou mais eu.
d.) Do you want a good-good? = Você quer um bom-bom?
e.) Not even come that it doesn't have! = Nem vem que não tem!
f.) She is full of nine o'clock = Ela é cheia de nove horas.
g.) I am completely bald of knowing it. = Tô careca de saber.
h.) Ooh! I burned my movie! = Oh! Queimei meu filme!
i.) I will wash the mare. = Vou lavar a égua.
j.) Go catch little coconuts! = Vai catar coquinho!
k.) If you run, the beast catches, if you stay the beast eats! = Se correr, o bicho pega, se ficar o bicho come!
l.) Before afternoon than never. = Antes tarde do que nunca.
m.) Take out the little horse from the rain = Tire o cavalinho da chuva.
n.) The cow went to the swamp. = A vaca foi pro brejo!
o.) To give one of John the Armless = Dar uma de João-sem-Braço.

Gostou?
Quer ser poliglota?
Na compra do 'The Book is on the table' você ganha inteiramente grátis o incrível 'The Book is on the table - World version'!!!

Outras línguas:

CHINÊS
a.) Cabelo sujo = chin-champu
b.)Descalço = chin chinela
c.) Top less = chin-chu-tian
d.) Náufrago = chin-chu-lancha
f.) Pobre = chen luz, chen água e chen gás

JAPONÊS
a.) Adivinhador = komosabe
b.) Bicicleta = kasimoto
c.) Fim = saka-bo
d.) Fraco = yono komo
e.) Me roubaram a moto = yonovejo m'yamaha
f.) Meia volta = kasigiro
g.) Se foi = non-ta
h.) Ainda tenho sede = kiro maisagwa

OUTRAS EM INGLÊS:
a.) Banheira giratória = Tina Turner
b.) Indivíduo de bom autocontrole = Auto stop
c.) Copie bem = copyright
d.) Talco para caminhar = walkie talkie

RUSSO
a.) Conjunto de árvores = boshke
b) Inseto = moshka
c.) Cão comendo donut's = Troski maska roska
d.) Piloto = simecaio patatof
e.) Prostituta = Lewinsky
f.) Sogra = storvo

ALEMÃO
a.) Abrir a porta = destranken
b.) Bombardeio = bombascaen
c.) Chuva = gotascaen
d.) Vaso = frask

terça-feira, agosto 18, 2009

Tio Sukita e o Benzeno

Atenção!
Refrigerantes com benzeno:
- Fanta Laranja, Fanta Laranja Light e Sprite Zero (fabricados pela Coca-Cola);
- Sukita e Sukita Zero (fabricados pela Ambev);
- Dollly Guaraná e Dolly Guaraná Diet (fabricados pela Dolly).
O assunto é sério!
O pessoal que gosta de consumir os refrigerantes supracitados tem que colocar as barbas de molho e ficar mais atento.
O benzeno é uma substância cancerígena. Esta substância surge porque os refrigerantes acima analisados (pela "Associação de Defesa dos Consumidores - Pro Teste") utilizam o ácido benzóico(conservante) e o ácido ascórbico (antioxidante) que provocam uma reação formando o famigerado "benzeno"...
Desde maio a Pro Teste alertou as autoridades do Ministério da Agricultura sobre o risco para a saúde dos consumidores, mas ninguém tá nem aí pra essa parada! Vai ver porque os bacanas do Ministério só tomam suquinho natural.
Pô! O Ministério da Agricultura informa que não há limite estabelecido oficialmente para o benzeno em refrigerantes.
A Sukita tá no meio, alguém lembra do Tio Sukita? e a Sobrinha? Naquela propaganda o ator que encarnava o Tio Sukita era o Roberto Arduim e a Sobrinha gostosa era a Michely Machri.

Recordar é viver, vamos lá!
O Tio Sukita entra no elevador e a Sobrinha está bebendo uma Sukita, aí ele diz: - Tá gostosa... a Sukita?! Ahahaha...


Passado algum tempo olha a "Sobrinha do Sukita", é a Playboy subvertendo a juventude, a menina largou a Sukita e tirou tudo... Cabe a pergunta do Tio Sukita: - Tá gostosa...?

quinta-feira, agosto 13, 2009

Notícias do Juca

A vida numa correria e lá se vai um mês sem o nosso amigo Juca, o balcão do boteco que ele adorava (Ranulfo), o cantinho onde ele ficava urubuservando o movimento da rua, eterno vazio... ainda quando alguém inadvertidamente senta no lugar que era dele, o vazio vai mundiando o entorno.
A missa de um mês de falecimento do Juca foi hoje às 18h30 na Igreja do Rosário da Campina, celebrada pelo Padre Cláudio.
Para eternizar o nosso amigo Juca, o vereador José Scaff Filho do PMDB apresentou Projeto de Decreto Legislativo criando a “Medalha Honorífica Juvêncio Arruda”, esta honraria será concedida anualmente, na data de 17 de maio (Dia Mundial da Internet), para pessoas com atuação destacada na área do jornalismo regional com difusão via internet, empregando mídias de texto, áudio, vídeo, imagem ou quaisquer outras formas de comunicação digital. O projeto propõe-se estimular o jornalismo virtual em nosso Estado, em especial o que veicula matérias regionais.
Palavras do Vereador José Scaff no encaminhamento do Projeto:
“Juvêncio foi um dos pioneiros em nosso Estado a divulgar idéias, fatos, comentários, análises políticas e notícias de bastidores na celeridade da Internet, levando aos seus milhares de leitores, quase em tempo real, informações que só teriam conhecimento no dia seguinte, lendo os jornais de papel. Tudo isso feito democraticamente, dando ao internauta o direito de expor sua opinião sobre os mais variados assuntos, mesmo quando discordava dos conceitos de Juvêncio ou Juca, como era chamado pelos amigos. Juca, com seu “Blog 5ª Emenda”, divulgava a mídia, a política e a cultura de nossa terra. Seu desaparecimento abre enorme e irreparável lacuna.”


O Andrezão (gosto desse cara) deixou um comentário, na verdade um relato emocionante sobre os últimos dias do nosso Juca... Com o texto do André quem conheceu o Juca é dominado pela emoção, as linhas são lapidadas por quem entende do ofício de escrever, retirei o texto da caixinha de comentários e compartilho com todos os amigos da blogosfera, a foto do Juca foi captada no Restaurante Terra-do-Meio e foi publicada no "5ª Emenda".

"JUVÊNCIO ARRUDA
André Costa Nunes andré@terradomeio.com.br

Conheci o Juvêncio faz menos de um ano. Não houve sequer tempo para chamá-lo de Juca. Lafayette apresentou-me, em um certo fim de tarde de meio de semana, no bar do Ranulfo, colado ao Quem São Eles.
– Juca, este é meu pai, de quem te falei.
Pronto. Virou amigo de infância, de juventude, embora quase vinte anos separassem nossas infância e juventude. Acho que ele levava muito a sério o fato de ser juvêncio. Daí para a Terra do Meio, ficar de bubuia nas águas do Rio Uriboca foi um pulo. E parecia que era frequentador do lugar há vinte, trinta anos. Desde sempre. E haja irreverência, casos e causos.
Fizemos planos e mais planos para o seu Quinta Emenda. Blog, a mídia do futuro, concordávamos. E o futuro chegara. Concordávamos também. No mais, discutíamos e, por vezes discordávamos. Um citadino com extrema sensibilidade cabocla, coisa que eu, cabocão xinguara, buscava, até com impaciência, nos meus amigos urbanos.
Juvêncio, por que não Juca? estava almoçando comigo na maloca à beira do Uriboca. Fora trazido pelo Lafayette, que, sem eu saber, convidara o irmão, André, que é médico. André chegou quando a caldeirada já estava no meio. Abriu uma cerveja e alimentou o papo.
Quando esperávamos a sobremesa, queijo de búfala com doce de cupu e castanha, quase com displicência, pegou os exames do Juvêncio. Ele os levara para isso mesmo, para uma avaliação do André. Pneumologista, pegou logo a radiografia do tórax. Antes que a olhasse contra o sol, Juvêncio ainda brincou:
– e aí, cara, quantos meses ainda tenho de vida?
Acho que só eu notei o tremendo esforço que o André fez para não demonstrar a angústia que sentia.
Sem responder perguntou:
– estás dirigindo?
– não, vim na carona do Lafa.
– vamos comigo.
Conversamos no caminho. Juvêncio ainda insistiu em perguntar alguma coisa que não me lembro. O Lafayette ficou mudo. Os três, em silêncio, dirigiram-se para os carros estacionados à sombra da mangueira.
A sobremesa chegou. Ninguém comeu. A cerveja esquentou. Fiquei só. Eu e meu rio, com aquele nó na garganta e um sentimento profundo, indefinido, mundiado, que só os cabocos velhos sabem sentir.
Poucos dias depois, não me lembro quantos, o André me telefonou do hospital. Acabara de assinar o atestado de óbito do Juvêncio. Disse duas palavras e calou. Ainda devemos ter ficado um bom tempo com o celular ao ouvido. Nada mais havia a dizer ou a perguntar.

"Requiescant in pace", camarada."

quarta-feira, agosto 12, 2009

Frases de banheiros públicos


Algumas frases...

- Quer conhecer tua namorada... CASA! Quer conhecer tua mulher... SEPARA!!!

- Amor é aquilo que começa com um príncipe beijando um anjo e acaba com um careca olhando para uma gorda.

- Velho é aquele que quando jovem costumava ter quatro membros flexíveis e um duro. Agora tem quatro duros e um flexível.

- Status é comprar uma coisa que você não quer, com um dinheiro que você não tem, para mostrar pra gente que você não gosta, uma pessoa que você não é.

- Feliz é aquele que é tão bonito quanto a mãe acha que é. Tem tanto dinheiro quanto o filho dele acha que tem. Tem tantas mulheres quanto a mulher dele acha que ele tem. E é tão bom de cama como ele acha que é.

- Quem trabalha muito, erra muito. Quem trabalha pouco, erra pouco. Quem não trabalha não erra... E quem não erra... é promovido.

- Como é difícil se livrar de uma mulher fácil.

- Se caminhar fosse bom para a saúde o carteiro seria imortal.

- Se você é capaz de sorrir quanto tudo deu errado, é porque já descobriu em quem pôr a culpa.

- Crianças no banco dianteiro podem causar acidentes... Acidentes no banco traseiro podem causar crianças.

- A diferença entre uma mulher na TPM e um sequestrador, é que com o sequestrador ainda existe uma possibilidade de negociação.

- Se não puder ajudar, atrapalhe, afinal o importante é participar.

- Errar é humano. Colocar a culpa em alguém é estratégico.

- Marido é igual a menstruação: Quando chega, incomoda; quando atrasa, preocupa.

- Se tamanho fosse documento o elefante era dono do circo.

domingo, agosto 09, 2009

Não reeleja ninguém... ninguém!

O amigo Fábio Melo enviou-me a imagem dizendo em tom firme: - Tô nessa campanha!
Entendo que alguns deputados e senadores são dignos, mas uma parcela significativa não deveria ser reeleita, é verdade!!!
Proponho que o cidadão brasileiro na hora de votar verifique o passado e o presente dos candidatos e faça escolha pensando no futuro...
O eleitor que vende o voto é tão pilantra como o candidato que compra.
A campanha não me pertence, faço apenas a divulgação para que o debate se alevante, é assim que o cabôclo fala, né?!
Se quiserem zerar todo o nosso parlamento, seria interessante, uma refundação...


Dia dos Pais - Inclassificáveis...

Deixo abaixo, um desejo, o meu desejo de que no "dia dos pais" todos possam refletir sobre os preconceitos raciais, religiosos e outros que infestam o nosso mundo...
Aqui em terra paroara e no restante de brasilis somos todos misturados, adorei escutar Ney Matogrosso cantando a música de Arnaldo Antunes - Inclassificáveis, é um soco no estômago dos babacas que se acham melhores ou superiores em relação ao restante do nosso povo.
Que preto, que branco, que índio o quê? Somos inclassificáveis... ahahaha... Que assim seja!


Que preto, que branco, que índio o quê?
Que branco, que índio, que preto o quê?
Que índio, que preto, que branco o quê?
Que preto branco índio o quê?
Branco índio preto o quê?
Índio preto branco o quê?

Aqui somos mestiços mulatos
Cafuzos pardos mamelucos sararás
Crilouros guaranisseis e judárabes

Orientupis orientupis
Ameriquítalos luso nipo caboclos
Orientupis orientupis
Iberibárbaros indo ciganagôs

Somos o que somos
Inclassificáveis

Não tem um, tem dois
Não tem dois, tem três
Não tem lei, tem leis
Não tem vez, tem vezes
Não tem Deus, tem Deuses
Não há sol a sós

Aqui somos mestiços mulatos
Cafuzos pardos tapuias tupinamboclos
Americarataís yorubárbaros

Somos o que somos
Inclassificáveis

Que preto, que branco, que índio o quê?
Que branco, que índio, que preto o quê?
Que índio, que preto, que branco o quê?
Não tem um, tem dois
Não tem dois, tem três
Não tem lei, tem leis
Não tem vez, tem vezes
Não tem deus, tem deuses
Não tem cor, tem cores
Não há sol a sós

Egipciganos tupinamboclos
Yorubárbaros carataís
Caribocarijós orientapuias
Mamemulatos tropicaburés
Chibarrosados mesticigenados
Oxigenados debaixo do sol

sábado, agosto 08, 2009

Ruas...

Pelas ruas de Paraty...

"Palhaços Surdos"

Ouvi os comentários da apresentação dos "Palhaços-surdos", as pessoas adoraram o desempenho dos artistas...
Lurdinha é a diretora do espetáculo, nos encontramos na soparia perto de casa e solicitei o material do espetáculo para divulgação, abaixo as informações detalhadas:
"ESPETÁCULO PALHAÇOS SURDOS
A Companhia de Teatro MÃOS LIVRES, primeira Cia. de atores surdos da Amazônia novamente apresenta o espetáculo PALHAÇOS SURDOS. Desta vez, a Cia Mãos Livres foi contemplada pelo edital de pautas dos teatros públicos do Pará – SECULT no projeto “Palco Livre” do teatro Maria Sylvia Nunes (Estação das Docas).
A Cia. de teatro é formada pelos atores surdos Cleber Couto, Gloria Ferreira, Luan Santos (11 anos) e o ator convidado Antõnio Marcos (ouvinte). Tem a direção e produção de Lourdes Guedes.
“Palhaços Surdos” é um espetáculo bem humorado, com muita sensibilidade e habilidade circense, que apresenta situações engraçadas envolvendo temas como a política, o cotidiano e as relações sociais de surdos e ouvintes, assim como magia, a felicidade e a pureza do sorriso frouxo de uma criança à critica ligeira, livre e inteligente das ruas para que todos possam DAR BOAS GARGALHADAS NO SILÊNCIO com a leveza e a doçura dos Palhaços Surdos.

É um espetáculo para todas as idades.

ESPETÁCULO “PALHAÇOS SURDOS”
LOCAL: TEATRO MARIA SYLVIA NUNES (ESTAÇÃO DAS DOCAS)
DATA: 12 E 13 DE AGOSTO DE 2009
HORA: 19H.

ingresso antecipados: R$ 10,00
ingressos nos dias do espetáculo R$ 15,00 e meia R$ 7,50
vendas pelos fones: 84129488 - 32770533
Contato: Lourdes Maria Guedes
louguedes@hotmail.com
84129488"

quinta-feira, agosto 06, 2009

Congresso de Vereadores e Prefeitos


Estou juntamente com o Professor Alessandro Amaro na coordenação do 1º Congresso de Vereadores e Prefeitos do Estado do Pará.
O objetivo é proporcionar um grande debate em torno da Reforma Política que se aproxima, vamos debater:
- Financiamento público de campanha;
- Voto distrital;
- Lista fechada;
- Federações partidárias;
- Cláusula de barreira;
- Fidelidade partidária;

E mais palestras:

- "A gestão pública moderna e o desafio do desenvolvimento sustentável".
- "A prestação de contas da Administração Pública Municipal perante o TCM - As inovações do e-contas para 2009".

Data: 28 a 30 de agosto de 2009.
Local: Auditório do Hotel Privê do Atalaia (Ilha do atalaia - Salinas - Pará).

Apoio:
- Tribunal de Contas do Estado do Pará - TCE/PA.
- Tribunal de Contas dos Municípios do Pará - TCM/PA.

Inscrições: www.portalejus.com.br

terça-feira, agosto 04, 2009

Gripe nossa de cada dia.

Citadinokane no aeroporto de São Paulo, muuuiiito gripado...
Juro que eu tomei todas as precauções que o governador Serra num vídeo do youtube recomendava, não conversar com os porcos e nem tampouco beijar o focinho de porquinho.

segunda-feira, agosto 03, 2009

Viva o Che Bar!!!

Quando avistei esse boteco em Paraty não titubiei e falei: - Vou beber o velho e bom Rum Havana Club.
A mesa arrumada nas cores da bandeira cubana, com estrelas e um lenço dentro do copo parecendo uma rosa, inevitável não lembrar da música de Chico Buarque - De que calada maneira/Você chega assim sorrindo/Como se fosse a primavera/Eu morrendo...Como a "Comitiva Estrelado" viajará em fevereiro para Cuba para gravar uma música em Havana, já fui entrando no clima, ahahaha... O Che Bar é muito aconchegante, drinks variados, um daiquiri aqui, um marguerita acolá, a música, o ambiente de muita cumplicidade com a rebeldia cubana.

Viva Che!!!

Viva Che Bar!!!

Isso é Bossa Nova!

No Rio conheci a loja de Bossa Nova, vende livros, vinis, Cds, Dvds, camisas... Tudo sobre Bossa Nova, a loja se chama: "Bossa Nova & Companhia". Abaixo em homenagem à Sandra Leite, blogueira do "Isso é Bossa Nova", olha a camisa que encontrei lá - pretinha escrita no peito: Isso é Bossa Nova! Ahahaha... A loja fica no Beco das Garrafas, Copacabana.