sexta-feira, agosto 21, 2009

20 anos sem o "cara" que nasceu há dez mil anos...


Raul Santos Seixas, o nosso eterno "Maluco Beleza", nasceu em Salvador(28/06/1945) e sofreu a sua última grande metamorfose-ambulante (morreu) em São Paulo(21/08/1989).
O baiano Raul Seixas se desembaraçou do corpo físico em decorrência de uma parada cardíaca, ele tinha apenas 44 anos, esqueceu de tomar insulina, era diabético, e encheu-a-lata... Pancreatite aguda fulminante fez o coração se desorientar, Dalva o encontrou às 8h da manhã já sem vida.
Morria ali o artista que bradava aos quatro cantos que havia nascido há dez mil anos atrás...
Ele sabia demais, e sabia mesmo! O que dizia a letra da música "Eu nasci há dez mil anos..." Raul a encarnou em plenitude...
A atitude de Raul de questionar a sociedade consumista fez com que apresentasse a possibilidade de vivermos a "sociedade alternativa"... Ah! Ele era maluco?! Sim. Mas, qual o problema? Foram os malucos que mudaram o mundo.
Raul deu o seu recado, é isso aí!


6 comentários:

Fernanda disse...

Amigo Pedro,

Gostei do tema e confesso que não conhecia.
Voltarei para continaura a ler o que comecei, mas estou sem tempo hoje.

Parece muito interessante o seu Blog.

Bj
Fernanda ou (Ná), como queira.

citadinokane disse...

Obrigado Ná por visitar-me.
Fico te esperando,ok?
abs,
Pedro

Mari disse...

Lá de onde está, deve dizer: "Malucos somos nós!"

Tamodoidos, tamofu...

citadinokane disse...

Mari,
Onde ele está, mesmo?!
beijos

Luciene disse...

Já que ele morreu por ter esquecido da insulina e enchido a lata, chego à conclusão de que o nosso querido Raul morreu é de "amnésia"....Desculpa aí Pedro, essa é infame, mas é só prá descontrair....Bjs.

citadinokane disse...

Oi Luciene!
Foi um esquecimento fatal...
Beijos