domingo, outubro 04, 2009

Trazendo um povo em sua voz...

Não gostaria, nunca!
De anunciar que Haydé Mercedes Sosa nos abandonou...
Hoje o coração dela deixou de bater, apesar de continuar pulsando... Pulsa em meu destino, em minha vida, em minha história, em minha vida simples, ela continua pulsando e cantando, apontando o caminho...
Não tenho como separá-la desse caminho...
Era tão constante a sua presença, a proposta de unirmos a América Latina e construirmos um mundo melhor fundado na fraternidade, sinto que perdi um pedaço dessa história...
"Eso es lo que siento yo
En este instante fecundo
...
Y va brotando, brotando
Como el musguito en la piedra..."

Neste domingo aos 74 anos, Mercedes Sosa depois de 11 dias em um hospital na cidade de Buenos Aires, não resistiu a uma doença hepática complicada por problemas respiratórios.
Mercedes nasceu no dia 9 de julho de 1935, na cidade de San Miguel de Tucumán. A Voz da América Latina silenciou... Era o compromisso social através da música, e se calou, hoje...
Fica a mensagem.

Discografia
La voz de la zafra (1962)
Canciones con fundamento (1965)
Yo no canto por cantar (1966)
Hermano (1966)
Para cantarle a mi gente (1967)
Con sabor a Mercedes Sosa (1968)
Mujeres argentinas (1969)
Navidad con Mercedes Sosa (1970)
El grito de la tierra (1970)
Homenaje a Violeta Parra (1971)
Hasta la victoria (1972)
Cantata Sudamericana (1972)
Traigo un pueblo en mi voz (1973)
Niño de mañana (1975)
A que florezca mi pueblo (1975)
La mamancy (1976)
En dirección del viento (1976)
O cio da terra (1977)
Mercedes Sosa interpreta a Atahualpa Yupanqui (1977)
Si se calla el cantor (1977)
Serenata para la tierra de uno (1979)
A quién doy (1980)
Gravado ao vivo no Brasil (1980)
Mercedes Sosa en Argentina (1982)
Mercedes Sosa (1983)
Como un pájaro libre (1983)
Recital (1983)
¿Será posible el sur? (1984)
Vengo a ofrecer mi corazón (1985)
Corazón Americano (1985)
Mercedes Sosa ´86 (1986)
Mercedes Sosa ´87 (1987)
Gracias a la vida (1987)
Amigos míos (1988)
En vivo en Europa (1990)
De mí (1991)
30 años (1993)
Sino (1993)
Gestos de amor (1994)
Oro (1995)
Escondido en mi país (1996)
Alta fidelidad (1997)
Al despertar (1998)
Misa Criolla (2000)
Acústico (2002)
Argentina quiere cantar (2003)
Corazón Libre (2005)

Filmografia
Güemes, la tierra en armas (1971)
Argentinísima (1972)
Ésta es mi Argentina (1974)
Mercedes Sosa, como un pájaro libre (1983)
Será posible el sur: Mercedes Sosa (1985)
Historias de Argentina en Vivo (2001)

8 comentários:

Hellen Rêgo disse...

Pedro passei pra te dizer que também tava com saudade do Medida, então ele voltou. Te esero lá.
abraços

citadinokane disse...

Hellen,
Estou contigo!
beijos

Anônimo disse...

Mano , corria o ano de 77 ou 78 e eu trabalhava num curtume em Icoaracy como assistente químico e recebí um convite da Basf e da Sandoz para duas semanas de curso em Sampa.Na vinda soube que tinha o show do Milton no final de semana entre as duas semanas de curso , chegando , tentei ingressos mas tudo esgotado.Na sexta estava tomando umas com os químicos após o expediente , quando de repente saí e fui intempestivamente para o Ibirapuera e ao chegar conseguí um ingresso de um doidão (não menos que eu claro) pelo triplo do preço e entrei ; sentei no chão do ginásio , a repressão era forte mas ainda assim conseguimos dar uns tapinhas para ficar mais mágico o momento até que o grande Milton anuncia Mercedes , no meu caso não só anuncia como apresenta pois eu não a conhecia , e em seguida lapidam este diamante que vc postou .Foi certamente um dos grandes momentos da minha vida.

Anônimo disse...

Faltou:
Abs
Tadeu

citadinokane disse...

Mercedes e Milton cantam a poesia de Violeta Parra, profundamente humana...
A música e a letra reforçam o meu compromisso em amar desavergonhadamente...
"Sólo el amor con su ciencia
Nos vuelve tan inocentes."

citadinokane disse...

"El amor es torbellino
De pureza original"
Um brinde à amizade!

Anônimo disse...

Até o mais feroz animal , sussura o seu doce trinado.
Egua
Tadeu

citadinokane disse...

Meu "véio",
Até as feras amam...