segunda-feira, novembro 23, 2009

Foi mal FHC! E aí imprensa brasileira? Como é que fica essa parada?!

Não vou polemizar e não irei derramar o velho e terrível moralismo roto tupiniquim, próprio da grande e boquirrota imprensa brasileira, que espanca uns e protege outros por fatos similares... Viva a liberdade de imprensa!!! Contra os inimigos, é claro!
Para os amigos? Calma lá! Vamos analisar e investigar e lá se vão 18 anos...
O impoluto FHC, em plena disputa pela presidência, pulava a cerca, o muro, escapulia deliciosamente pelos desvarios das aventuras libidinosas e ainda apontava o dedo para os desafetos a indicar os defeitos morais... O inferno são os outros, né?!
Pois bem vamos ao noticiário nacional.
Foi noticiado na semana passada que o FHC resolveu reconhecer um filho que foi gerado a partir de um relacionamento clandestino com a jornalista da Rede Globo Miriam Dutra, mas, incrivelmente não foi descoberto pela grande mídia, exceto a Revista "Caros Amigos" que noticiou o caso...
Sinto-me contemplado com o post de Luiz Carlos Azenha sobre o "Filho bastardo do FHC", o Azenha revela a dissimulação dos poderosos da mídia verde-amarela... Fazem de tudo para proteger os seus peões...

"Ninguém, de fato, está livre de seus "impulsos biológicos". Porém, pessoas distintas reagem de formas distintas. Alguns dão nome aos filhos, outros permitem que a criança seja registrada como de pai desconhecido (FHC), exilam mãe e filho na Europa (FHC) e contam com o acobertamento da mídia durante 18 anos (FHC).

Por quê?" (Azenha)

“Por que a mídia poupou FHC durante 18 anos, se o nascimento do filho era um segredo de Polichinelo? Por que soubemos do filho de Renan Calheiros com uma jornalista quando a criança era bebê, mas do filho de FHC só soubemos ‘oficialmente’ depois de 18 anos? Por que soubemos da suspeita de que uma empreiteira ajudava a sustentar o filho bebê de Renan Calheiros, mas nada soubemos sobre quem pagou as contas do filho de FHC durante 18 anos? Quem pagou para manter o filho e a mãe do filho de FHC exilados na Europa durante 18 anos? FHC comprou o silêncio da mídia? A Globo recebeu vantagens para exilar mãe e filho na Europa? O senador FHC exilou mãe e filho para poder concorrer à Presidência?”(Azenha)

2 comentários:

Roberto Pimentel disse...

Mas existe um outro filho que não é de dona Ruth. Mais velho que o filho que mora na Europa. Tem 20 anos cuja mãe, uma negra que trabalhou na cozinha de FHC, que não conseguiu evitar os assédios do sociólogo e acabou engravidando. O fato foi noticiado nos últimos dias na coluna do CLAÚDIO HUMBERTO, que ao analisar um comentário de FHC que disse "tenho um pé na cozinha", disse que não era só pé. Era a cabeça, as mãos a barriga e muito mais. A mãe do rebento, diante da desoberta da antropóloga Ruth, teve juntar seus cueiros e mudar de endereço, recebendo ujma indenização tipo "cala boca" de R$ 120 mil de R$ 250 mil inicialmente prometidos. Enquanto o "europeu" deve falar várias linguas e estudar nos melhores colégios e universidades, o filho da empregada é monoglota e é carregador. Dois brasis, até com o nosso ex-presidente mais cult na historia "dessepaiz".

citadinokane disse...

Roberto,
Sempre busquei ter uma conduta reta, mas no dia que eu desviar, todos somos humanos, portanto, imperfeitos! Jamais fugirei à responsabilidade da paternidade... jamais...
Fico triste em saber que o FHC era um libidinoso desregrado, que assuma os filhos, todos!!!
abraços,
Pedro