domingo, fevereiro 28, 2010

A panacéia do Leão Azul(Clube do Remo)

O post foi concebido como um alerta para que os valorosos remistas coloquem as barbas de molho...
Clube do Remo e Paysandú, carregam uma maldição, são irmãos siameses, vivem juntos ou morrem juntos.
Administrativamente representam o que existe de mais desastroso na condução de associações civis. Recentemente o Paysandú Sport Club conseguiu ampliar o seu patrimônio com a construção de mais um módulo de arquibancada, não foi uma iniciativa da diretoria, mas de pessoas apaixonadas por essa briosa agremiação esportiva do norte do Brasil. Médicos, engenheiros, empresários e muitos anônimos fizeram doações em dinheiro e material de construção, deu certo porque existia uma comissão de pessoas sérias e o resultado foi espetacular, não se pode esquecer que contribuíram decisivamente para o sucesso da empreitada dois ídolos da torcida bicolor, ambos artilheiros recentes do Campeão do Norte: Deputado estadual Robgol e Vereador Vandyck.
Vamos agora atravessar a Almirante Barroso e tecer algumas considerações sobre a atual panacéia do Clube do Remo. Não preciso dizer que tenho muitos amigos remistas, para entender melhor faço uma digressão necessária, 60% da população do Pará torce pelo Paysandú, 30% pelo Remo e 10% por outros, concluindo, há muitos remistas por aí – 30% é gente pra cacete!
Mas, voltemos à panacéia remista: - Venda do Estádio Baenão.
Os dirigentes atuais e os ex-dirigentes, de um passado recente, em discurso uníssono, afirmam e reafirmam que com a venda do estádio, o Clube do Remo pagará todas as suas dívidas e poderá fazer outros investimentos. Será verdade?
O que Amaro Klautau e sua troupe fizeram pelo Clube do Remo? O que os ex-dirigentes recentes construíram?
Se ninguém responde só me resta apontar algumas possíveis respostas. Em relação ao Amaro Klautau e sua equipe, desde que assumiram parecem com um boneco de ventríloquo, sendo que o ventríloquo é a Agra/Leal Moreira(interessada na compra do estádio), não lembro de uma entrevista de Amaro Klautau que não seja dito que com a venda do estádio tudo estará resolvido, o Remo volta para a 1ª divisão do campeonato brasileiro e disputa a Libertadores da América.
Os ex-dirigentes do Remo deveriam tomar um chá de “simancol”, alguns são empresários bem sucedidos em nossa terra, mas como dirigentes da agremiação azulina, foram desidiosos, negligentes e irresponsáveis com o patrimônio e finanças do Clube do Remo, a dívida dessa agremiação não foi criada por entidades sobrenaturais, ok?
O Clube do Remo perdeu a sua sede campestre de 530 mil metros quadrados em Benfica pela bagatela de 3 milhões de reais em leilão, o arrematador – Construtora Leal Jr Ltda., o preço foi considerado uma barbada pelos especialistas da área.
Quem melhor define as administrações do Clube do Remo é o promotor de justiça, professor de direito e conselheiro da agremiação Dr. Benedito Wilson Sá: “O clube é administrado como se administra um prostíbulo, é uma dívida cíclica. Paga-se uma e vem outra. A gente só vende um patrimônio para adquirir outro melhor”.(20/07/2008, Amazônia - Esporte – Pág.48)
O dinheiro da sede campestre acabou e continua a dívida, entenderam?!
O estádio do Remo fica numa área supernobre da cidade, muito valorizada, salvo engano meu são 29.000 metros quadrados de terreno.
A incorporadora Agra/Leal Moreira oferecia R$40 milhões, mais um estádio e centro de treinamento. Como os dirigentes remistas são afobados, demonstrando desespero, a Agra/Leal Moreira segundo notícias recentes baixou a proposta para R$15 milhões mais estádio e só.
O Conselho Deliberativo do Clube do Remo votou sob pressão e aprovou a venda do estádio, até outdoor com a planta da nova arena remista estava estampado na frente da sede social.
Colocar as barbas de molho... Atenção remistas!!!
A localização da nova Arena do Clube do Remo é onde fica o metro quadrado mais barato do entorno de Belém, faz parte do que as forças de segurança pública denominaram de faixa vermelha ou faixa de "gaza" de Belém, até a polícia tem medo de entrar lá. Esmola grande o santo desconfia...
Trocar uma área nobre por uma outra problemática, será a solução?
A nova Arena do Remo se localiza no Tapanã, não existe esgotamento sanitário e nem água potável. É uma região que nem Cosanpa e nem Saeb assumem os serviços de água e esgoto, há um conflito de competência.
Os jogos no Mangueirão já se constituem em sufoco para o cidadão de bem, porque os meliantes arrepiam na hora que os torcedores vão apanhar o transporte para ir para casa, imaginem no Tapanã.
Como é uma área de expansão e foi ocupada desordenadamente, a ida do Remo para lá, quiçá, pode também se constituir em uma força civilizadora para aquela região.
A Incorporadora Agra/Leal Moreira fará um excelente negócio, o Clube do Remo nem tanto. Quem viver verá!

Arena do Leão
Veja o projeto Arquitetônico
Capacidade do estádio: 24.550 torcedores
arquibancada: 22.400
cadeiras: 2.000
camarote: 150
A Arena Leão deve ter ainda restaurante panorâmico, pista de cooper, bosque, a estátua de um leão em pedestal, sala de troféus, academia, espaço para divisão de base, além de dois placares eletrônicos e entrada separada de torcidas, entre outras benfeitorias.

Como o papel tudo aceita, vamos esperar que se concretize na realidade, será?!

20 comentários:

Luciana Klopper disse...

Espero poder ver!! Seria um sonho!

Wellyn disse...

Mais uma vez podemos perceber o despreparo daqueles que deveriam ajudar aquele clubinho.Sou payssandu(com muito orgulho) e acredito que se quem de direito não faz nada,nós fiéis torcedores devemos fazer.E pelo que se vê,o barato poderá sair caro para o Remo,paciência,pois como já diria aquele ditado "o apressado come crú"!
bjs

citadinokane disse...

Luciana,
Um sonho, mesmo!

citadinokane disse...

Wellyn,
Ahahaha...
Que Deus proteja o Leão de seus dirigentes.

Anônimo disse...

Bela postagem principalmente vindo de um bicola , meu avô agradece.Agora 60% papão e 30% Leão , só posso atribuir ao efeito periquita que se por vezes nos abre a cabeção por outras embota.
Abraços azulinos
Tadeu
Quinta te ligo , estamos combinando eu e o Laffa sabadão dia 06 no terra do meio , boralá??

Anônimo disse...

Cabeção?? leia-se cabeça , claro
Tadeu

citadinokane disse...

Tadeu,
São as pesquisas do IBGE, mermão!!!

citadinokane disse...

Tadeu,
Não seria na sexta???
Mermão é o seguinte sexta, sábado... o dia que for marcado, tá marcado e pronto!

Anônimo disse...

Irmão ,
Vc já foi pesquisado???? Eu e 100% das pessoas que conheço nunca o foram.Então.........rsrsrsrsrs
Posso ir na sexta a tarde ou sabado , converse com o Lafa e veja o melhor pra vcs.
Vcs mandam , eu obedeço.
Abs Tadeu

citadinokane disse...

Pô Tadeu!
É claro que já participei de pesquisa do IBGE.
Irmão tu mandas no líder, o que for decidido está decidido!
Mas, para descarregar a consciência, consultarei os universitários, ok?
abraços e chega logo!

Pedro

Lafayette disse...

O IBGE é que nem perna de cobra, quem vê... morre!

Lafayette disse...

Certa vez, um cara da cidade, bom cidadão, um citadino, estava passando, com seu possante veículo, por uma estrada de chão, lá pras bandas de Curuçá, e avistou um caboco...

-Caboco, sabe se o IBGE passou por qui?

E o caboco respondeu, perguntando:

-IBGE é bicho que se pesca ou se mata de espingarda?

Lafayette disse...

Certa vez, um cara do IBGE (sim, eles existem!) passou por mim e perguntou se queria participar duma pesquise...

...rapidamente perguntei-lhe 6 dezenas, pô, afinal, encontrar um pesquisador do IBGE só deve ser dia de sorte, muita sorte!

Lafayette disse...

Certa vez, na rua, um cara apareceu na minha se dizendo pesquisador do IBGE e que queria fazer um pesquisa sobre torcida de clube aqui no Pará...

...mas que depressa, toquei-lhe, delicadamente, e me ajoelhei. Fiquei constrito: "Afinal, não é todo dia que se encontra uma lenda, um mito... é mesma coisa que se encontrar um saci-pererê, boitatá, a cuca...

citadinokane disse...

Lafa,
O IBGE é uma cobra é???
Cuidado que ela não morde, pica!

citadinokane disse...

Lafa,
O cara da cidade era do IBGE, tô te falando, mermão!
Olha como o cabôco respondeu.

citadinokane disse...

Lafa,
Sim eles existem, é vero!

citadinokane disse...

Lafa,
Estás comprovando que realmente não é brincadeira, o IBGE é sério!
abraços

Lafayette disse...

O IBGE é sério, e é por isso mesmo que ele não perderia o tempo dele entrevistando, ou melhor caçando pra conseguir entrevistar, os 25% da massa, da raça, da grande nação bicolor.

citadinokane disse...

Lafa,
Estás cometendo um erro crasso em relação ao nosso brioso IBGE.
Ele pesquisou a preferência clubística. Qual o problema???