quarta-feira, abril 21, 2010

Escuto as rosas...

Despeço-me do feriado de Tiradentes com as palavras de Cecília Meireles.

"Tudo me fala e entende do tesouro
arrancado a estas Minas enganosas,
com sangue sobre a espada, a cruz e o louro.

Tudo me fala e entendo: escuto as rosas
e os girassóis destes jardins, que um dia
foram terras e areias dolorosas,

por onde o passo da ambição rugia;
por onde se arrastava, esquartejado,
o mártir sem direito de agonia."

(Romanceiro da Inconfidência por Cecília Meireles)

2 comentários:

Lívia García disse...

Mas que surpresa boa! Já sou seguidora também! adoro seus escritos amigo!

citadinokane disse...

Lívia,
Não te perderei de vista, já estamos linkados.
Venha sempre ao meu barraquinho virtual.
Beijos