quinta-feira, maio 27, 2010

Mamadeiras & Cervejas.

Sabe o que acontece quando um amador se mete no meio de profissionais? Profissionais de quê?!
Profissionais da "balada" noturna, balada na caipirinha e na cerveja. Os caras que disputaram comigo comem cerveja... e com farinha.
Deixo explicar melhor essa história.
Fui convocado para o baby-chá do meu amigo Jober, inocentemente cheguei e fiquei bebericando água mineral, máximo um copo de coca-cola, papo vem, papo vai, a moça que animava o evento me chama para participar de uma brincadeira, lá aceitei...
Fui jogado no meio dos Procuradores do Município de Belém.
A disputa era beber o mais rápido uma mamadeira de cerveja. O apito foi dado e começamos a disputa... Mermão, puxei a respiração e suguei de uma vez todo o líquido, suguei como se fosse o elixir da vida eterna.
Venci. Entreguei a mamadeira vazia... e aí?
Fiquei de porre!
Pura fraqueza, tenho que parar de beber vinho português e chileno...
Fico me perguntando como não suportei uma mamadeira de cerveja?!
Ah! Bons tempos que a cerveja parecia água... Bons tempos...

8 comentários:

Hellen Rêgo disse...

Ei sumido, como vao as coisas?
abraços

citadinokane disse...

Oi Hellen!
Muitos processos para despachar, tens uma mãe-de-santo para me ajudar nos despachos? Ahahaha...
Nossa história ficou suspensa no ar, iremos conversar, ok?
Bjs

as-nunes disse...

Oi Dr Pedro

Estou a ver que essa descompressão etílica veio mesmo na hora!
Os despachos que terás para aí na secretária para estudar e despachar...talvez apelando ao espírito de Alexandre Herculano, que ele é que andou, no seu tempo, às voltas com o Código Civil, nos seus passos determinantes. Digo eu. O que sei de leis é o que aprendi na Escola e, agora, a Lei Fiscal, principalmente. Coisas aborrecidas, sem dúvida. Mas que, quando se encalha numa sequência lógica das leis, entrelaçadas que elas estão, tem muita pinta. Chegar ao fim e dizer: só pode ser desta maneira.
Pois. A seguir vem a contestação e aí temos o caldo entornado... eheheh

Um abraço, Pedro
António

Hellen Rêgo disse...

De mae de santo nao entendo nada.
:)
Até mais. Boa sorte ai.

Guilherme Marssena disse...

Eu posso te indicar um Bispo ,um Pastor ,um Aiatolá ou um Rabino ,estes tbm fazem despacho.

citadinokane disse...

António,
És um iniciado no Direito, hein?!
Abraços

citadinokane disse...

Hellen,
Ahahaha...
Despacho é comigo, sem vela e farofa.
abraços

citadinokane disse...

Guilherme,
Pensei em ti que sabes das coisas...