quinta-feira, agosto 26, 2010

Aniversário do Bueres.


Hoje faz aniversário a alma do "Boi Estrelado", ambos se confudem... Um é a cara do outro, ahahaha...
Vamos deixar a sacanagem de lado.
O poeta, compositor, pai, filho e acima de tudo o nosso amigo Eduardo Bueres está comemorando mais uma primavera, ele garante que vai enterrar muita gente.
Duda Bueres lamenta que a melhor colega de infância já faleceu, como é o nome dela?
Ah, já sei!
É a Dercy Gonçalves...
Feliz Aniversário Bueres!!!

10 comentários:

Marcela disse...

Legal.. minha irma tb comemora aniversário hoje!!!

Anônimo disse...

Pedro , respeita os velhinhos como eu e o Bueres , a quem não conheço maxs conheço a música dele , então Bueres.Parabénzaço
Tadeu

Wellyn Nascimento disse...

Salve, Salve Bueres. Feliz aniversário.
E Pedro Nelito, estas intimado a dar o ar de sua graça viu? Ai ai ai
Beijooos

Anônimo disse...

Hello adorei muito o teu sitio Online!
tas a realizar um excelente conhecimento, hoje por vezes imenso para regidir nos websites!
também tenho um blogue de Poker Online, passa la, e deixa também a tua opiniao em http://www.estrategiapropokerbonus.blogspot.com/
Na minha opiniao no teu espaço online so esta ausente uma Ferramento de traducao. Vou ser o mais participante na tua comunidade!
cumps

citadinokane disse...

Marcela,
Parabéns para a tua mana!
bjs

citadinokane disse...

Tadeu,
Respeito merecido, para ambos, ahahaha...
abs

citadinokane disse...

Wellyn,
A vida de adulto arrasta tudo, inclusive o tempo... Vou aparecer.
bjs

citadinokane disse...

Anônimo,
Vou providenciar a ferramenta para tradução.
Obrigado por visitar-me e irei retribuir.
abs

Eduardo Bueres disse...

Rsss.Só estou vendo tua putaria:obrigado, irmãozinho carrasco, pela'homenagem'no teu blog.

Primeiro pensei em arrancar a pele do teu crânio como se faz com os inimigos,depois analisei,analisei... rsss...Cheguei a conclusão que ainda temos um disco pra gravar.

Tentarei falar com o Rogério Friza e Davi Carneiro ainda neste domingo. Vamos retornar aos estudios,não sei se continuaremos no do Chimbinha.

Quanto ao meu aniversário,ôh,datas!: essas coisas, me sinto meio que água,vou me esgueirando, me desgrudando, elas são implacáveis, ditadoras e mortalmente concretas...

Um homem só é verdadeiramente livre quando consegue se livrar definitivamente das datas,acredita,Pedro?

Porque Não podem ser somente coisas boas o abrir sulcos na terra com
o arado dos olhos,do coração,quando se viaja muito atento por dentro de um tempo que nem é nosso, embora pertençamos a ele.

Somos inconclusívos e, ainda assim, escrevemos cada dia como fosse
uma folha de papel birúta a ser solta pelo céu;

parece que com o passar dos anos, vamos nos transformando numa espécie de pião que a vida gira com os dedos do destino para nos transformar, mais tarde, numa solene mula religiosa ou;

quem sabe, num ser completamente sem vergonha, num despresível militante a serviço de doutrinas um tanto tolas para as quais nos reportamos a vida toda como coisa que nos resguardasse de um perigo eminente,rss ...

As datas leopardas e seus registros frios e implacáveis, são tirânicas...

Mas, apesar de tudo, obrigado, por me atocaiar com tuas palavras áticas e sacanas, me parabenizando -como quem aperta a tarraxa de um ataúde e entrega-se feliz ao vinho- nessa que é a minha data.

Um Abraço fuerte!

citadinokane disse...

Caro Bueres,
A "parada" é no chimbinha...