sexta-feira, outubro 01, 2010

Entrevista com Aziel Neves

Hoje vou me fantasiar de jornalista, ahahaha...
Será que o sindicato dos jornalistas não vai encher o meu saco?
Pô não tenho o canudo de jornalista, mermão! Não é obrigatório, mas sabe-como-é-que-é o nariz torto dos caras para os blogueiros, né?!
Pensei, quando começou a campanha eleitoral de 2010, em entrevistar aqui no blog alguns candidatos mais próximos da gente, mas a agenda (sempre ela!) deles nem sempre tinha espaço para um blogueiro, eu choro por isso! Não tem espaço, não tem espaço e pronto.
De repente um candidato começa a surpreender o pessoal que acompanha o momento político-eleitoral no Estado do Pará: Aziel Neves.
Na projeção do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar, o festejado DIAP publicou uma lista com os prováveis deputados federais do Estado do Pará, na lista aparece em 8º lugar o Aziel Neves, uma grande surpresa, principalmente para o pessoal da esquerda, ninguém conhecia o Aziel.
Encontrei com ele e marcamos uma entrevista no blog. Nenhuma agenda impediu a entrevista, vamos conhecer um pouquinho o Aziel, ok?!


CKane Entrevista Aziel Neves.
Recebo no escritório do blog o candidato Aziel Neves, candidato a deputado federal pelo PSC. Aziel é uma pessoa carismática, sorriso fácil... Já se passaram uns seis anos desde que nos encontramos pela primeira vez. A fraternidade sincera é a corrente que nos envolve até hoje.
Você faz parte do melhor que Deus tem!
Aziel chega na hora marcada, é muito falante e engraçado, um forte abraço e as primeiras palavras dele ao me abraçar: - Você faz parte do melhor que Deus tem!
Agradeci dizendo em alto tom: - Aleluia! [risos e gargalhadas estridentes]
Tenho ainda um Cd no qual o Aziel canta umas músicas do Ed Mota, o cara manda muito bem... O ar expulso dos pulmões pelo diafragma vibra no ar melodiosamente, eis aí o músico, compositor, cantor... Aziel é pura criatividade musical.
Aziel é um pastor evangélico diferente, o culto em sua igreja da Assembléia de Deus, na esquina da Dr. Moraes com Nazaré, é muito frequentado por jovens, como Aziel é músico, acabou atraindo com a linguagem da música uma nova geração de evangélicos, todo domingo de noite a igreja fica lotada de jovens. Olho pra ele pedindo paciência com o gravador antigo, ele fica rindo... Sei que não posso abusar do tempo precioso do candidato, por isso farei uma entrevista bem curta. 

CitadinoKane: Boa tarde Aziel!
Aziel: Boa tarde meu irmão.
CKane:Aziel vamos ao que interessa. A nossa entrevista - respostas sucintas, peloamordedeus!
Aziel: Vamos lá!
CKane: Quem é Aziel Neves?
Aziel: Nascí em Belém, tenho 39 anos, sou casado com Léa Neves há 19 anos e temos 3 filhos: Leiza, Laissa e Emanuel. Sou produtor e arranjador musical, cantor, compositor, ministro do evangelho, nascido num lar cristão, estudei em colégios católicos para manter meus principios de valorização do ser humano, na adolescência saí por um período dos bancos da igreja a qual pertenço e fui tentar me achar nas noites da década de 90, fiz muitos amigos que preservo até hoje, mas reconhecí que minhas realizações eram maiores na casa de Deus, nas universidades por onde passei sempre fazendo amigos, me dediquei ao máximo no mais importante que existe desta vida, ensinar e motivar pessoas a acreditarem que existe uma mudança e que ela começa dentro de cada indivíduo. Fiz rádio durante 5 anos, TV durante 7 anos e assim fui estruturando minha vida diante de amigos e irmãos que hoje são parceiros de uma carreira que se eu mesmo projetasse pra mim talvez não conseguisse alcançar. Na Igreja fui lider de corais, lider de jovens, liderei reunião de empresários, realizei e realizo shows nos teatros pra mostrar o valor da música, seja ela gospel ou secular, cantada ou instrumental. Hoje sou Pastor Auxiliar da Assembléia de Deus e pastoreio a igreja da Av. Nazaré esquina com Dr. Moraes, onde tenho uma banda e lidero outras 7 que se empenham como músicos tanto dentro e como fora da igreja.
CKane: Por que disputar uma vaga para deputado federal?
Aziel: Estou saindo da cadeira de crítico para a cadeira de criticado, vejo grandes brechas que sequer são ventiladas na câmara, leis que sequer foram aplicadas, leis que não saem do papel, recursos que não são fiscalizados, pessoas sem voz, sem reconhecimento, sei que não sou o salvador da pátria, mas enxerguei no fim do túnel a chance de ser voz de muitas classes, de vários amigos que hoje enfrentam o descaso dos governantes e a amnésia dos verdadeiros motivos da razão de ser um político atuante.
CKane: Se eleito, o mandato será da bancada evangélica ou da sociedade paraense?
Aziel: Antes de ser cristão sou cidadão belemense, paraense e brasileiro(não desisto nunca) [risos], defenderei a nossa sociedade como um todo e como já disse antes quero ser voz dos sem-voz e nisto se inclui os evangélicos.
CKane: Uma proposta que será defendida com unhas-e-dentes em Brasília?
Aziel: A valorização dos músicos de nosso Estado, acredito que somos, senão o maior, um dos maiores celeiros musicais do Brasil, infelizmente hoje só somos reconhecidos pelo carimbó e calípso por causa da força da mídia, tem muitos talentos e nichos musicais aqui no Pará, não sou contra as raízes pelo contrário, sou divulgador dos frutos e não há frutos sem raízes. Unhas e dentes pela educação que começa em casa com uma grande ajuda de mestres nos bancos escolares, todos têm o seu valor e sua participação, pais, alunos e mestres.
CKane: O que mais gosta de fazer quando não está pregando a bíblia?
Aziel: Amo muito a música e o surf, pode ter certeza que se não estiver ministrando a palavra estarei tocando com amigos, cantando com amigos ou surfando com amigos e meu filho Emanuel Neves.
CKane: Torce para qual clube de futebol no Pará?
Aziel: Sou Papão até a morte[risos e gargalhadas], e tenho a grata honra que Deus me deu de pastorear meu amigo e hoje técnico do Papão - Charles Guerreiro.
CKane: Deixe a sua mensagem para os eleitores paraenses.
Aziel: Amigos temos uma grande chance hoje de começar uma nova fase de mudança no quadro politico de nosso Estado, acredito muito na força da juventude e quero desafiar você a fazer o mesmo, se você se acha capaz, nas próximas eleições seja candidato a vereador e seja voz de um segmento social sem voz, de uma classe sem voz, existem dois tipos de eleitores: aqueles que geram a opção e com isso já se mostram como lideranças; e aquele em quem são geradas as opções, ainda existem 70% de eleitores que não sabem em quem votar, mas agora você já sabe, então gere a opção e a opção é 2000 para Deputado Federal, vote no 2000. Deus abençoe a todos, feliz votação, até a vitória.
_________________________

Alguns vídeos do Aziel Neves abaixo:

4 comentários:

Anônimo disse...

Estamos com você, Aziel. A voz jovem paraense e brasileira. Paz de Cristo à você.

Anônimo disse...

a opção é 2000, estamos juntos com você e até a vitória :D

citadinokane disse...

Anônimo,
A paz de cristo está aqui.
Só amor!

citadinokane disse...

Anônimo 13;15,
2000 é opção de discoteca, nÃO?