terça-feira, fevereiro 01, 2011

"A água da loucura" por Roberto Pimentel.


Amigos o meu amigo Roberto Pimentel solicitou um espaço para as suas reflexões.
Leiam abaixo o nosso irmão Roberto Pimentel.
_____________________________________

Eu ouço esta história desde garoto (olha que já faz um tempão, mais de meio século) e não sei quem é o autor. Até um patrício metido a escritor e recordista na venda de seus livros que mundo afora já contou-a, mas não é dele. Quem ainda não a leu, leia. E quem já a leu, VALE A PENA LER DE NOVO.

A água da loucura

Um poderoso feiticeiro querendo destruir um reino, colocou uma poção mágica no poço onde todos os seus habitantes bebiam. Quem tomasse aquela água, ficaria louco.
Na manhã seguinte, a população inteira bebeu, e todos enlouqueceram. O rei – que tinha um poço só para si e sua família, onde o feiticeiro não conseguira entrar – tentou controlar a população. Baixou uma série de medidas de segurança e saúde pública, mas não havia mais policiais ou inspetores, pois eles também haviam bebido a água envenenada.
Quando os habitantes daquele reino tomaram conhecimento dos decretos, ficaram convencidos de que o rei enlouquecera, e agora estava escrevendo coisas sem sentido. Aos gritos, foram até o castelo e exigiram que renunciasse à coroa.
Desesperado, o rei prontificou-se a deixar o trono, mas a rainha o impediu, dizendo: “vamos agora até a fonte, e beberemos também. Assim, ficaremos iguais a eles”.
E assim foi feito: o rei e a rainha beberam a água da loucura, e começaram imediatamente a dizer coisas sem sentido. Na mesma hora, os seus súditos se arrependeram: agora que o rei estava mostrando tanta sabedoria, por que não deixá-lo governando o país?
O país continuou em calma, embora seus habitantes se comportassem de maneira muito diferente de seus vizinhos. E o rei pode governar até o final dos seus dias.

6 comentários:

Anônimo disse...

Pedro , será o reino do Uriboca????
Abs
tadeu

citadinokane disse...

Tadeu,
A água da loucura é a nossa jamburana, né?!

André Costa Nunes disse...

Caríssimos mundiados,

Acredito que ao longo da história isso tem acontecido de maneira recorrente,só assim posso entender As Cruzadas, a Santa Inquizição,
o Irã dos aiatolás, as bruxas de Salém, o Maccartismo,a Alemanha Nazista, a marcha da família com deus pela liberdade.

Fora isso, só a Loucura do Bem, do Bom e do Belo:

JAMBURANA!

Anônimo disse...

André , Viva o reino encantado do Uriboca do qual és Rei.
Viva a loucura do Bem do Bom e do Belo.
Viva a jamburana cujo mal maior é fazer os descalibrados provadores perderem vôos na manhã seguinte.
Eita!!!!!!!
Tadeu

citadinokane disse...

André,
Irmão xamã... Agora Jambulândia fica para momentos especiais, né?!
O mais importante, poderemos te arrancar de Jambulândia e vagarmos por esse mundão de meusenhorjesuscristo.
Sabe aquela garrafinha que a gente coloca no bolso de dentro do paletó com uísque? Agora é só jamburana.
Viva a Jamburana!!!

citadinokane disse...

Tadeu,
Viva a loucura do Bem do Bom e do Belo do reino encantado do uriboca!!!
Não apenas água, rio, mas acima de tudo... jamburana...