quinta-feira, fevereiro 10, 2011

Muhammad Ali, o eterno Cassius Clay.

Recebo e-mail do amigo Hélio, pessoa maravilhosa, com o seguinte recado: "Meu amigo Pedro Nelito gostaria, se possível, que você colocasse uma frase dita por Muhammad Ali no seu blog. Uma frase que representa muito em minha filosofia de vida. Acredito que temos que divulgá-la, pois vivemos em um uma sociedade cheia de limites e opiniões pré-determinadas. Com várias pessoas indispostas a mudar o mundo. Em anexo uma foto de Ali que foi um grande boxeador, um herói que venceu os preconceitos de todos e a injustiça."
Gostaria de dizer que continuo chamando Ali de Cassius Clay.


A frase:

"Impossível é apenas uma palavra grande jogada
ao redor por homens pequenos
que acham mais fácil viver no mundo
que lhes foi dado do que
explorar o poder que têm para mudá-lo.
Impossível não é um fato.
É uma opinião.
Impossível não é uma declaração.
É um desafio. Impossível é potencial.
Impossível é temporário.
Impossível é nada."

8 comentários:

Guará Matos disse...

Esse foi extremamente competente e vibrador! O "herói americano" dos ringues. Sacaneava, humilhava e nocauteava os adversários. Os EUA vibravam.
Aí aparece por lá um brasileiro, tupiniquim, negro, mas latino e enfia a porrada em todos os adversários. Pegou um norte-americano com peso maior que o seu, sacaneou e fez de gato e sapato e eles detestaram a experiência.
Moral da história: "Pimenta no cu dos outros é refresco".

O brasileiro é Anderson Silva.

Abraços.

Helio Azevedo disse...

Fico honrado por você ter atendido o meu pedido. Saibas que podes contar comigo. Prometo passar na Sefin depois dessa prova da OAB para falar com todos. Obrigado.
Sds.

NELSON COSTA FILHO disse...

Po maravilhoso esse texto, mostra cada vez mais que nao existe obstaculos pra nada nessa vida, nossa mente é quem determina nossa nossa historia, foi isso que cassius clay ou como o mesmo gostava de ser chamado Ali, pois cassios era um nome de escrvo!!

''O mundo em que vivemos é projecao de nossa mente''


Parabens

citadinokane disse...

Guará,
O Anderson é realmente um fenômeno.
abs

citadinokane disse...

Hèlio,
Conte com a gente, sempre!
Vou ficar te esperando na Sefin.
abs

citadinokane disse...

Nelson,
É isso aí.
Somos do tamanho dos nossos sonhos...
abs

Xico Rocha disse...

Porra meu amigo, fiquei triste com os dois ditos, o seu e do Muhammad. Vamos por parte:

A declaração dele representa o que eu veemente contesto, pois o discurso de que Homens grandes transformam o mundo me arremete as transformações que estes ditos "Homens grandes" tem provocado na natureza, construindo um mundo impossível de se viver,muito pior que isso é o conceito europeu do dito, que transforma nosso silvicola em Homens pequenos, porque estes sim não estão preocupados em transformar o mundo, e ainda assim conseguem a paz, harmonia e tudo que o homem dito civilizado busca, e isto eles conseguem em harmonia com a natureza.
Quanto a sua preferencia pelo nome Cssius Clay, reflete a forma como nós fomos educados, para sermos servís aos ditames europeus, da minha parte respeito o fato dele ser Mohammad ali por se tratar de um querer consciente, advindo das experiẽncias vividas pelo mesmo e que o fez migrar para uma religião onde certamente ele acha que o leva ao encontro com Deus.

citadinokane disse...

Xico,
Entendo de outra maneira.
Considero "homens grandes" pessoas que no dia-a-dia realizam pequenas revoluções no seu entorno.
Existem pessoas fantásticas, e anônimas, que lutam para fazer desse mundo um lugar melhor para se viver...
Rocha, o Cassius Clay foi espetacular ao se negar a servir as forças armadas norte-americanas na guerra do Vietnã, lembra?
Depois assumiu o nome islâmico.
Cassius Clay primeiramente nocauteou o preconceito e a pobreza, ele foi sensacional!
É necessário interpretar os ditos meu amigo.
abraços