quarta-feira, março 09, 2011

Vida longa ao CitadinoKane!!!

O blog no dia 23 de fevereiro completou 5 anos.
Antes que o Ivan Amanajás comente sobre o aniversário, deixo aqui o registro.
O nosso blog é uma canoa amazônida deslizando por esses muitos afluentes que a blogosfera cria.
Obrigado amigos e amigas! Quando pensei em desistir, tinha sempre alguém dizendo: - Rema meu mano rema...

16 comentários:

Ivan Daniel disse...

Égua, mermão?? Cinco anos já, né? Pô, de rocha! Sempre botei fé nesse blog. Parabéns!

Sandra disse...

Ainda bem que Vc não parou!
Seu blog é otimo,parabens!
bjs

Ananindeua Debates disse...

Parabéns ao blog e um grande abraço no seu editor chefe, o camarada Pedro Nelito.

citadinokane disse...

Ivan,
Nós somos de fé!
És blogueiro e sabes muito bem que tem tempo que é um sufôco só.
Mas, continuamos...

citadinokane disse...

Sandroca,
Minha querida paraense, ótimo mesmo é a dourada frita da Naná e um gole de jamburana no entardecer... Ah! tucupi, maniçoba, vatapá... huuummm... deixa pra lá!
bjs

citadinokane disse...

Rui,
Grande camarada!
Já retornaste de Salvador?!
Trate de tirar a fantasia de carnaval, viu meu rei?
abs

Sandra disse...

Égua Pedro!
quer me matar é?
nem lembro a ultima vez que comi vatapá,o resto que vc citou nem se fala.
bjs

ELIAS disse...

Remo, meu mano, Remo?
Que é isso, companheiro?
Ergo daqui um brinde de jamburana em comemoração. Saúde!
E olha, eu fico com o apartamento aí do anúncio.
Na base do escambo.
Passa aqui e pega um lote de livros.
Aquele abraço,
Elias

citadinokane disse...

Ei Sandra!
Vem com a gente que o vatapá está fresquinho, ok?!
Beijos

citadinokane disse...

Elias meu mano!
Kkkkkk...
No escambo fica fácil, né?!
Mas, tudo bem... Vou pegar o meu lote de livro, ok?!
abs

Anônimo disse...

Teu blog e vc , sumano , tornaram-se minha referencia mais próxima da Belém dos meus mil dias , o que te adianto não é pouca coisa não.
Viva a jamburana e o teu blog.
Viva eu Viva tú e morra o rabo do tatu
Abs
Tadeu

citadinokane disse...

Mano Tadeu,
Viva o açaí grosso com mapará e uma pimenta de cheiro amassada... Ahhh Deixa pra lá!

Augusto Nunes disse...

Rapaz?!

E parece que foi ontem...

Começamos nossa amizade naquela época, lembro da sensação de dependência que tinha (e ainda tenho)pelas notícias que corriam aqui com mais frequência, os papos de uma época, digamos, diferente, que se extinguiu com o desaparecimento do Juvêncio de Arruda. Recordo também da tristeza quando chegaste comigo e disseste: "mermão vou fechar o blog, não tenho tempo, aquilo é vício". "Caboco" bateu o banzo. Para a turma que que te acompanhava era o meio de estreitar a convivência com um ser humano de extrema simpatia, além da diversão garatida de todo fim de noite. Aí veio a choradeira. Todo mundo meio órfão... Bom graças a Deus que continuas aqui, para sorte daqueles que, como eu, o admiram. Ainda guardo como um troféu, a camisa do Blog. É... Eu tenho uma, aliás, duas.

Que Deus te abençoe, meu irmão.

Abraços

Augusto Nunes

citadinokane disse...

Augusto,
Pô!... Fiquei até emocionado com as tuas palavras...
De repente essa emoção foi motivada pelo "Periquita" que estou ingerindo, mas... Valeu!
Sem palavras... Sério!

Anônimo disse...

Esse tal de Augusto mandou bem pra garaio.
Abs pra ti e pra elea.
Tadeu

citadinokane disse...

Tadeu,
Abraços pra ti mano!