quarta-feira, maio 04, 2011

O Tio Sam quer o quê?!

O Tio Sam quer o quê?!
O noticiário nos últimos dias tem dedicado um bom tempo do horário nobre para falar sobre o destempero que levou o Osama Bin Laden.
Osama colheu o que semeou em grande parte de sua vida : morte.
O que chama a atenção é a selvageria da ação, não sou defensor do Osama, mas como silenciar diante do espetáculo macabro?!
Não vou me calar.
Osama deveria ser preso e responder pelos seus atos, e uma boa investigação a partir da prisão do terrorista poderia levar ao desmonte de sua rede de terror espraiada pelo mundo.
Osama, não esqueçam, foi uma criação do Tio Sam. Os EUA apoiaram Bin Laden a organizar uma guerrilha no Afeganistão contra a URSS... Era, ainda, o tempo da Guerra Fria.
A família Bush era amiga dos "Bin Laden", o Bush Jr. "brincava de peteca" com o Osama quando eram crianças e apostavam... deixa pra lá!!!
Agora falando sério, ainda existe uma dívida grande dos EUA com a América Latina e Terceiro Mundo, nos últimos 40 anos os yanques foram protagonistas de intrigas e apoiaram vários golpes militares que ceifaram sonhos e vidas de milhares de jovens na América Latina/Ásia/África/Oriente Médio...
Quando Bin Laden e seus áulicos explodiram as torres gêmeas em Nova York, lembrei de Alarico I (rei visigodo) entrando em Roma antiga, no famoso saque de Roma em 410 d.C., era um sinal dos tempos...
Mesmo os nazistas, que mataram milhões em campos de concentração e batalha, tiveram direito a um julgamento - o célebre "Tribunal de Nuremberg".
Fazer o que os terroristas fizeram e fazem é igualarmos a "civilidade ocidental" à selvageria dos bárbaros.
Será que somos bárbaros???

Nenhum comentário: