sexta-feira, abril 06, 2012

Não quero mais morar contigo...

Elias Pinto pergunta em sua coluna desta quinta-feira: - Você ainda quer morar comigo?
Ele faz menção ao pessoal do "Clube da Esquina", os mineiros Beto Guedes, Milton Nascimento, Lô Borges e Cia.
Gosto da poesia e do som dessa turma, curti muito o som de Lô Borges, principalmente um LP que foi lançado em 1972, o nome do disco era "Lô Borges" e tinha a foto de um tênis bem surrado... O "disco do tênis".
Na verdade, Elias Pinto quer comemorar os 40 anos do disco "Clube da Esquina", e se desmancha em uma nostalgia contagiante, como diria o meu amigo Nilton Atayde: "- Sempre voltamos aos mesmos lugares... Chico, Caetano, Milton..."
Minha decisão: - Não quero mais morar contigo, dona Nostalgia...
Essa nostalgia penetra-me como um punhal dilacerante, sangro em recordações e sentimentos que supunha mortos e cicatrizados.
Pô Elias! Qualé mano?!
Cutucas nossas emoções adormecidas, umas deveriam ficar para sempre mortas e a porra desse punhal que emprestas não mata, apenas sangra...
Fui conhecer o "disco do tênis" do Lô Borges tardiamente, no início dos anos 80, e uma música entre muitas ficou como uma tatuagem: "Não se apague esta noite".
Bora comemorar os quarenta anos do "disco do tênis" do Lô Borges?! Ahahaha...
Nada de comemoração, vamos olhar para frente e reafirmar o que Paulinho da Viola não se cansa de repetir: - O meu tempo é hoje!
Agora é o seguinte meu caro Elias Pinto, se for para ficar recordando com um copo de "cubalibre", então curte um pouco a letra de "Não se apague esta noite", ok?!

Não Se Apague Esta Noite

Eu queria levar você, ao deserto sem nome
Por favor não se apague esta noite
Você tem que provar o meu sangue

Seja o touro e a rosa
Seja o pão e a fome
Seja o touro e a rosa
Seja o pão e a fome

Eu queria levar você para alem dos caminhos
E andar com voce pela noite
Me deitar com você no meu sangue

Eu preciso dormir em paz
Como o touro e a rosa
Eu preciso levar voce
E dizer que te amo.


4 comentários:

elvira carvalho disse...

Não conheço o cantor em causa...
_♥♥_♥♥
_♥♥___♥♥
_♥♥___♥♥_________♥♥♥♥
_♥♥___♥♥_______♥♥___♥♥♥♥
_♥♥__♥♥_______♥___♥♥___♥♥
__♥♥__♥______♥__♥♥__♥♥♥__♥♥
___♥♥__♥____♥__♥♥_____♥♥__♥_____
____♥♥_♥♥__♥♥_♥♥________♥♥
____♥♥___♥♥__♥♥
___♥___________♥
__♥_____________♥
_♥____♥_____♥____♥
_♥____/___@_____♥
_♥______/♥__/___♥
___♥_____W_____♥
_____♥♥_____♥♥
_______♥♥♥♥♥

Passei para desejar uma Santa e feliz Páscoa. Que o espirito da Páscoa perdure em toda a humanidade, para que se construa um mundo mais justo.
Abraço

as-nunes disse...

Olá Nelito, faz já um bom tempo que não paro por aqui um pouco, a sorver as tuas palavras de amigo, de companheiro, de homem que fala do que vive.

É bom falar e sentir o que se diz!

Abração,
meu irmão

Citadino Kane disse...

Elvira,
Preciso normalizar a vida do blog, aos poucos irei colocando as coisas no lugar...
Beijos

Citadino Kane disse...

António,
Como anda o nosso querido Portugal?!
Estou retomando o blog, o primeiro semestre foi um sufôco, mas a vida segue...
Um forte abraço,
Pedro