sexta-feira, setembro 28, 2012

O dia inteiro...

CANÇÃO MÍNIMA (Cecília Meireles)

No mistério do sem-fim
equilibra-se um planeta.

E,  no planeta, um jardim,
e, no jardim, um canteiro;
no canteiro uma violeta,
e, sobre ela, o dia inteiro,

entre o planeta e o sem-fim,
a asa de uma borboleta.   




 

3 comentários:

elvira carvalho disse...

Maravilha.
Vim mnatar saudades amigo.
Um abraço e bom fim de semana

Sandra Santos Menezes disse...

Amei Pedroka.
Bom fim de semana.
Abração.

Anônimo disse...

Amigo, adivinha?
Ranulfo rererererererererere-inaugurou!
Veja: http://xipaia.wordpress.com/2012/10/03/sindicato-dos-mentirosos/

Lafayette